Em primeira mão

Em novembro contei aqui que o  Lido de Paris estava fechando para reforma e se preparando para oferecer ao público, enfim, um novo espetáculo.

Na ocasião do encontro profissional Rendez-Vous France, em abril 2015, o cabaré convidou os profissionais de turismo para uma pré-estreia em forma de ensaio. Uma aposta audaciosa e infelizmente perdida, com uma apresentação muito aquém das expectativas da exigente clientela de agentes de viagens, representantes de operadoras e jornalistas do Trade ali presentes,segundo ouvi várias vezes deste então.

Quem já viu o mesmo espetáculo mais de uma vez sabe que ele nunca é o mesmo, cada apresentação é única. Um show de cabaré, este momento de lazer onde vivemos emoções alavancadas pela ação  conjunta de belos dançarinos, cenográficos, coreógrafos, músicos, atletas e circenses  evolui constantemente. Assim como se agrega ao espetáculo a cada dia a confiança dos artistas e uma melhor integração cênica de modernos recursos tecnológicos. Paris, a Belle Époque, George Melias, a Revolução, o lustre da Opera Garnier, o artista de rua, a Mulher, a Revolução Sexual, o Amor, a descoberta de si, são somente algumas das referências e temas usados por Dragone para tocar a platéia curiosa e ávida de diversão. Quem conhecia o Lido como um cabaré internacional e “hollywoodiano” encontra agora um concentrado de Paris. Não falta nada.

E enfim, após sete meses de mistério, o Lido de Paris está pronto para mostrar o melhor de si também fora do palco.Em primeira mão para vocês queridos leitores, imagens inéditas do show de Franco Dragone, Merveilles:

 

2 avril 2015- ©Julien Panie (23)BD
Le Lido de Paris ©Julien Panie
2 avril 2015- ©Julien PanieBD
Orquestra automatica e 2 excelentes musicos precedem o show e acompanham o jantar. Le Lido de Paris ©Julien PanieBD
Lido - Mansour ©JPANIE
Lido de Paris – Mansour ©JPANIE
Lido - Paris Merveilles ©JPANIE-BD
Lido – Paris Merveilles ©JPANIE-BD
Lido Paris Merveilles 233747 -®PICS-Gregory MAIRET
Enfim French Can Can – Lido Paris Merveilles ®PICS-Gregory MAIRET
150408 BD 231405 ©PICS-Pascaline LABARRERE
Le Lido de Paris ©PICS-Pascaline LABARRERE
150408 BD 222510 ©PICS-Grégory MAIRET
Le Lido de Paris ©PICS-Grégory MAIRET
Lido Paris Merveilles224946 ©PICS-Pascaline LABARRERE
Le Lido de Paris ©PICS-Pascaline LABARRERE
150408 BD 232717 ©PICS-Pascaline LABARRERE
Le Lido de Paris, a engolidora de espadas ©PICS-Pascaline LABARRERE
150330 BD 225310 -®PICS-Pascaline LABARRERE
Le Lido de Paris ®PICS-Pascaline LABARRERE
Lido Paris Merveilles  ©PICS-Pascaline LABARRERE
Lido Paris Merveilles ©PICS-Pascaline LABARRERE
8 avril 2015_©Stephane Cardinale (30)BD
Le Lido de Paris_©Stephane Cardinale
150408 BD 233244 ©PICS-Pascaline LABARRERE-BD
©PICS-Pascaline LABARRERE-
150408 BD 222911 ©PICS-Pascaline LABARRERE
Le Lido de Paris ©PICS-Pascaline LABARRERE
8 avril 2015_-®Stephane Cardinale (9)-Ret-BD
Trilha sonora executada por uma cantora de talento e presença cênica -®Stephane Cardinale
150409 BD 000411 ©PICS-Pascaline LABARRERE
Merveilles, o novo show de cabaré de Paris ©PICS-Pascaline LABARRERE
Lido Paris Merveilles ©Lido-BD
French Can Can -Lido Paris Merveilles ©Lido

 

Postagens relacionadas

Published by

Silvia Helena

Após breves passagens pela Faculdade Metodista de São Bernardo e Belas Artes de São Paulo, aos 18 anos fui estudar no Canadá, onde vivi durante 23 anos. Lá me formei em História da Arte pela Universidade de Montréal, estudei turismo no Collège Lasalle de Montréal e no Institut de Tourisme et Hôtellerie du Québec. Comecei minha carreira na área trabalhando em Cuba. Durante os anos vividos no Canadá, entre outras coisas, fui guia de circuitos pela costa leste e abri minha primeira agência de receptivo para brasileiros. Há dez anos um vento forte bateu nas velas da minha vida me conduzindo até França. Atualmente escrevo de Paris, onde vivo e trabalho dirigindo a empresa de receptivo, a Holatour.

3 thoughts on “Em primeira mão

  1. Oi, Silvia,

    Pelas belas fotos, parece que o espetáculo foi renovado sem perder a sua tradicional essência.

    []’s

    Luís Vabo

    P.S.: Nos encontramos muito rapidamente na ABAV Expo e desculpo-me por não termos conversado mais tempo. Eu estava correndo e atrasado para uma palestra. Excusez-moi…

    1. Oi Luís

      Sim o show manteve o glamour tradicional, os quadros e temas se renovaram: menos balé clássico nas coreografias, porém seguem os cristais Swaroski nas fantasias. Menos Top Less para as meninas, muitos efeitos visuais e cinematografia de alto nível.

      Quanto ao encontro furtivo na ABAV, não tem desculpas. Agora você, sua esposa (e o Edmar !) vão ter que vir tomar um cafezinho aqui comigo para fazermos as pazes :-). Foi um prazer encontra-lo, ainda que brevemente. Muito obrigada por seguir o post.
      Silvia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *