Posts com a Tag ‘infraestrutura’

Crise e investimento

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Recentemente, os governos turco e grego – vizinhos e rivais históricos – anunciaram medidas de incentivo ao turismo de cruzeiros marítimos que deixaram os destinos concorrentes de queixos caídos e cabelos em pé!

Além de eliminarem as restrições de cabotagem na região, eles anunciaram a redução de 50% das taxas para os cruzeiros, o que equivale a US$ 10 milhões de apoio governamental ao setor. Tudo isso já para 2012.

Agora, até 2023, a Turquia investirá em remodelação e ampliação de 10 cidades, nove portos, mais quatro novos aeroportos, estradas e infraestrutura de transporte. Vale dizer que, nos nove primeiros meses de 2011, os portos da Turquia receberam 2,2 milhões de passageiros.

Ninguém tem dúvidas de que eles querem mesmo dar um grande impulso no turismo local e estão confiando plenamente no potencial de desenvolvimento dos cruzeiros.

Aí me pergunto: por que eles decidiram fazer isso agora? Seria uma medida de recuperar, por meio do turismo, a economia da região – já que a crise do euro varreu a Grécia, por exemplo? Bom para eles que enxergaram que o turismo é o caminho por onde desenvolvimento chega de verdade.

Enquanto tudo isso acontece por lá – e enquanto pouca coisa se vê por aqui – vamos rezar para que não sejamos nós a perder com esse investimento pesado.

Fila? Quem gosta de fila?

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Sei que a maioria dos que acompanham o blog amam cruzeiros, mas também entendem de turismo e ai vai a pergunta: alguém tem voado de avião por ai?

Bem, eu tenho! Nas 2 últimas semanas fui para Londres e agora Miami, Panamá e Colômbia. Férias? Não… Trabalho. E muito…

Mas, e sobre fila? Bem, embarcar em Guarulhos tem sido bastante organizado, mas demorado. O volume cresceu, mas a estrutura não.

Já ouvi de estrangeiros que precisam vir ao Brasil para negócios e gostariam de vir para lazer, mas as filas nos aeroportos os afastam.

Outro dia embarcando encontrei o William Périco, presidente da ABAV – SP e da AVIESP, ambos resignados na fila vivendo a situação que todos os turistas e viajantes de negócios tem passado.

Ainda que os aeroportos estejam ligados diretamente aos cruzeiros, sejam no Brasil ou em todo o mundo, nossa preocupação principal está nos portos e na limitada infraestrutura que hoje temos em relação ao grande mercado que poderíamos ter.

Quando escuto sobre as obras previstas e investimentos para portos, me preocupo em quando e como as obras serão executadas e se o planejamento considera o movimento atual para minimizar o já presente desconforto do turista.

Enfim, podemos dizer que os limites já alcançados de infraestrutura já prejudicam muito o turismo no pais. Às vésperas de Copa do Mundo e Olimpíadas, qual vai ser a imagem do Brasil para os turistas, sejam nacionais ou estrangeiros?

Eu, pessoalmente, e a ABREMAR, institucionalmente, temos levantado com ênfase a bandeira de alerta. Afinal, quem gosta de fila nas férias?