Recriar ou Melhorar?

Conhecimento não é estático, e não se constrói sozinho, ainda que existam pessoas que achem que são gênios iluminados e independem dos demais. Como diria uma pessoa muito querida – “você não nasceu de chocadeira”, então alguém te ensinou uma série de coisas que foram fundamentais para formar quem você é hoje.

Não ocasionalmente, quando você aprende a pensar sozinho, estrutura algumas críticas e “rompe” com as informações anteriores.  Ainda assim, há uma base sobre a qual você constrói sua crítica para poder chamar de errado o que antes considerava certo.

Nestes tempos de extremismos e maniqueísmos, muita gente entende que quando se começa a criticar o que está colocado, a proposta é unicamente a de destruir tudo e eliminar os porta-vozes das ideias.

Para ser diferente desta massa, podemos tentar ser ponderados e discutir ideias. E minha sugestão, aproveitando a audiência do Portal Panrotas e a disposição dos leitores, é coletar as impressões sobre como fazer com que os cursos de turismo fiquem:

  1. Mais úteis
  2. Mais interessantes e atraentes (pois a cada ano só diminui o número de interessados)
  3. Mais desafiadores
  4. Mais inovadores

Você tem uma sugestão? Poderia compartilhá-la?

Se sim – deixe seu comentário neste link https://goo.gl/forms/PqLHPfZMLJObXzrw2

Postagens relacionadas

Published by

Mariana Aldrigui

Professora e pesquisadora de Turismo na Universidade de São Paulo (USP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *