South America: o destino emergente

Com o objetivo de despontar o Brasil como destino de Cruzeiros Marítimos e marcar presença nas pesquisas das principais organizações institucionais que representam a atividade no mundo, como a CLIA (Cruise Lines International Association) e a ECC (European Cruise Council), vamos realizar o Seatrade South America Cruise Convention entre os dias 30 e 31 de maio de 2011 em São Paulo-SP, no Holiday Inn, juntamente com o Cruise Day 2011.

Embora nossos números comprovem que estamos entre os maiores destinos mundiais de Cruzeiros, ainda não temos a visibilidade internacional que gostaríamos de ter, o que compromete o turismo náutico no Brasil. Nas contas destas instituições pouco se fala do nosso País. Mesmo com os altos investimentos em publicidade das companhias marítimas em promoção no exterior, ainda atraímos pouca atenção dos maiores consumidores de viagens de navio, norte-americanos e europeus, que são nossos concorrentes diretos e estão aptos a ‘tirar’ as embarcações da costa brasileira, se preferirem outro destino.

Para que isso não aconteça, estamos trabalhando para fortalecer nossa imagem e torcendo para que o Seatrade South America seja um grande sucesso. Convido você, empresário, agente de viagem e profissional da cadeia produtiva do Turismo a participar deste evento, que deve marcar uma nova fase do setor no País.

Serão dois dias de debates sobre a projeção do mercado de Cruzeiros na América do Sul, em especial o Brasil, os desafios de operação, as abordagens regionais, além de representar uma grande oportunidade para o trade brasileiro expandir as fronteiras dos negócios com o trade estrangeiro.

Não fique de fora deste encontro! Acompanhe a programação e as novidades no site www.southamerica-cruise.com e aqui no meu blog, claro!

Tags: ,

12 comentários para “South America: o destino emergente”

  1. Renato Paes disse:

    Ricardo, sucesso em SP!

    Saiu essa notícia hoje no Panrotas, você já tem a previsão se iremos ter esse aumento no Brasil também? Abraço.

    A Royal Caribbean contará com 11 navios durante o verão europeu. Serão 47 cruzeiros a mais na temporada 2011/2012, um total de 27 itinerários, escalas em 30 portos de 12 países.

  2. Ricardo Amaral disse:

    Por hora temos redução na oferta prevista.

    Não teremos o Mariner of the Seas na próxima temporada.

    Algumas outras empresas também devem retirar navios e inclusive já anunciaram publicamente.

    Estimo uma queda de 10% a 15% na oferta total .

    Enquanto isso na Europa… Crescimento de todas as marcas… A razão, acho que neste ponto todos já sabem.

  3. Eduardo disse:

    Ricardo, realmente desejo que este evento internacional possa mesmo fazer a diferença.

    Como você bem sabe, devido a crise americana e a baixa na cotação internacional do Dolar frente ao Euro, grandes cias maritimas entre elas a Royal estão focando suas operações e força no velho continente onde a cultura dos “cruzeiristas” e a adesão pelo produto estão cada vez mais em alta.

    Mas voltando para o Brasil, é realmente conflitante, saber que um cruzeiro pelo mediterraneo é muito mais barato que um cruzeiro pelo nordeste brasileiro. É preciso realizar com urgencia uma revisão do “Custo Brasil” referente aos serviços e impostos e desonerar a tarifa cobrada do famoso “parcelamento sem juros”.

    A massificação dos cruzeiros e mini cruzeiros provocada pela politica de crescimento sem planejamento dos últimos anos, é o que agora, esbarra no progresso seguro e futuro de nosso segmento.

    Para que melhoras significativas ocorram é necessário um acordo de todas as Cias que estão atualmente operando no Brasil cobrando do governo, da autoridade portuária e da vigilancia sanitária regras mais claras e objetivas.

    Alem disso as cias precisam fortalecer as bases de vendas com as operadoras e agencias de viagem e reafirmem o compromisso de não fazer vendas diretas, pois há necessidade de preservamos todo o segmento e acadeia produtiva do trade.

    Saudações,

    Eduardo.

  4. Adilson disse:

    Ricardo,

    com este evento que deverá ser um sucesso, mesmo assim, não há a possibilidade da Royal enviar um terceiro navio ao Brasil na próxima temporada.

    Sds

  5. James Jones disse:

    Ricardo

    Boa tarde.

    Com a recente visita do Presidente Obama no Brasil o que você pode nos adiantar em relação as oportunidades de investimentos americanos em nossa infra-estrutura portuária? Você soube de alguma boa notícia?

    Abraços
    James

  6. Ricardo Amaral disse:

    A única noticia consistente fala sobre liberação de vôos a partir de 2015 e estudo sobre flexibilização de vistos.

  7. Guilherme Lopes disse:

    Ricardo, um comentário fora do contexto do post.

    Dá uma olhada nesse tweet do Rubens Menin, da MRV: http://twitter.com/rubensmenin/status/51623126466965504

  8. James Jones disse:

    Ricardo

    No radar da MSC a oferta no Brasil vai ser reduzida em 30% para a próxima temporada, você já deve estar sabendo…navio deles no prumo de Dubai.

    Quanto isso vai representar direta e indiretamente em prejuizos ao nosso mercado e ao Brasil?

    Vamos continuar navegando…e rezando.

    Abs
    James Jones

  9. Marcelo disse:

    Ricardo

    Qual na sua opinião o grande diferencial estratégico e mercadológico para deslocar tantos navios para a Europa uma vez que teoricamente a economia por lá continua em fase de recuperação econômica?

    Seria o alto poder aquisitivo dos europeus ou a expectativa de muitos desembarques de turistas por lá?

    Abracos!

  10. Ricardo Amaral disse:

    Mais ou menos o contrario… Os navios só vem para America do Sul por causa do Inverno Europeu

    Os custos de operação por la são muito menores e o valor de venda também, mesmo em recuperação econômica.

    E vc esta certo, muitas chegadas internacionais.

  11. Ricardo Amaral disse:

    Dados mais concretos sobre o impacto teremos no Cruise Day / Seatrade…

    Mas deve ser uma queda geral de 10% ou mais na permanência…

  12. Adilson disse:

    Ricardo,

    Qual a novidade da Royal Caribbean para 2012?

    Abç

Deixe um comentário