Crescem as viagens dos BRICs

Um levantamento feito pela ITB Berlin e a IPK International, revelou que a Rússia lidera o ranking de viagens para o exterior entre os países do BRIC (sigla que representa os países com economias emergentes – Brasil, Rússia, Índia e China). Em seguida vem a China, e depois a índia e o Brasil.

Em 2006 15,9 milhões de russos e 13 milhões de chineses viajaram para o exterior. Já em 2011, estes números subiram significativamente: 23,8 russos e 18,3 milhões de chineses viajaram. No caso da Índia e do Brasil, em cinco anos o crescimento foi de 30% e 85%, respectivamente. A Índia aumentou o número de viajantes de 5,4 milhões para 7 milhões, e o Brasil de 2,8 milhões para 7,2 milhões.

Com estes dados, conclui-se que o futuro das viagens internacionais dos países do BRIC, em particular a Rússia, é promissor para a indústria de turismo e para os países e destinos que recebem estes visitantes. O que confirma que os países do BRIC estão crescendo não só economicamente, mas também como destinos emissores.

A pesquisa indicou que mesmo todos os países do BRIC tendo economias dinâmicas, as performances são diferentes em relação às viagens.  E na avaliação das empresas que coordenaram a análise, não há correlação entre viagens para o exterior, economia próspera e densidade populacional.  A Rússia, por exemplo, é o país menos populoso do BRIC, sua economia é a terceira do ranking, mas em termos de viagens internacionais os russos são os primeiros. Eles viajam 1,3 vezes mais que os chineses, 3,4 vezes mais que os indianos e 4,6 vezes mais que os brasileiros.

 

Postagens relacionadas

Published by

Jeanine Pires

Professora e empresária, tem 19 anos de experiência em turismo e eventos. Diretora da Pires & Associados e Presidente do Conselho Consultivo da WTM Latinamerica. Suas principais atividades são a realização de Planos de Marketing de Destinos Turísticos e palestras no Brasil e no exterior. Presidiu a EMBRATUR de 2006 a 2010, onde também foi Diretora de Turismo de Negócios e Eventos. Liderou o trabalho de promoção do Brasil como destino turístico no exterior, os programas de captação de eventos internacionais e a agenda de promoção do Brasil de 2003 a 2010. Participou da elaboração do Plano Aquarela - Marketing Turístico Internacional do Brasil em 2005 e também coordenou sua versão para 2020. Nos Convention & Visitors Bureaux de Maceió e Recife como diretora executiva, desenvolveu os programas de marketing de lazer e eventos para aquelas cidades entre 1997 a 2002. Esse blog reflete opiniões pessoais e não tem qualquer vínculo institucional

4 thoughts on “Crescem as viagens dos BRICs

      1. Na verdade, esse dado de 5,2 é do próprio estudo que mencionei, fui checar. Mas a ETC coloca 7,2. Deve ser mais próximo à realidade. Nós e os dados estatísticos, não é ? Abs Luca.

  1. Sim, uma grande confusão e uma pena que o Ministeiro de Turismo não tenha um dado oficial !
    No primeiro report da ETC ( pag 18) se falava até de 8,1 milhões
    http://www.etc-corporate.org/resources/uploads/ETC-%20April%202012%20Trends%20and%20Outlook_final2.pdf

    Em qualquer caso neste perfil do mercado de Visit Britain http://www.visitbritain.org/Images/Brazil_tcm29-14673.pdf
    para o 2010 o numero de outbound travels teria sido de 6,2 milhões, bem mais de quanto estima a IPK !

    abraços
    Luca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *