VISTO AMERICANO

Ao assistir o presidente Obama discursar na Disney sobre a receptividade aos turistas brasileiros, fiquei feliz em perceber que o Brasil está conquistando uma nova percepção junto aos EUA, como vem acontecendo com diversos outros países (infelizmente nem todos, ainda…).

Por isso, e com o objetivo de dar um feedback sobre o processo de solicitar o visto para os EUA, comento abaixo experiência que vivi no início deste mês para obter a renovação do visto, comparativamente com o mesmo procedimento há 4 anos.

Após preencher o cadastro no site do consulado, no início de janeiro, e pagar as respectivas taxas, agendamos para 14:15h do dia 07/03/12, mas fomos recomendados, pelo próprio site, a chegar com 30 minutos de antecedência.

Ao chegarmos ao consulado, no Centro do Rio de Janeiro, pontualmente às 13:45h, surgiu um problema logístico: onde deixar os telefones celulares, já que a entrada de aparelhos eletrônicos (mesmo desligados) é proibida no consulado americano?

O espírito empreendedor do brasileiro resolveu a parada: diversos “agentes guardadores” de telefones celulares atuam livremente na calçada na entrada do consulado, parecendo serem credenciados, vestindo uniformes alusivos ao serviço que oferecem, durante o tempo em que o interessado estiver dentro do consulado, por R$ 4,00 por aparelho.

Percebendo que este serviço era oferecido concomitantemente com o apoio oferecido por prestativas assistentes portadoras do logotipo do consulado em seus coletes, acabamos por entregar 2 iPhones a um guardador desconhecido na rua, que os colocou em um saquinho plástico e entregou-nos um “protocolo”…

Introspectei para considerar resolvida esta etapa, entramos no consulado e, após a usual inspeção de segurança e uma breve fila, recebemos uma senha de atendimento, que parece ser entregue de acordo com o horário agendado e não por ordem de chegada.

Isto fez com que diversas pessoas agendadas antes do nosso horário, mas que não seguiram a recomendação de chegar com antecedência, fossem atendidas tão logo chegaram ao consulado, tornando sem sentido chegar antes do horário…

De qualquer forma, por volta de 15:00h fomos muito bem atendidos por uma consulesa que falava pausadamente em inglês e razoavelmente bem em português e a entrevista foi rápida e cortês.

Ao sairmos, ela recomendou “be sure to pay your sedex” e nos indicou um posto da ECT dentro do consulado, cujo propósito entendemos que seria recolher o valor da taxa de envio do passaporte ao nosso endereço.

No posto dentro do consulado, 2 funcionários da ECT nos direcionaram a uma agência dos correios fora do consulado, no quarteirão seguinte, onde a fila beirava o caos, mas conseguimos, após 40 minutos, pagar o valor do sedex.

Após recolher os celulares no posto do “guardador”, contra a entrega do protocolo, contabilizei:

Tempo total = 3 horas (das 13:45h às 16:45h)

Despesa total = R$ 350,00 (taxa de agendamento + taxa do visto + guarda celular + sedex + cópias + foto)

Apesar desse trabalhoso procedimento do sedex, ficamos com a nítida percepção de que, nos últimos 4 anos, melhorou o atendimento no consulado americano, em termos de qualidade e agilidade, apesar do vertiginoso crescimento de solicitações de visto por brasileiros interessados em visitar e fazer compras nos EUA.

Mas, neste mesmo período, muita coisa mudou na economia e nas relações comerciais entre os dois países, fazendo surgir uma nova pergunta que não quer calar:

Se receber o turista brasileiro é bom negócio, como afirmou claramente o presidente Obama, quando as autoridades americanas abolirão a exigência do visto para os cidadãos brasileiros?

.

19 comentários para “VISTO AMERICANO”

  1. Frida Biermann disse:

    Concordo que seria otimo ter o visto abolido, porem me pergunto teremos mais brasileiros salafrarios aqui vivendo com estamos tendo ultimamente???? esse eh o meu grande medo, Luis acredite o que tem de “bandido” por aqui eh assustador.
    Abracos

    Frida B.

    • Luís Vabo disse:

      Frida,

      Bandido não é exclusividade de nenhuma nação.

      E penso que as pessoas sérias e honestas não devem pagar por existirem pessoas desonestas.

      Não acho seu argumento razoável…

      []‘s

      Luís Vabo

  2. Alessandra Portilho disse:

    Desconhecia esse empecilho com aparelhos eletrônicos. Deixa a desejar hein. Não poderiam prestar este serviço de ‘guarda-volumes’ dentro do próprio consulado?

    • Luís Vabo disse:

      Alessandra,

      Esse empecilho existe há, pelo menos, 10 anos e não chega a ser um problema, só uma chatice.

      Mas acho que o consulado poderia ter um acordo com a ECT e embutir a tarifa do sedex na taxa do visto…

      []‘s

      Luís Vabo

      • Andrea Oliveira disse:

        Luis,
        mas o problema de embutir a taxa dos correios na taxa de solicitação é a possibilidade de ter o visto negado. Enquanto a taxa do visto é obrigatória sendo ele aprovado ou não, a do Correio só é cobrada no caso de aprovação.
        Estivemos, eu e meu marido, no Consulado de São Paulo há um ano e também enfrentamos um cházinho de cadeira, mas todo o aperreio sumiu quando vimos a felicidade da nossa filha na Disney!!!!
        Andrea

  3. Marcio disse:

    Luis
    Boa Tarde
    Quando você diz: “Apesar desse trabalhoso procedimento do sedex, ficamos com a nítida percepção de que, nos últimos 4 anos, melhorou o atendimento no consulado americano, em termos de qualidade e agilidade, apesar do vertiginoso crescimento de solicitações de visto por brasileiros interessados em visitar e fazer compras nos EUA.” discordo completamente.
    Recentemente fui ao consulado de São Paulo renovar o meu visto. Dei entrada no dia 17/02 e, pasmem, até hoje, dia 12/03 não o recebi. Vale lembrar que no dia, para renovação de visto, fiquei 4 horas lá, de pé (pois não havia bancos para 10% dos que lá estavam), com um calor insuportável. Havia cerca de 1000 pessoas, e apenas 4 ventiladores de teto. Ou seja, pagamos uma taxa altíssima, somos tratados com total descaso e ainda por cima temos que aguardar quase 1 mês para receber nosso passaporte de volta. É um absurdo e falta de respeito com o cidadão brasileiro.

    • Luís Vabo disse:

      Marcio,

      Acho importante o seu testemunho, justamente por diferir tanto do meu.

      O que relatei ocorreu no consulado do Rio de Janeiro e reafirmo que o ambiente era organizado, confortável (todos sentados) com ar condicionado, com serviço pago de café expresso e pão de queijo e me senti respeitado como cidadão.

      []‘s

      Luís Vabo

      • Marcio disse:

        Realmente a diferença de atendimento entre os consulados das duas cidades é gritante. Entendo que grande parte desse transtorno se deve pelo grande aumento do número de solicitações de Visto. Mas isso não justifica a forma como o cidadão esta sendo tratado aqui em São Paulo. Resta somente esperar que se cumpra o que foi prometido pelo Obama.
        Agradeço você ter compartilhado sua experiência conosco e principalmente porque nos da esperanças de que possamos ser melhores tratados aqui no Consulado Americano de São Paulo se o exemplo do Rio for seguido.
        Um grande abraço
        Marcio

      • Aline disse:

        Hoje, dia 29/01/13, fui ao CASV da Vila Mariana – SP para coleta de digital e foto. Minha entrevista seria somente na sexta. Digo seria pq desisti. Após 3 horas na fila, e longe de ser atendida, resolvi voltar ao trabalho. Eram 3 atendentes para uma multidão de gente. Como pode isso? Mais de 3 horas para coletar digital e tirar foto? E depois, tenho que ir ao consulado ficar mais sei lá quantas horas para receber uma autorização para gastar MEU dinheiro lá????? Fiquei no prejuízo. Paguei e desisti. Muita humilhação, sede, fome, dor de cabeça e um monte de crianças impacientes nestas condições. É desumano!!!!!!

    • Paulo Beu disse:

      Márcio, me preocupa essa sua informação do tempo para o retorno do Passaporte! Tenho entrevista marcada para 22/3 e uma viagem programada para a Ásia em 27/4. Demora tudo isso mesmo??

      • Marcio disse:

        Então, essa foi a primeira vez que demorou tanto assim. Eu apliquei para visto no dia 17/02 e somente hoje, dia 15/03 me passaporte chegou. Pra você ver me desespero, eu viajo dia 29 para o Canadá e eles demoram em média 15 dias uteis em média para liberarem o visto. Ou seja, quase certeza que terei que alterar minha passagem por conta no atraso do visto americano.

        • Julia disse:

          Pois é Marcio, estou angustiada, sem entender nada !!!
          Meu marido foi renovar o visto de tripulante e o turismo dia 01/03 e ainda não chegou.
          É o terceiro visto de turista e o segundo que ele tira de tripulante de companhia aérea. Ele levou carta de empresa e a só vencia o visto em abril, mas já estavam renovando.
          Ele tem centenas de entradas nos EUA trabalhando e 5 entradas de turismo, e nem precisou fazer entrevista…Agora dá para entender o pq ainda não chegou? Tiveram que cancelar um voo pq estava sem passaporte, ele não está podendo trabalhar pq só faz internacional, tem um voo para a europa que nao precisa de visto, mas….está sem passaporte sem informação nenhuma!!!

  4. Rui Carvalho disse:

    Luis,

    Só para dar um toque de bom humor e desanuviar o clima dos comentários, é nessa hora (de viajar para os USA) que me vingo das piadas infames de português que sou obrigado a escutar diariamente. Quando preciso viajar aos Estados Unidos apenas pego meu passaporte lusitano e vou para o aeroporto sem maiores preocupações. Isso é ou não é uma vingança justa e pacífica? kkkkkk

    Um abraço

  5. Heliete Lago disse:

    Vabo,

    Para querem mora em uma cidade onde não tem Consulado,no nosso caso:São Luis-MA.As despesas são bem maiores,pois incluem passagens aéreas para Recife, Brasília,RIO, ou SAO, e hospedagem.Após ler seu blog,resolvi calcular os nossos custos.Escolhi Brasília,como exemplo,pois estive lá a 15 dias para renovar meu visto.

    Tempo total = 47 horas
    Despesa total = R$ 350,00 (taxa de agendamento + taxa do visto + guarda celular + sedex + cópias + foto)+ R$761,61(*TKT PROMO) + R$ 250,00(Hotel 1 diaria categoria turistica)=R$ 1.361,61

    Se o passageiro não consegui uma tarifa promocional,este valor pode ser o dobro.Isto é ,ele vai pagar com despesas para obter o visto, quase o valor da passagem.

    Quanto ao” espírito empreendedor do brasileiro”,já esta GLOBALIZADO,em Brasília me chamou a atenção uma VAN com placa de guarda volumes( com bandeira dos dois paises),recebendo os celulares e também entregando “protocolo”.

    Tenho que ser justa,meu tempo de espera no Consulado em Brasilia foi bem curto.Estava com entrevista marcada para 9:00hs.Entrei 8:45 e sai 9:30 já com o sedex pago.Recebi em casa 4 dias depois.

    Abs,

  6. Luís Vabo disse:

    Heliete,

    Você tem toda razão.

    Para quem vem de longe, o processo de viajar aos EUA envolve 2 viagens.

    Muito tempo e esforço para um processo burocrático…

    []‘s

    Luís Vabo

  7. Evillin disse:

    Bom dia,
    Eu (18 anos) e meu namorado (19 anos) gostaríamos de estar viajando para os Estados Unidos – Philadelphia. Tenho algumas dúvidas:
    No preenchimento do formulario ds160 pergunta quem é o solicitante principal, não sei se coloco que sou eu, ou se é o meu namorado,e o pai dele é imigrante, a 9 anos ele saiu do brasil e foi tentar a vida nos eua legalmente, hoje já possui cidadania americana, é socio em uma construtora na philadelphia. Gostaria de saber se podem me dizer se eu tenho mais chances de conseguir sendo eu a pessoa que vai acompanha-lo ou eu faço outro formulário ds 160 preenchendo que eu sou a solicitante principal e tentamos o visto separado? É obviamente provável que ele consiga, por ter um pai nacionalizado como americano né? O pai dele estará enviando uma carta de custeio falando que é pai dele, e que vai estar custeando a viajem dele, e nos hospedando lá também. Agora, outra duvida é se coloco que meu pai é quem custeará a minha viajem ou se coloco que será o pai dele que custará a viajem de nós dois! Pretendemos viajar em setembro deste ano, sou secretária e tenho um salário de 747,00 moro com meus pais que tem uma renda de +/-2.300,00 por mês juntando o salário dos dois. O que faço? Obrigada…

  8. Marcelo disse:

    Luis
    O passaporte com o visto de todos da minha familia ja chegaram, exceto o de minha mãe, como estivemos no consulado dia 18/maio, ja ultrapassou o prazo de 10 dias uteis requerido, então lhe pergunto o q devo fazer ja que não consigo contato algum no consulado ou no CASV, estou preocupado pois a viajem esta proxima.
    abraço

Deixe um comentário