A piscina do Fasano Rio com vista para o Morro Dois Irmãos

Como estão funcionando os hotéis do Rio de Janeiro durante a pandemia

Pesquisas de sites de reservas de hotéis mostram que o Rio de Janeiro está entre os destinos nacionais mais desejados para viagens pós-isolamento. Os empreendimentos hoteleiros da cidade estão reabrindo gradualmente. Selecionei exemplos emblemáticos nos principais bairros turísticos para mostrar como estão funcionando os hotéis do Rio na pandemia.

Leia mais: Desafios para a retomada do turismo no Estado do Rio

Texto atualizado em 19 de outubro de 2020

Clique aqui para acompanhar o Instagram @HotelInspectors

Como estão funcionando os hotéis do Rio durante a pandemia: a piscina do Fasano Rio com vista para as Ilhas Cagarras não pode ser usada
Piscina do Fasano e a vista para as Ilhas Cagarras | Foto de Carla Lencastre
Fasano Rio

O Fasano Rio reabriu em 17 de julho. Há mais de uma década em um endereço privilegiado no Arpoador, o trecho da praia entre Ipanema e Copacabana, o Fasano carioca, membro da Leading Hotel of the World, retomou as atividades com ocupação máxima de 50% e a certificação SafeGuard do prestigioso Bureau Veritas. Entre outras medidas, a limpeza segue padrão hospitalar e os quartos ficam 24 horas vazios com janelas abertas. A temperatura é checada quando se entra no hotel. A piscina, uma das mais fotografadas do Rio, e o spa foram reabertos no início de agosto. Em setembro o spa reabriu para o público em geral com novos tratamentos.

O restaurante muda de nome e de cardápio: sai Al Mare, entra Gero. A filial original do Gero, também em Ipanema, retornará como Panini em novembro. O quiosque Marea, posto avançado no calçadão de Ipanema, está aberto. O outro Fasano no Estado do Rio, em Angra dos Reis, a 200km de distância de Ipanema, reabriu em 15 de agosto seguindo as mesmas orientações.

Atualização: O novo Gero carioca, reaberto em novembro, agora tem uma varanda com vista para o mar. O menu reúne clássicos do Al Mare e do próprio Gero, além de pratos novos.

Leia mais: A reabertura para o turismo em Búzios, Angra e Paraty, no RJ

Terraço do Hotel Arpoador com vista para o Morro Dois Irmãos
Terraço do Arpoador com vista para o Morro Dois Irmãos| Foto de Carla Lencastre
Hotel Arpoador

A menos de 300 metros do Fasano Rio, o charmoso Hotel Arpoador, o único pé na areia na Zona Sul carioca, reinaugurado no verão de 2019 depois de um retrofit, reabriu em 1º de setembro. O hotel está vendendo vouchers de diárias com desconto, que podem ser usados até dezembro, e diversas experiências no hotel, como café da manhã no delicioso restaurante Arp ou yoga no terraço com vista para o mar. O dinheiro arrecadado está sendo usado para pagar parte do salário dos funcionários. O Arp agora tem mesas ao ar livre no calçadão da praia e menu por QR code.

Leia mais: Como é o Hotel Arpoador, pé na areia no Rio de Janeiro

Praia Ipanema Hotel

No extremo oposto da Praia de Ipanema, no Posto 10, quase no Leblon, o quatro estrelas Praia Ipanema Hotel está aberto desde junho. Os quartos são higienizados com ozônio e o restaurante 7zero6, no terraço com vista para o mar, recebe o público em geral com 50% da capacidade e sob reserva.

Leia mais: Como estão funcionando os restaurantes de hotéis no Rio

Além do leblon

O Sheraton Grand Rio, de frente para o mar entre Leblon e São Conrado, reabriu em 1º de setembro. Os novos protocolos de limpeza e segurança são os da Marriott International. O Grand Hyatt Rio, resort entre a praia da Barra da Tijuca e a Lagoa de Marapendi, também voltou a funcionar em 1º de setembro. Neste primeiro momento, nem o kids club nem o bom restaurante japonês Shiso estão abertos. Todas as refeições são servidas no Cantô.

Leia mais: Plástico é a nova obsessão dos resorts brasileiros na era covid-19

Piscina do Fairmon Copacabana Rio de Janeiro com vista para o Pão de Açúcar
Uma das duas piscinas do Fairmont Copacabana | Foto de Carla Lencastre
Fairmont Copacabana

Menos de dez minutos de caminhada levam do Arpoador ao Posto 6, onde fica o Fairmont Copacabana. O mais novo hotel de luxo da cidade, aberto em agosto de 2019, reabriu em 1º de setembro com o selo AllSafe, certificação global criada pela AccorHotels também em parceria com o Bureau Veritas. Os protocolos são similares aos do Fasano, como temperatura medida na entrada do hotel e quarto vazio por 24 horas entre um hóspede e outro.

Leia mais: Como é o Fairmont Rio, o primeiro da marca na América do Sul

Piscina do Miramar by Windsor com vista para o Pão de Açúcar
Miramar by Windsor: reabertura em setembro | Foto de Carla Lencastre
Miramar by Windsor

Primeiro de setembro também foi a data de reabertura do elegante Miramar by Windsor, integrante da Preferred Hotels and Resorts, no Posto 5. A piscina, com vista panorâmica para a Praia de Copacabana e o Pão de Açúcar, e a sauna podem ser usadas. O serviço de praia segue suspenso. O bom restaurante Alloro al Miramar, comandando pelo chef Renato Ialenti, reabriu também em 1º de setembro, com novo layout e cardápio por QR code.

Leia mais: É seguro usar piscina de hotel durante a pandemia?

Emiliano Rio: piscina com vista para o Pão de Açúcar
Emiliano Rio: outra piscina com vista para o Pão de Açúcar | Foto de Carla Lencastre
Emiliano Rio

Também no Posto 5, entre o Fairmont Copacabana e o Miramar, o Emiliano Rio reabriu em 1º de outubro com o selo Safe&Clean, lançado em julho pela associação Circuito Elegante. A certificação criada por hoteleiros associados é apoiada pela Unilever e auditada pelo agora onipresente Bureau Veritas.

Leia mais: O que realmente mudou nos hotéis durante a pandemia

Como estão funcionando os hotéis do Rio na pandemia: piscina do Copacabana Palace
A mais famosa da cidade: a piscina do Copa em versão noturna | Foto de Carla Lencastre
Belmond Copacabana Palace

Na outra ponta da Praia de Copacabana a grande dama da hotelaria carioca, o Belmond Copacabana Palace, que foi fechado pela primeira vez em seus 97 anos, retomou as atividades em 20 de agosto. Mesma data de reabertura do Belmond Hotel das Cataratas, em Foz do Iguaçu. No primeiro momento, apenas o prédio principal do Copa está funcionando. A um quilômetro dali, em frente à Praia do Leme, o Hilton Copacabana reabriu em 18 de setembro.

Leia mais: Como será a hotelaria de luxo na era covid-19

Yoo2

Com uma vista de cartão-postal para a Enseada de Botafogo e o Pão de Açúcar, reabriu em 20 de julho o Yoo2, do grupo ICH (InterCity Hotels). O serviço de bufê foi suspenso e o café da manhã e o almoço são à la carte ou com menu do dia. O bar no terraço, The Rooftop, está funcionando para o público em geral com capacidade reduzida e sob reserva.

Leia mais: O bufê de café da manhã de hotel na era covid-19

Como estão funcionando os hotéis do Rio durante a pandemia: The Rooftop, terraço do Yoo2 Rio de Janeiro com vista para o Pão de Açúcar
The Rooftop, o terraço do Yoo2 | Foto de divulgação
Santa Teresa mGallery

O hotel boutique no bairro histórico do Centro do Rio, instalado em uma construção do final no século XIX em uma deliciosa área verde, retomou as atividades em 9 de outubro com o selo AllSafe da Accor. O Santa Teresa MGallery oferece a opção de day use combinando spa e uso da piscina com almoço no restaurante Térèze. O café da manhã está aberto ao público em geral de quinta a segunda-feira, das 7h às 10h, mediante reserva.

Leia mais: Hotel carbono neutro, a hospedagem que não deixa pegadas

O Rio como destino

Estudo da Booking divulgado na primeira quinzena de julho e baseado nas listas de desejos de viagem dos usuários do site de reservas de hotéis, trouxe o Rio em segundo lugar, atrás de Gramado (RS). Em levantamento mais recente, referente às reservas de abril a julho e apresentado em setembro, a posição se inverteu: Rio em primeiro e Gramado em segundo. Pesquisa da Hoteis.com de meados de julho mostra o Rio entre os cinco destinos mais cobiçados do país para viagens futuras.

Leia mais: Hotéis para respirar ar puro na serra do Rio de Janeiro

pontos turísticos do Rio

As principais atrações turísticas da cidade voltaram a funcionar em 15 de agosto. A exceção foi o Jardim Botânico, que retomou as atividades em julho com visitas com hora marcada. Os ingressos devem ser reservados online.

O Bondinho Pão de Açúcar reabriu com o selo Safe Travels do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC na sigla em inglês) e está funcionando de quinta a segunda-feira, das 10h às 19h. O Trem do Corcovado opera das 8h às 16h com 50% da capacidade. A roda-gigante RioStar, no Porto Maravilha, e o AquaRio, no Boulevard Olímpico, também estão reabertos.

Clique aqui para ler tudo que publicamos sobre hotelaria na pandemia

Hotel Inspectors está no Instagram @HotelInspectors, no facebook @HotelInspectorsBlog, no Twitter @InspectorsHotel e no LinkedIn @HotelInspectors

Published by

Carla Lencastre

Carla Lencastre é jornalista especializada em viagens, hotelaria, estilo de vida, comidas, bebidas e artes. Anda pelo mundo desde sempre a passeio e a trabalho. Gosta de visitar novos lugares, de revisitar velhos conhecidos e de contar uma boa história. E hotéis são lugares repletos de histórias... Ex-editora de turismo do jornal O Globo, onde trabalhou por mais de 20 anos, hoje escreve para diversos jornais, revistas e site brasileiros. No Instagram @CarlaLencastre estão suas viagens e seu dia dia no Rio de Janeiro, onde mora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *