Malabarista do carnaval

Entre um bloco e outro do carnaval de Salvador, um rapaz em uma cadeira de rodas me chamou a atenção. Ele não tinha a firmeza nas pernas para andar, mas os braços eram tão fortes que surpreendiam. O que encantava a todos era a alegria e o modo como ele rebolava as músicas que tocavam durante o carnaval. Com um sorriso enorme no rosto ele acena, rebolava e ainda ganhava uns trocados de quem passava pelos blocos. Um dos garçons que estava trabalhando no camarote da Bahiatursa veio conversar comigo após ver minha indignação de tamanha força nos braços.
-“O senhor está abismado?”
-“Demais…”
-“Esse rapaz mora na minha rua”
-“E você tem contato com ele?”
-“A gente joga bola juntos”, respondeu o garçom na maior naturalidade do mundo.
-“Como? Ele usa algum apoio nas pernas pra correr?”
-“Não, não… Ele joga de atacante e ‘chuta’ com as mãos. É uma força absurda”
Depois desta declaração eu não pensei duas vezes antes de tirar a máquina do bolso e registrar o momento. Dêem uma olhada
[photopress:CADEIRARODA.jpg,full,centered]
Gabriel Guirão[photopress:BANANEIRA.jpg,full,centered]

Postagens relacionadas

Published by

One thought on “Malabarista do carnaval

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *