Carne? Que carne?

Que me perdoem os leitores de dieta, mas depois das vivências gastronômicas de nosso editor-chefe em Lisboa, eu vou ter que repetir a dose e postar mais uma dica boa para os olhos e fantástica para o paladar. Esta semana estive em Recife para o lançamento de um programa da Setur-PE, que vai levar mais de 1,6 mil agentes de viagens para experimentarem o destino. Apesar do pouquíssimo tempo na cidade, voltei para casa com mais uma dica bacana. Não é a primeira vez que visito a capital pernambucana, e em todas as visitas fui surpreendida positivamente com a qualidade dos restaurantes da cidade. Me lembro que a primeira vez que estive lá, visitei a Galeria Joana D’Arc e fui a uma creperia que era um charme. Depois disso, tive outras boas experiências, como em um restaurante maravilhoso de camarões em “Brasília Teimosa”, uma casa de doces no centro que serve o melhor cheese cake que eu já comi, sem falar nos locais que servem o bolo de rolo e a típica sobremesa Cartola, feita com banana e queijo coalho, entre outras.
Desta vez, achei que ia me dar mal. Já que faria apenas uma refeição na cidade e esta seria no local onde aconteceria o evento. O nome: Spettus Steak House. Apesar de saber que esta rede é tradicional na cidade e que a unidade de Boa Viagem era relativamente nova e bastante descolada, não em animei muito, afinal de contas não como carne vermelha há mais de dez anos. Mas como o objetivo principal não era comer e sim trabalhar, fui feliz para a tal steak house. Já de cara, gostei do ambiente. Um lugar amplo, bem iluminado, com decoração moderna e garçons simpáticos.
[photopress:IMG_1043.JPG,full,pp_image]
Assim como a maioria das churrascarias que trabalham em sistema de rodízio, além das carnes sempre tem um bufê de saladas para acompanhar. No caso da Spettus de Boa Viagem, chamar aquele show gastronômico de bufê de saladas é uma falta de respeito. Quatro ilhas exibem uma variedade absurda de pratos. Mas o que mais me chamou a atenção era a fartura de lagostas e camarões gigantes e muitos outros frutos do mar, como polvo, ostras, marisco etc. Só com lagosta, tinha umas quatro opções de pratos: lagosta gratinada com queijo, lagosta com recheio, lagosta no arroz e lagosta na salada. Camarão, então, nem se fala. O melhor era o camarão tamanho família empanado e recheado com queijo. Sensacional! O polvo à provençal também estava divino.
[photopress:IMG_1044.JPG,full,pp_image]
Outra surpresa foi a comida japonesa. Sou fanática por comida japonesa, mas sushi de churrascaria não é lá aquelas coisas. Diferente na Spettus, que apresenta uma vasta opção de sushis e todos de altíssima qualidade. Claro, que com a festa que eu fiz no bufê, nem quis saber do rodízio, que também revelou alguns pratos interessantes feitos com frango e peixe, mas que ficarão para a próxima visita.
[photopress:IMG_1047.JPG,full,pp_image]
Vocês devem estar pensando qual é o preço desta farra? Surpreendente também. De segunda a quinta, o rodízio sai por R$ 59/pessoa. De sexta a domingo, o valor é R$ 62. Vale muito a pena….Mais informações: www.grupospettus.com.br.
Marjori Schroeder

Postagens relacionadas

Published by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *