Dockside Inn, novo hotel econômico no Universal Orlando Resort

Novos (e bons) hotéis econômicos no Universal Orlando Resort

Hotel econômico bonito e confortável, com design bem pensado, boa relação custo x benefício e bem localizado é uma combinação que às vezes parece difícil de acontecer. O Universal Orlando Resort inaugurou durante a pandemia não apenas um, mas dois bons hotéis de perfil econômico. A novidade chega em boa hora para o mercado brasileiro, que vê o turista começa a voltar a Orlando, mas em uma retomada ainda lenta.

Em evento realizado durante a WTM Latin America, na primeira semana de abril em São Paulo, representantes do Visit Orlando se mostraram otimista com o retorno dos visitantes internacionais de um modo geral. A expectativa é que até o final de 2022 o número alcance 93% dos índices de 2019. A recuperação do Brasil ainda é gradual, já que as principais restrições de entrada de brasileiros nos Estados Unidos foram suspensas somente no final de 2021 e a emissão de vistos ainda não se normalizou. O dólar a quase R$ 5 também dificulta a viagem, principalmente quando a família é grande e o bolso, pequeno.

Dias antes da WTM, estive na Flórida, a convite do Universal Orlando, para visitar ou revisitar os atuais oito hotéis do portfólio. Todos são administrados pelo grupo americano Loews, coproprietário da rede hoteleira do resort. Fiquei hospedada justamente no mais novo hotel econômico, o Dockside Inn and Suites at Universal’s Endless Summer Resort, aberto em dezembro de 2020. Em frente fica o também recente Surfside Inn and Suites, menor do que o Dockside e mais tranquilo, mas bem parecido. Conversei com Russ Dagon, sênior vice-presidente de Resort Development do Universal Creative, área responsável pelo desenvolvimento dos hotéis. Ele destacou que “pesquisar e procurar entender as necessidades de cada família é fundamental para criar o conceito de cada hotel temático”.

Acompanhe as novidades da hotelaria no Instagram Hotel Inspectors

Leia também: O sucesso dos hotéis e parques aquáticos de Olímpia, no interior de São Paulo

.

Como é se hospedar no Dockside Inn, novo hotel do Universal Orlando Resort

O Dockside Inn and Suites no Endless Summer Resort tem 2.050 acomodações, de um ou dois quartos, divididas em duas torres. Os tons de laranja e azul predominam na decoração, e o piso não tem carpete. As camas queen são confortáveis, há gavetões e ganchos para roupas e acessórios, e espaço para malas. Todos os quartos têm mesa de jantar com duas cadeiras, um banco grande, dois pufes, forno de micro-ondas, geladeira e cafeteria elétrica com sachês de café e chá de cortesia. Há pratos em papel, talheres e copos descartáveis. Uma prancha de surfe em pé marca a separação entre a área de estar e a de dormir. Nas acomodações com dois quartos, para até seis pessoas, a terceira cama fica no segundo quarto, que tem ainda um pequeno armário com cortina em tecido. Há muitas tomadas e saídas USB, e o wi-fi funciona perfeitamente.

O banheiro, com um bom chuveiro dentro de banheira-que-não-é-banheira com cortina em plástico, tradicional dos hotéis americanos mais econômicos, é proporcionalmente pequeno. As duas pias estão em uma bancada em ambiente separado, o que facilita a organização. Há secador de cabelo e um espelho de corpo inteiro. Fiquei em uma silenciosa suíte de dois quartos no 11º andar, voltada para uma das piscinas, com o vulcão do parque aquático do Universal Orlando Resort, o Volcano Bay, despontando ao fundo.

Cada torre tem uma piscina, com respectivo bar. As duas áreas de lazer, abertas até as 23h, são bem parecidas, mas nada impede que os hóspedes frequentem os dois bares ou usem as duas piscinas. Em ambas há uma área com areia que diverte crianças menores. Para os adultos, uma curiosidade: os drinques têm nomes de atrações do antigo parque aquático Wet’n’Wild, que ficava no local onde foi erguido o Endless Summer Resort.

No lobby, entre as duas torres, estão o Pier 8, mercado com produtos variados e estações de sanduíches, pizzas e comidas rápidas em geral, para comer lá mesmo (há uma ampla e iluminada área com mesas e boa trilha sonora) ou no quarto; uma cafeteria Starbucks, parceira dos hotéis do Universal Orlando, e um terceiro bar, o Sunset Lounge. Nos horários de pico, espere movimentação intensa no lobby e filas no café e no mercado. Há também uma loja com produtos de conveniência e suvenires, como em todos os outros hotéis do Universal Orlando Resort. Ônibus frequentes fazem o transporte gratuito para a CityWalk, onde ficam os acessos aos parques Universal Studios Florida e Islands of Adventures, e para o Volcano Bay.

.

O novo Surfside e os outros hotéis do Universal Orlando Resort

Inaugurado um ano antes, em 2019, o Surfside Inn and Suites é bem parecido com o irmão mais novo, porém mais tranquilo. As 750 acomodações, também com um ou dois quartos para até seis pessoas e minicozinha, ficam em uma torre única, que tem piscina com bar e área de alimentação. É boa opção para famílias com crianças menores.

Os dois hotéis do Endless Summer Resort acrescentaram 2.800 quartos ao portfólio hoteleiro do Universal na Flórida, que soma nove mil acomodações divididas em quatro categorias: econômica (Dockside e Surfside), econômica plus (Cabana Bay Beach e Aventura), preferencial (Sapphire Falls) e premium (Royal Pacific, Hard Rock e Portofino Bay. Todos, independentemente da categoria, oferecem transfers gratuitos, permitem entrada mais cedo no parque Volcano Bay e em algumas atrações do The Wizarding World of Harry Potter, e fazem a entrega de compras feitas nos parques e na CityWalk. Há transporte gratuito entre os hotéis, e cada um tem um tema diferente, com bons bares e restaurantes, entre outros atrativos. Aos poucos estou mostrando os hotéis no meu Instagram @CarlaLencastre.

Na edição desta semana da revista Panrotas, detalho as novidades dos oito hotéis do Universal Orlando Resort.

Serviço

Endless Summer Resort: As diárias do Dockside e do Surfside, em quarto com duas camas, custam a partir de US$ 91, mais taxas, para um mínimo de quatro noites. As acomodações com três camas começam em US$ 136.

Hotel Inspectors está no Instagram @HotelInspectors, no facebook @HotelInspectors, no Twitter @HotelInspectors e no LinkedIn @HotelInspectors

Published by

Carla Lencastre

Jornalista formada pela Universidade Federal Fluminense (UFF), trabalhou por mais de 25 anos na redação do jornal O Globo nas áreas de Comportamento, Cultura, Educação e Turismo. Editou a revista e o site Boa Viagem O Globo por mais de uma década e conquistou vários prêmios do setor. Em 2020 foi eleita uma das 100 pessoas mais influentes do turismo no Brasil pelo ranking Panrotas+Elo. Desde 2015 escreve para diversas publicações, entre elas O Globo e #Colabora, site de jornalismo independente voltado para o desenvolvimento sustentável. Ama viajar e anda mundo afora em busca de boas histórias desde sempre. É carioca de mar e bar. Gosta de dias nublados. Está no Instagram e no Twitter em @CarlaLencastre 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *