O voo da Tap

Não foi à toa que a Tap foi escolhida, pela reconhecida revista britânica Condé Nast Traveller, a melhor empresa aérea do planeta. Voei na econômica da companhia e gostei tanto quanto se pode da experiência, especialmente do entretenimento a bordo.

O vôo, ocorrido há alguns dias no A330, era de São Paulo ao Porto, e tinha 24 opções de filmes, vários recentemente indicados ao Oscar 2010.

Vi Crazy Heart, com Jeff Bridges, The Blind Side, com Sandra Bullock e Up in the Air, com George Clooney. Os dois primeiros renderam o Oscar de melhor ator/atriz a seus protagonistas. O terceiro, várias indicações. E ainda tinha Avatar, entre outros. Sem falar na opção “séries” e até videogames.

Cada assento contava com sua própria TV e os filmes tinham início e fim determinados pelo usuário, isto é, por mim. Nada de pegar o filme pelo caminho, como acontece com boa parte das companhias. Você escolhe, on demand, o que quer ver e quando. Interrompe, recupera, revê, recomeça, muda de ideia…

Também gostei bastante da seleção musical da “rádio” Tap. Jazz/blues, MPB, sucessos dos anos 80 e 90…

Mas na volta não dei tanta sorte.

Já estava programando com a UP, a bela revista de bordo da Tap, os filmes que iria ver quando me dei conta de que tinha caído em um equipamento muito mais antigo, apesar de maior. No A340 que voltei de Lisboa, tive de me contentar com aquelas TVs que saem do teto e nem têm a imagem tão boa assim.

Os filmes estavam lá, mas como horário determinado pelo vôo, na ordem escolhida pela companhia. Filmes que eu não escolheria… Um deles até gostei. Mas a verdade é que gostei bem mais do vôo de ida.

FABIOLA BEMFEITO

Viagem a convite da Abav, Tap e Turismo de Portugal, com assistência internacional GTA

Postagens relacionadas

Published by

8 thoughts on “O voo da Tap

  1. Comigo aconteceu a mesma coisa, mas o inverso. No vôo de ida, fomos no avião antigo, sem opção de filmes. Mas a volta, mesmo sendo vôo diurno foi excelente, com as diversas opções de filmes. Gostei muito mais do voo de volta.

  2. Fabi
    Voamos de TAP para cá também e tenho os mesmos comentários – entretenimento nota 10. O probelma do equipamento já é muito antigo e não sei porque não resolvem isto….Fica uma impressão estranha vir ou voltar com um avião tão mais velho que o outro. Já experimentei isto tanto na classe Victoria como na econômica. Como voltamos semana que vem, ficaremos na expectativa do novo ou do antigo….Ainda faltam alguns filmes para assistir.Beijos

  3. Ei Elaine, agora só nos resta torcer para a Helô pegar o mesmo equipamento da ida na volta, aí a gente descobre se alguém tem essa sorte. Ei Helô, saudades… Vou torcer pra você. Depois conta. Bjs.

  4. Voces que viajaram pela Tap, saberiam me dizer o nome do filme exibido: a mãe era a atriz Juliette Binoche, a filha (não me recordo quem era a atriz), autista, e obcecada por cálculos matemáticos.
    Alguém sabe que filme é esse ? Nào há informação na internet.

  5. Ola a todos alguem poderia me ajudar?
    eu queria a lista de musicas q tocou na radio tap oldies.Peço que me ajudem!Ficarei muito grato.

  6. Olá.
    Eu fiz uma viagem em setembro de 2010 pela Tap ,de Guarulhos a Portugal.
    Escutei uma musica na rádio tap de uma cantora da mpb.S[o que não consigo saber o nome dela.Só lembro que o tema da música era:o beija flor toma conta de jardim.
    Agradeço desde já

  7. I have the right to know.On behalf of my company, I would like to welcome you here.Feel better? Wait a moment, I’ll be with you in an instant.I’ll be right there.l am vacuuming the floor now and have several shirts to iron.What horrible weather!Growth, however, brings new problems and concerns.He was not a bit tired.The sea sparkled in the sunlight.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *