Paris 40 graus

Apesar do frio, Paris está fervendo. Além das inúmeras feirinhas e decorações exteriores, exposições e museus  preenchem os percursos aquecendo e agregando história, diversão e cultura a descoberta da cidade.

O Grand Palais, este maravilhoso edifício art nouveau, acolhe em suas galerias a exposição da artista moderna, feminista, quase revolucionária Niki de Saint Phale ( 1930- 2002) até dia 2 de fevereiro e também a exposição do grande pintor japonês Hokusai ( 1760- 1849) até 18 de janeiro. Ainda na “grande sala” do Palais a pista de patinação de fim de ano ficará aberta a partir do dia 14 de dezembro até quatro de janeiro.

No distrito do Marais, o museu Picasso reabriu suas portas e todo renovado leva o visitante ao inicio do século XX com mais de 5000 obras do pintor, uma coleção de 300 pinturas e outras realizações como esboços, estudos e obras variadas concedidas ao estado pelo próprio pintor e seus descendentes.

Não muito longe dali, no Centre Georges Pompidou, a exposição de Marchel Duchamp (1887- 1968) apresenta a arte moderna dadaísta, debochada e inteligente do século XX até dia 5 de janeiro e a exposição de Jeff Koons (1955-) revela a arte pop contemporânea, polêmica e caríssima do século XXI até 27 de abril.

Les Tulipes de Jeff Koons
Les Tulipes de Jeff Koons – Museu de Bilbao Aço Inoxidável altamente cromado 203 x 460 x 520 cm peso aprox. 500 kilos
A Fonte de Marcel Duchamp Paris
A Fonte de Marcel Duchamp obra fotografada por Alfred Stieglitz 1917

No museu de Cluny, próximo a Saint Michel, a exposição Viajar na Idade Média mostra como mercadores, peregrinos, príncipes e artistas viajavam naquela época. “Diga-me como viaja e te direi quem é” faz parte da abordagem atraente e educativa desta exposição que fica aberta até dia 23 de fevereiro.

Viagem de Sainta Ursula, tapeceria Museu de Cluny
Viagem de Sainta Ursula, tapeceria medieval Museu de Cluny

Já na região do Trocadero, há feirinhas, carrosséis e muita animação pública, porém obviamente a maior atração da área é a Torre Eiffel. E mais uma vez, a “Grande Dama” oferece a seus amantes e desbravadores 190 metros quadrados de pista de patinação a 58 metros de altura, com vista privilegiada para a cidade.

Apesar de toda essa atividade, uma das coisas que eu mais gosto de fazer é receber amigos e colegas que vêem visitar Paris a trabalho ou lazer. Acho que é a sensação mais próxima de meu sonho de infância de ter a casa sempre cheia de familiares e amigos. O “meu” mês de novembro foi muito legal, cheio de visitas, não somente de profissionais a trabalho, mas também de gente amiga que veio a lazer. Nada como calor humano!

Agentes CVC de São Paulo vieram em Famtour para conhecer ainda mais a cidade e os serviços que comercializam. Os 12 paulistanos fizeram uma visita panorâmica de Paris, um passeio noturno com cruzeiro pelo Sena e visita a Montmartre, conheceram Versalhes e foram recebidos em grande estilo pelo cabaré Le Paradis Latin.

A Karina Araújo, ex CVC veio de Londres onde esta fazendo uma especialização para revisitar a cidade luz. Em Paris, São Paulo ou Londres, nada melhor do que um bom bate papo.

Edno Moriguchi, da equipe de marketing da Interpoint, veio conhecer a cidade com a esposa Patricia e aproveitou a proximidade para conhecer o Monte Saint Michel, os castelos no Vale do Rio Loire e cidade medieval de Bruges na Bélgica.

A Natalie Vidal, chefe de produtos da Latam Viagens, esteve em Paris para uma especialização da Eurorail e conseguiu, durante o pouco tempo livre que teve, ir ao Lido de Paris.

Com tantas visitas o meu mês de novembro passou rapidinho. Aproveito este cantinho para agradecer aos amigos do trade a lembrança!

Tendo isso dito, agora basta correr para curtir as exposições acima!

Edno Moriguchi e a esposa Patricia no Vale do Rio Loire
Edno Moriguchi da Interpoint e a esposa Patricia no Vale do Rio Loire
Karina Araujo revivendo Paris em clima de outono/inverno
Karina Araujo revivendo Paris no clima de outono/inverno
Agentes CVC durante visita panorâmica de Paris
Agentes CVC durante visita panorâmica de Paris
Natalie Vidal Latam Viagens
Natalie Vidal Latam Viagens

Postagens relacionadas

Published by

Silvia Helena

Após breves passagens pela Faculdade Metodista de São Bernardo e Belas Artes de São Paulo, aos 18 anos fui estudar no Canadá, onde vivi durante 23 anos. Lá me formei em História da Arte pela Universidade de Montréal, estudei turismo no Collège Lasalle de Montréal e no Institut de Tourisme et Hôtellerie du Québec. Comecei minha carreira na área trabalhando em Cuba. Durante os anos vividos no Canadá, entre outras coisas, fui guia de circuitos pela costa leste e abri minha primeira agência de receptivo para brasileiros. Há dez anos um vento forte bateu nas velas da minha vida me conduzindo até França. Atualmente escrevo de Paris, onde vivo e trabalho dirigindo a empresa de receptivo, a Holatour.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *