FRASES OUVIDAS NO FÓRUM PANROTAS QUE FICARÃO NA MEMÓRIA

O Alex Souza fez um belo trabalho no Fórum Panrotas, ao twittar freneticamente todos os acontecimentos, frases e fatos do evento, em tempo real.

Mas preferi não consultar o twitter do Panrotas, para fazer este apanhado de frases que ouvi durante o Fórum, pois minha ideia é mostrar, daquilo que ouvi e percebi, algumas das frases que efetivamente ficarão registradas.

Como memória não é meu forte, peço que considere uma boa folga entre os textos aqui escritos e as falas originais, as quais, no entanto, me transmitiram exatamente as mensagens abaixo:

“Ignorar as inovações tecnológicas é o caminho mais rápido para acabar com seu negócio.”
Philip Wolf, no início de sua exposição, tão simples quanto brilhante.

“Gostaria de agradecer o meu amigo Guilherme…”
Pedro Novais, saudando o anfitrião Guillermo Alcorta.

“At the end of the day, we spend a huge amount of money, but it’s very complex…”
Kyle Moore, tentando explicar o inexplicável e misturando serviços acessórios com controle da distribuição.

“Buenos Aires es el líder mundial en eventos.”
Leonardo Boto, mostrando a autêntica humildade argentina.

“Acho que a agência tem que nascer na internet. Não dá para adaptar…”
Mór, esquecendo das mais de 100 agências de viagens corporativas brasileiras, que nasceram antes da web e já operam mais de 50% de suas vendas online na internet.

“Mais de 90% das vendas da Gol são online via web.”
Claudia Pagnano, surpreendendo a plateia, que imaginava que fosse 100%.

“Esses caras são meus ídolos.”
Luiz Vieira, encantado com a presença de seus gurus, o presidente do Groupon Brasil e um sócio do Peixe Urbano.

“Não sei se a Totvs está neste painel como fornecedor ou como cliente”.
Sidney Alonso, tentando entender o papel da gigante do software num painel sobre viagens corporativas.

“Na dúvida, eu estava quase fazendo uma pré-venda aqui.”
Gilsinei Hanses, descontraído após usar o espaço para divulgar seus produtos.

“Luppa, a Trend está à venda?”
Sidney Alonso, provocando o presidente da operadora.

“Somos compradores. O segredo do bom vendedor é saber comprar.”
Luppa, mostrando que também é Comprador Pit-Bull.

“O agente de viagens é absolutamente indispensável na nossa estratégia.”
Luppa, reafirmando o que todo o trade já sabia.

“Parabéns, Luppa. O agente de viagens adora ouvir isso.”
Sidney Alonso, ironizando o lado show-man do painelista.

“As entidades precisam conciliar as agendas.”
Ricardo Ferreira, ignorando as iniciativas da Abgev com Abracorp, Abgev com GBTA, Abracorp com Abav/SP, Sindetur/SP e Aviesp, entre outras unificações de agendas e de ações entre entidades.

“A Abracorp é uma entidade aberta.”
Faustino Pereira, confirmando que toda entidade deve ser aberta, senão seria um clube.

“Vocês não precisam acreditar em previsões de economistas como eu.”
Ilan Goldfajn, recomendando aquilo que todo mundo já pratica.

“Chamamos todos os nossos colaboradores de tripulantes, são os embaixadores da nossa marca.”
David Neeleman, jogando para a plateia e para sua equipe, ao mesmo tempo.

“Precisamos começar a pensar o setor aéreo…”
Rubens Carlos Vieira, do órgão do governo responsável por isso, “tranquilizando” a plateia, faltando apenas 3 anos para a Copa do Mundo.

“Sim, somos ouvidos pelo governo.”
Líbano Barroso, convincente, sobre o governo escutar as cias. aéreas sobre infraestrutura aeroportuária.

“O Junior é um rapaz muito elegante.”
William Waack, sobre a maestria de Constantino Junior ao (não) responder questões polêmicas.

“Recomendo que a TAM atualize seu estudo, que está completamente caduco.”
Respício do Espírito Santo, explicando que o tal estudo da TAM desconsidera alterações relevantes no cenário da aviação brasileira, ocorridas nos últimos 4 a 5 anos.

“Preferimos aguardar os acontecimentos e acreditar que os investimentos serão feitos.”
Constantino Junior, em cima do muro em relação à participaçãp da Gol nos investimentos em infraestrutura aerportuária.

“Basta tirar a Infraero do governo.”
David Neeleman, simplificando a solução para a infraestrutura aeroportuária.

Estas são algumas das frases intrigantes, esclarecedoras ou nenhuma coisa nem outra, que colhi durante o Fórum.

Por aí, pode-se ter uma ideia de como o evento bombou…

.

Postagens relacionadas

Published by

Luís Vabo

Fundador e presidente do sistema Reserve, da Solid Corporate Travel e da Solid Consultoria e Tecnologia, diretor de tecnologia e integração da ABAV, fundador e conselheiro da Abracorp e IATA Strategic Partner, Luís Vabo também é corredor de rua, tenista amador e nadador eventual.

17 thoughts on “FRASES OUVIDAS NO FÓRUM PANROTAS QUE FICARÃO NA MEMÓRIA

  1. Caro Luis, as citações, sob sua ótica, registraram com perfeição os pontos mais efusivos do Evento! A AZUL , através de seu fundador, com seu jeito ” simples” de ser e falar, marcou presença positiva, e, ponto negativo, constatar ou relembrar que a iniciativa privada faz sua parte ou até mais do que devia, e, a parcela que cabe ao planalto…enfim, está como estava nas edições anteriores do Fórum…sem nenhum avanço significativo!

    1. Oi, Helô,

      O objetivo foi esse mesmo e é muito bom que você tenha gostado.
      Mas atentei para que não as frases não fugissem muito do que eu percebi do contexto em que foram ditas.

      []’s

      Luís Vabo

  2. Sr. Vabo,

    Como ja comentei noutra alternativa, faltam aos presidentes cas cias aereas ai no Brasil peitar o gestor quanto a baixa qualidade do que e ofertado em troca das altas tarifas cobradas pela oferta.

    Pelo jeito, teve de vir um ‘gringo’ e dizer com todas as letras o que todos gostariam de dizer, quica em coro: acabem com a INFRAERO.

    A unica maneira de acreditar na fala do Sr. Libano e a TAM ter um aeroporto para administrar e, ai sim, dizer que faz parte da solucao. O mineirismo do Sr. Constantino e secular…

    Parabens pelo apanhado. Bencaos do Senhor e meu abraco,

    Marcos Estevao Vajas Hernandez
    Manchester-UK, + 44 79 7973.3380

    1. Marcos,

      Este Fórum Panrotas diferenciou-se dos anteriores, em especial pela forma aberta como os assuntos foram tratados, tanto pelos painelistas quanto pelos moderadores.

      Faltou mais espaço para participação da plateia, o que o tornaria perfeito, mas teremos novas edições no futuro e a equipe Panrotas se esmera em superar-se, sempre.

      Não deixe de vir ano que vem.

      []’s

      Luis Vabo

  3. Caro Luigino
    …olha eu de volta
    Dei um tempo para me manifestar. A respeito do Forum, que alías acho que é o único evento que dou as caras, a cada ano ele se torna mais “robusto” na sua proposta maior interação dos agentes de viagens com seus fornecedores.
    O que lamento, a cada ano, é que esse espaço é mal utilizado, a timidez dos agentes em QUESTIONAR – E EXIGIR POSIÇÕES mais precisas, sem divagações…..não acontece, e acabo achando que foi mais um ano de “tapinhas e abraços”.
    Seria bom que voce guardasse num arquivo “memoria” as frases que conseguiu coletar “primorosas”, e no ano que vem voce faça um balanço se houve algum avanço ou solução.
    abç forte

    1. Que bom que você voltou, Rocco !

      Acho que um evento como o Fórum Panrotas, com tantos assuntos relevantes e tantas cabeças, correntes e opiniões diferentes, acaba por se tornar uma síntese do que é o nosso mercado de viagens e turismo.

      Ou seja, tem um pouco de tudo…

      []’s

      Luís Vabo

      P.S.: Some não. Este blog precisa de você.

  4. fatioooo, pasoooo, boa zero meia, boa!
    Levantamento perfeito.
    É cada batatada. Ainda bem que tem mais gente lúcida, como voce e alguns poucos.
    Pedro Mattos

  5. bom dia Luigino
    Para todos os leitores do blog do Luis Vabo, gostaria de informar que LUIGINO é uma forma de afeto em italiano – Luis = Luigi = Luigino
    Então, te prometo não sumir e quero aproveitar para te relembrar de preparar um topico “memoria” lembra?
    Concordo com voce que a diversidade mental que compoem o Forum é tão diversificada e que por isso mesmo, acho que nós perdemos esse momento tão propicio para nos manifestarmos seja para elogios que para criticas e acaba sendo disperdiçado. Voce há de convir comigo, que o Forum Panrotas é maior evento de interação do nosso trade no momento, por isso o meu questionamento quanto a nossa “timidez” em nos manifestarmos mais e com veemencia.
    Forte abraço

    1. Bom dia, Rocco,

      Sem dúvida, o Fórum Panrotas é o mais importante evento do trade.

      Quanto ao post sobre o qual conversamos, seria sobre “cumprimentos” ou sobre “memória”??

      Esqueci…

      []’s

      Luís Vabo

  6. Luis , Boa Noite !!
    Não tem nada a ver com o post , mas não posso deixar de colocar para você um comentário que coloquei para o ARTUR
    Pois a coisa está ficando um pouco além dos limites , difícil de aguentar !!
    Creio que chegou a hora de nos indignarmos para valer e , FAZER ALGO !!!
    Grande Abraço ,
    Hélio
    Aí Vai :

    “Artur Boa Noite !!
    Espero que entre tantos sorrisos e brindes , vocês tenham tido um tempinho para ler essa nota do PAINEL DA FOLHA de hoje

    “Na mesa Para aliviar a pressão do PMDB, o Planalto estuda indicar o ex-governador José Maranhão (PB) para a presidência da Embratur. Se ele aceitar, uma opção seria transformar o atual ocupante do posto, Mario Moysés, ligado ao PT, no número dois de Henrique Meirelles na Autoridade Olímpica.”

    Já leram algo a respeito o Senhor José Maranhão ?? Pesquisem …..

    Creio que chegou a hora de todo mundo e , PRINCIPALMENTE A IMPRENSA DITA ESPECIALIZADA acordar e começar a tomar atitudes definitivas para que o Turismo seja levado a sério no Brasil .
    Chegou a hora de editoriais , posições, e principalmente reinvidicações no sentido de se fazer o Turismo uma atividade definitivamente importante no Brasil
    Quer um exemplo :
    – Nessa ultima semana TODA a mídia ligada ao AGRONEGÓCIO gritando , reinvidicando as aspirações da classe em relação ao novo Código Florestal . Terça esperam colocar em BSB mais de 10.000 produtores para a votação na Câmara
    Nós ??? Ahhh que lindo ! > Sorrisos Kolynos de monte , jantares , poltronas teste de primeira classe e “lanave va”
    …. Para não falar da adulação ridícula ao nosso Ministro , que na realidade é o PAPAI NOEL!!
    Pois vejamos :
    – Um velhinho simpático
    – MUITO difícil de acreditar que é verdade
    – E no final , a conta do presente que ele distribui , nós pagamos !!!

    Artur , chegou a hora de termos um pouco de ATITUDE e isso passa pela Imprensa ( você já leu o “Notícias do Planalto ” ? leia e você vai ver …)
    Pois se ficarmos nessa posição , não vai sobrar para ninguém e , vocês serão os primeiros a sofrer…..
    Pense Bem …
    Grande Abraço de alguém que ainda acredita muito na força da Imprensa para provocar as mudanças

    Hélio Rheinfranck”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *