Arquivo de abril de 2012

Chega ao fim mais uma temporada

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Mais uma temporada de Cruzeiros Marítimos chega em sua fase final no Brasil e, mais uma vez, comemoramos o sucesso das viagens entre os brasileiros e estrangeiros que querem conhecer nosso país.

Ainda não temos os números finais, mesmo porque ainda há roteiros acontecendo até meados de maio, mas nossas estimativas são as melhores possíveis. É gratificante perceber que esta opção de lazer está cada vez mais presente nas férias do brasileiro. Está tão comum ao cotidiano que eles até passaram a fazer parte nos roteiros de novelas e seriados.

Me parece que o brasileiro está entendendo a vantagem de curtir suas férias a bordo de navios, principalmente pela relação custo-benefício. Não é para menos! Nosso país tem lugares fascinantes – que os turistas adorariam conhecer, mas ainda não tiveram a oportunidade -, e certamente temos capacidade para gerar novos destinos e roteiros.

Se a nossa estimativa se confirmar, teremos uma temporada com mais de 800 mil cruzeiristas. Temo, no entanto, já termos alcançado o limite para a atual estrutura. Mas, isso, apenas os números da próxima temporada podem confirmar. Vamos aguardar.

Resultado positivo da Audiência Pública no Senado

terça-feira, 17 de abril de 2012

Na semana passada, participei, pela Abremar, de uma audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado (CDR). Requerida pela senadora Ana Amélia (PP-RS), o encontro teve a intenção de verificar o nível de segurança dos cruzeiros marítimos no Brasil e os direitos assegurados aos passageiros em caso de acidentes.

Mostramos que os navios de turismo são altamente regulamentados por órgãos internacionais e também brasileiros. Para se ter uma ideia de que este controle funciona, de acordo com uma pesquisa da consultoria G. P. Wild (International) Limited, 28 fatalidades foram registradas a bordo de navios de cruzeiro entre 2002 e 2011 – período em que 153 milhões de pessoas viajaram ao redor do mundo nesta modalidade turística.

Em sua apresentação na audiência, o Capitão de Mar e Guerra Mauro Guimarães Carvalho Leme Filho, superintendente de segurança do tráfego aquaviário da Marinha, reiterou a confiabilidade dos navios. De acordo com o Capitão, os navios apresentam bom estado operacional e, nos últimos quatro anos, todas as embarcações que realizam cruzeiros marítimos na costa brasileira foram submetidas a 103 inspeções da Marinha. Deste total, apenas quatro navios foram retidos nos portos por apresentarem algum tipo de deficiência.

O representante do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça, Amauri Martins de Souza falou sobre a proteção aos direitos do consumidor. Segundo Amauri, embora o Departamento tenha registrado poucas reclamações de cruzeiristas, os direitos dos consumidores estão assegurados, em cumprimento à legislação nacional, em caso de acidentes.

Essa participação nos ajudou a mostrar ao Poder Público o respeito que temos com nosso passageiro e tripulante e reafirmou o interesse do governo em conhecer melhor nosso segmento. Com certeza, não restaram dúvidas do quanto a vigilância e segurança do setor são englobadas, todos os dias, por toda cadeia de Cruzeiros Marítimos.

Também saímos da audiência com a certeza de termos passado a mensagem da importância do nosso setor para as economias das cidades destino, pois movimenta comércio e serviços, aquece o emprego local e faz propaganda para que o cruzeirista retorne, em outra oportunidade, àquela cidade.