Arquivo de setembro de 2011

Estamos prontos?

domingo, 25 de setembro de 2011

Minha opinião é não! Não estamos prontos para receber os MEGA eventos!
Sexta-feira, 23/09, estive na Abertura do Rock in Rio, com muita coragem e acreditando no que a mídia divulgava! A cidade do Rock está pronta para receber 100.000 pessoas/dia, declaravam os organizadores do evento!
Como era uma sexta feira, resolvemos sair do baixo Gávea as 16h30, o que foi ótimo, pois 17h50 saltamos do taxi na segunda barreira, acreditando que andaríamos 3 km seguros, primeiro engano! Nenhuma proteção para nós que fomos de taxi, andamos “na beira” da estrada, com os carros e ônibus VIPS passando a mil por hora!Mas a animação nos levou até lá!
Chegando lá, ficamos felizes, pois tudo estava lindo, a energia incrível e a população feliz como na Disney. Resolvemos fazer um lanche (18h10), antes do começo do show 19hs, Titãs e Paralamas! Buscávamos por um chopp e um sanduíche! Depois de passar por todos os locais (poucas estações de A&B) com filas intermináveis (neste momento somente 50% do público estava lá!), resolvemos parar no Botequim Informal, boteco famoso do Rio, em busca de um escondidinho de carne seca e uma cerveja! Depois de 20 min. na fila, alguém avisa: “A partir de agora (18h45), a comida vai demorar! Perguntei: Quanto tempo? “Sem previsão” respondeu o cidadão! Gente, o evento nem tinha começado, os fogos pipocavam no céu nublado, com muito vento, e a comida já estava esgotada em alguns pontos! Perdemos o começo do show, mas comemos e resolvemos então fazer um pit stop no banheiro que já se encontrava com varias cabines entupidas e pouco pessoal de limpeza!
Com muita alegria e disposição, afinal, quem tá na chuva é pra se molhar, e quem se dispõe a ir pro Rock in Rio tem que ter bom humor, fomos pro show, onde o som estava incrível, palco lindo, nível da platéia muito bom e área para portadores de deficiência muito bem posicionada! Hora de mais uma cerveja! Quando finalmente passa um ambulante da Heineken com uma camisa marcando R$ 7,00, e ele queria cobrar R$10,00! Como assim? Perguntamos. E ele respondeu: “ to ganhando muito pouco!” É mole? Depois de ameaçar chamar a fiscalização fomos servidos! Isto é praticamente um assalto!
Outro ponto que a TV não mostrou, foi a quase total ausência de latas de lixo. Muito triste esta cena! Quando o show do Elton John começou, lá pela 1 da manhã, já era quase impossível pisar na grama, pisávamos em copos, garrafas, papéis, etc! Na saída, as poucas latas de lixo que tinham, transbordavam!Uma pena, pois o show foi ótimo! Exceto a Rhiana, os outros forma pontuais!
Enfim, o básico de infra não rolou! Como será daqui a mais ou menos 1000 dias? Vamos conseguir superar isto? O Brasil tem total condição de mudar isto, será que vamos conseguir? Qual a solução?

Vai prá China!!!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Esta foi uma citação de Roberto da Matta, entre tantas outras frases, pensamentos e colocações incríveis que ouvi deste pensador, antropólogo, professor no Forum Alatur, que depois dos posts do Artur e do Vabo, não tenho mais muito a declarar, a não ser que adoro todos aqueles que fazem acontecer e estes rapazes (Ricardo, Francisco e Balsamão) vivem aprontando coisas incríveis, com publicações de livros, pesquisas, novas tendências, apoios a eventos da AMCHAM, MPI, ACTE, ABGEV,etc. PARABÉNS, isto contribui imensamente para o crescimento do setor!
Sobre o Roberto, de quem fiquei fã, aliás poderia conversar um dia inteiro com ele, ouvir suas histórias e pensamentos. No Forum ele roubou a cena, homen elegante, com energia fantástica, moderno e jovem (e o cara tem 74 anos)!
Quando ele colocou que há anos atrás, quando você dizia prá alguém; Vai prá China! Isto era quase um xingamento, você queria que a pessoa sumisse da sua frente!
Hoje se você disser prá alguém vai prá China………, isto quer dizer, vai lá ver o que os caras tão fazendo de incrível, inovador, transformador e moderno!
O que mudou? O mundo mudou! Temos que rever nossos conceitos todos os dias e mudar, inventar, modernizar!
E nós? E você? Tem visto muitas mudanças no seu entorno? O que tem mudado?