Shangri-La Hotel, At The Shard, London, Royal High Tea With Tower Bridge View

Shangri-La Hotels aposta em restaurante de aeroporto e bares

O Aeroporto de Changi, em Singapura, está sempre no topo das listas de melhores do mundo. No ranking atual da prestigiosa consultora britânica Skytrax, de 2018-2019, ocupa o primeiro lugar. Oitenta companhias aéreas voam para 200 destinos a partida dali, com cinco mil chegadas e partidas em uma semana. E, já que vocês perguntaram, estamos falando de aeroporto no Hotel Inspectors porque Changi foi o endereço escolhido pela rede de luxo asiática Shangri-La Hotels and Resorts para abrir seu primeiro restaurante fora de um hotel.

Shang Social, restaurante Shangri-La Hotels, Aeroporto de Changi, Singapura
Uma representação do novo Shang Social, restaurante com a grife Shangri-La Hotels no Aeroporto de Changi, em Singapura | Imagem de divulgação

O Shang Social fica no Jewel Changi, novo empreendimento ao lado do premiado aeroporto que reúne lojas, restaurantes e até uma cachoeira com 40 metros de altura dentro de um estufa de vidro com plantas tropicais. Com três chef executivos do grupo hoteleiro, especializados em três diferentes cozinhas chinesas, o restaurante vem se juntar às cinco propriedades que a rede tem na ilha (duas com a bandeira Hotel Jen). Quem detalhou a novidade foi Judy Reeves, diretora de relações públicas para as Américas da Shangri-La, que esteve no Brasil esta semana com James Boyd, vice-presidente de relações pública para as Américas da Singapore Airlines.

Novidades nos bares dos hotéis Shangri-La em Londres, Toronto e Manila

The Back Room, speakeasy Shangri-la at The Fort, Manila
The Back Room, novo speakeasy no Shangri-la at The Fort, em Manila | Foto de divulgação

A Shangri-La também tem novidades na área de alimentos e bebidas dentro de seus hotéis. Dois bares, em cidades tão diferentes como Toronto e Manila, fazem drinques com gins preparados com ingredientes locais. No Shangri-La at The Fort (um dos seis do grupo nas Filipinas), o Bee’s Knees, destilado na propriedade, é servido em um novo speakeasy, The Back Room. A entrada para o bar comandado pelo francês Ulysse Jouanneaud, que serve 150 diferentes marcas de gim, fica escondida atrás de uma cadeira de engraxate.

Bee's Knees, gim destilado em Manila, Filipinas, Shangri-la Hotels
Bee’s Knees, o gim destilado em Manila, Filipinas, pela Shangri-la Hotels | Foto de divulgação

Já no Shangri-La Toronto, o gim Levenswater Spring 34, feito na região de Niagara, inspira, além de drinques únicos, o chá da tarde. Os botânicos usados no destilado estão em doces como a mousse de iogurte de zimbro e compota de ruibarbo, servidos do Botanical Afternoon Tea.

Chá da tarde Shangri-La Toronto, gim feito em Niagara
Chá da tarde do Shangri-La Toronto inspirado em gim feito em Niagara | Foto de divulgação

O chá da tarde também está no centro das atenções do Shangri-la London, instalado no Shard, o prédio mais alto do Reino Unido, na margem Sul do Rio Tâmisa. Uma das novidades do hotel é um recém-lançado chá inspirado no bebê do príncipe Harry e de Meghan Markle, que nasce nesta primavera. O Royal High Tea (foto em destaque no alto), disponível até meados de maio no Ting Lounge, parte de uma ideia simpática: chefs criaram doces inspirados nas suas memórias gastronômicas de infância. O resultado é um cardápio que reúne, por exemplo, o cheesecake de blueberry da mãe de um dos chefs da pâtisserie com a mousse de morango feita na casa de uma outra chef.

Gong Cola drinque Shangri-La London Coca-Cola
Gong Cola: drinque novo no Shangri-La London homenageia a Coca-Cola | Foto de divulgação

Os drinques servidos no chá em homenagem ao mais novo bebê real não contêm álcool. Mas o Gong, o bar mais alto de Londres, no 52º andar do Shard, também estreou carta nova, Miscellany of Inventions. Lançado no final do ano passado, o menu criado pelo head bartender Christian Maspes, que trabalhou no American Bar, no Savoy, considerado um dos melhores bares do mundo, é inspirado em grandes invenções, como penicilina, cinema e código de barras. O que homenageia a Coca-Cola, por exemplo, é feito com pisco e vermute e servido em uma garrafa de refrigerante. Mas o que me deu mesmo vontade de experimentar foi o Fields of Gold, que celebra a invenção do trator a gasolina. O drinque é feito com mezcal, pepino e… formigas peruanas. Next time em Londres, vocês já sabem onde me encontrar. 

Shangri-la Shard London Gong Bar
Drinque com formigas: vou experimentar e depois eu conto | Foto de divulgação

Leia mais

O melhor bar de hotel do mundo: American Bar, no Savoy, em Londres

Hotel Inspectors está também no Instagram @HotelInspectors, no facebook @HotelInspectorsBlog e no Twitter @InspectorsHotel

Related Post

Published by

Carla Lencastre

Jornalista especializada em estilo de vida, gastronomia e viagens. Anda pelo mundo desde sempre a passeio e a trabalho. Ex-editora de turismo do jornal O Globo, hoje colabora com diversas publicações no Brasil. Gosta de visitar novos lugares, de rever velhos conhecidos e de contar histórias que levem os outros a viajar. Suas viagens estão em tempo real no Instagram @CarlaLencastre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *