O momento pede reflexão e análise de cenários

Carlos Prado*

Semana antes do 1º turno das eleições 2018, realizamos o 3º Fórum Abracorp, no contexto da 46ª Abav Expo. Na oportunidade, ensejamos que o próximo presidente da República “devolva ao país a tranquilidade para se trabalhar”. E hoje, a poucos dias do embate final, ratificamos esta expectativa, acrescida de que o Turismo passe a ser prioridade efetiva na agenda estratégica do país. A seguir, uma avaliação sucinta do que rolou no 3º Fórum Abracorp.

O tema escolhido – preço ou valor, o que é mais importante – brotou de uma conversa entre os membros do Conselho da entidade. Em torno deste mote, reunimos nove profissionais notórios e experientes, que compuseram o painel mediado pela diretora da Academia de Viagens, Patricia Thomas. Auditório lotado, as exposições sucintas de cada participante mostraram que os players da indústria de viagens corporativas estão antenados e afinados sobre os desafios da atividade.

Um dos pontos fundamentais discutidos no 3º Fórum recaiu sobre o papel das TMCs na compatibilização de preço-valor na relação cliente-fornecedor. Se os departamentos de compra das empresas tendem a focar tão-somente no preço, os especialistas das TMCs dispõem de conhecimento e ferramental para considerar outras variáveis menos tangíveis. Porém, determinantes para o sucesso da viagem, que é uma atividade-meio para o cumprimento de missões comerciais relevantes.

O caráter único do perfil do viajante, inspirador de políticas diferenciadas e sob medida, permeou toda a discussão. Daí a necessidade de conhecimento específico sobre o que é uma viagem, as melhores opções para diferentes faixas etárias de viajantes, a motivação corporativa de cada missão e os objetivos do investimento. O gestor profissional de viagens é o mais bem preparado para enxergar além do preço e alcançar conteúdos qualitativos em matéria de valor.

O evento veio ratificar a sintonia fina que prevalece no ambiente das viagens corporativas e o papel crescente da Abracorp enquanto referência, marca e compromisso com as melhores práticas do mercado. Finalizo com meu agradecimento aos participantes e debatedores do 3º Fórum Abracorp: Sheila Rodrigues – TMG (KPMG); Rogério Guerra (Gol); Priscila Souza (Blue Tree); Fernando Vasconcellos (Abracorp-Kontik); Alexandre Motta (Abracorp-Tour House); Marcel Frigeira (Alagev-IBM)); Paulo Henrique (Localiza); e Wellington Costa (GBTA).

*Carlos Prado é Presidente do Conselho de Administração da Abracorp

Postagens relacionadas

Published by

Carlos Prado

Carlos Prado é presidente do conselho de administração da associação brasileira de agencias de viagens corporativas (Abracorp) e presidente grupo TOUR HOUSE, especialista em Viagens, Eventos Corporativos e Projetos de Incentivos. Graduado em Administração e Pós Graduado em Marketing. Em 1990 fundou a TOUR HOUSE VIAGENS. Desde 1987 trabalhando em operadora turística e viagens corporativas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *