Arquivo de setembro de 2011

Reflexões sobre o Turismo

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Interessante o artigo de Jonas Donizette e Flávio Dino ‘A razão de ser do Ministério do Turismo’, publicado na Folha de S. Paulo desta terça-feira, 27/09, pois nos faz pensar sobre os rumos do Turismo brasileiro.

Eles usam fortes argumentos contra a extinção do Ministério do Turismo, como alguns propõem, e eu diria que isso seria uma tolice se acontecesse. Somos um setor econômico organizado, que gera riquezas e empregos, e precisamos de representantes que defendam nossos interesses.

Mas o que nos falta mesmo é uma gestão eficiente. Comprometida. É como ocorre com os impostos. O Brasil não precisaria de tantos impostos se soubesse empregar seus recursos adequadamente. É uma questão complexa, mas que precisa da reflexão e da participação daqueles que estão no setor e que realmente entendem como o turismo funciona e como precisa funcionar no Brasil.

Acho um momento bastante oportuno para discutirmos sobre o potencial do setor no País, já que na mesma terça-feira 27/09 se comemorou o Dia Mundial do Turismo, dentro da Semana do Turismo. Vamos repensar o tratamento pelo qual o setor passa, atualmente.

Ninguém quer nada simples? Ops, quer sim, simples mas não simplório.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Os maiores prazeres da vida são os que vêm das coisas simples…

Às vezes, acertar a preferência das pessoas no segmento de serviços ou turismo requer muita complexidade, pesquisa, oferta, demanda, preço, focus group, conference call, test market, sample group… Enfim, complicado. Tão complicado que fica simples.

O clichê “todo mundo quer ser feliz” tem todo fundo de razão, mas como acertar o cardápio ideal, o prato ideal, o tempero ideal? Quando transportamos isto para o mercado mundial, fica mais complicado ainda.

O italiano precisa do peixe inteiro, não apresente sem cauda e cabeça! Já o brasileiro, somente o filet… Nem pense em mostrar cabeça ou cauda.

Mas, o melhor de tudo acontece quando acertamos e conseguimos um sorriso do cliente, um sincero agradecimento por momentos especiais e inesquecíveis.

Por isso, os navios com sua multiplicidade de opções acabam acertando um número muito maior de preferências em todo o mundo. Simples como esse post. Se vai agradar, quem sabe… Bom fim de semana… Simples.