Arquivo de abril de 2013

TRÁFEGO MONUMENTAL

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Na semana passada, fui à cidade de Santos, no litoral paulista, para algumas reuniões, e fiquei surpreso com o tempo que gastei na viagem: 2h30 para percorrer os 80 km que separam a cidade da capital – trajeto normalmente percorrido em 1 hora ou pouco mais que isso.

O tráfego era monumental, ocasionado por uma fila imensa de caminhões, muitos deles na faixa destinada a veículos menores, rumo ao porto de Santos.

Com isso, podemos perceber que o crescimento econômico, tão favorável ao país, se torna altamente negativo quando feito sem planejamento e, pior, sem infraestrutura adequada. Isso é ruim para as exportações, que sofrem quebras de contratos por causa dos atrasos; e prejudica os passageiros de Cruzeiros Marítimos que, com certeza, também chegarão atrasados à suas viagens de navios.

É mais que tempo para se pensar em melhorias, principalmente nesse intervalo entre uma temporada e outra.

CLIA ABREMAR BRASIL E A UNIÃO GLOBAL DOS CRUZEIROS MARÍTIMOS

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Desde 2006, ano de sua fundação, a Abremar (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), vem representando o setor no país, tendo se empenhado para inseri-lo em posição importante dentro do mercado mundial de Cruzeiros.

Sempre com o intuito de atuar na interlocução com órgãos públicos e instituições privadas na defesa e promoção de um ambiente favorável para a atividade, a Abremar fará agora parte da CLIA (Cruise Lines International Association), associação mundial do setor, passando a se chamar CLIA Abremar Brasil e adotando, desde já, nova logotipia e apresentação em sua comunicação com a imprensa, autoridades e associados, Facebook e novo site, que deverá ser lançado em breve.

A criação de uma associação mundial faz parte de uma evolução natural da indústria de Cruzeiros e sua ideia principal é promover uma voz globalmente uniformizada para representar a atividade – que gera um impacto econômico de US$ 100 bilhões e emprega mais de 753 mil pessoas em todo o mundo.

Para o Brasil, isso significa um grande salto no cenário global, uma vez que essa nova parceria vai permitir um melhor entendimento das empresas que operam na América do Sul a respeito das peculiaridades e entraves locais. Todos devem ganhar com esta nova associação, que investirá em questões técnicas e regulatórias, pesquisas, comunicação e desenvolvimento de negócios.

Com dez associações internacionais, a nova entidade global vai operar sob o nome Cruise Lines International Association (CLIA), acompanhada pela denominação geográfica apropriada. As associações envolvidas são: Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar), Cruise Lines International Association (CLIA), European Cruise Council (ECC), Asia Cruise Association (ACA), Passenger Shipping Association (PSA / ACE), AFCC, da França, Dutch Cruise Council (DCC), Northwest and Canada Cruise Association (NWCCA), Alaska Cruise Association (ACA) e International Cruise Council Australasia (ICCA).

Com base nos EUA, em Washington, DC, a associação será governada por um Conselho Global e Comitê Executivo, presidido por Howard Frank, Chairman, Diretor de Operações e Membro do Comitê Executivo da Carnival Corporation & plc, permanecendo como CEO a Sra. Christine Duffy, atual presidente da CLIA, além de lideranças e equipes dedicadas às questões técnicas, regulatórias, relações públicas e negócios. Assuntos locais e nacionais continuarão sendo conduzidos por organizações regionais, com escritórios na América do Norte, América Latina, Europa e Australásia.

Essa nova estrutura permitirá que a indústria de cruzeiros conduza de forma mais eficiente e estratégica as prioridades nacionais e internacionais, respeitando as especificidades de cada região, mas garantindo que seus membros se beneficiem dos programas globais da CLIA.

Estamos ansiosos para continuar a construir nossa indústria, proporcionando agradáveis experiências de férias, preços acessíveis e viagens seguras. Com certeza, este será um marco histórico para a atividade.