Arquivo da Categoria ‘Relacionamento’

PRA SAIR DA IDADE DA PEDRA – CONGRESSO ABAV

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

stoneage

 

No meio da discussão sobre o veto da restrição ao UBER em Brasília a minha atenção se volta para as empresas que ainda olham para a entrada da tecnologia apenas como um fato de mudança tecnológica em si.

O que de fato está havendo é a ruptura da cultura antiga (poder nas mãos de determinados grupos econômicos) para a decisão do cliente sobre de quem comprar e a que preço.

Quando chegaram os teares automatizados e as famílias que viviam da manufatura de tecidos foram à miséria foi assim, quando os carros tomaram os lugares das carruagens e indústria de chicotes quebrou foi assim, quando o computador apareceu e as máquinas de datilografia sumiram foi assim.

Quem mais sentiu foram aqueles que não conseguiram mudar seu “mind set” e se apegaram ao poder que seu grupo econômico tinha e à sua maldita zona de conforto.

Está acontecendo exatamente nesse momento é com os taxistas e Uber, com os hotéis e o Airbnb e as agências com as OTAs.

Você tem duas opções: acabar como a fábrica de chicotes, as famílias que viviam do artesanato ou os taxistas agora

OU

Se preparar para a mudança com olhar e pré disposição para INOVAR, SE ADAPTAR e SOBREVIVER.

Apareça no Congresso ABAV de Turismo e conheça o que especialistas das Universidades, os profissionais do Varejo e colegas do Trade tem a dizer sobre a ruptura e inovação no mercado de viagens.

Te vejo lá!

www.abavexpo.com.br

 

COM O PE DIREITO

domingo, 5 de julho de 2015

right-foot

 

Longe de ser supersticioso (tá bom, talvez um pouquinho) a todo início desejo que seja com o pé direito.

Pra quem não sabe, essa expressão remete à Roma antiga e era usada pelos anfitriões de festas que pediam para que os convidados entrassem com o pé direito para afastar o mau agouro e azar. Em latim (e italiano) a palavra “esquerda” é “sinistra”, o que explica porque os romanos achavam que os lados direito e esquerdo significavam o bem o e mal. Coitados dos canhotos, que apanhavam muito para escrever com a mão direita até pouco tempo…

Mas o motivo de escrever sobre o tema é simples: toda vez que se inicia um projeto novo, numa casa nova, desejamos sorte ao neófito (o cara que está iniciando).  Porém, mais que entrar com o pé direito é preciso estar com a cabeça arejada, preparando não as suas defesas para o novo mas as portas da mente sem nenhum obstáculo para absorver e entender a cultura da casa.

Respeitar e aceitar o que já existe de bom é a melhor maneira de iniciar algum novo trabalho e assim quando mais tarde propor inovação o profissional tenha mais argumentos e possa diminuir a rejeição.

Não obstante é preciso lembrar que nenhuma mudança ocorre sem ruptura e esperar que seja bem aceito e “querido” por todos não é sempre uma realidade.

Entrar com humildade, mas com confiança é a melhor forma de entrar com o pé direito.

Abraços,