POR QUE RIO?

 Porque é de janeiro, nasceu em março e comemora até dezembro

Porque tem calçadão e calçada

Todos os ritmos

E na marcação de nossos dias, uma alegre e afinada bateria

Porque tem curvas e cores

Rock’n roll arquitetônico

Arquitetura da natureza

Havaianas nos pés e, claro, tem aquele abraço

Porque no Rio estou e casa

E você também

Porque no Rio a gente se encontra logo ali, na praia.

Ou na Lagoa, ou no museu

Na entrada do cinema

Na saída do teatro

No bar

Na banda

Nos olhares que se cruzam na baía

Na ciclovia

No estádio lotado para o gol (Mengooooo!!) ou para o show

No Rio a gente se encontra logo ali e quando vemos é amanhã

Hora de ir para casa com um sorriso e um sincero “a gente se vê”

Porque para o Rio eu vou de Ponte – aérea ou a que vem de Niterói

Porque no Rio ando a pé ou de frescão

De circular e de buzão

De metrô, que ainda está em Ipanema (caraca!!!)

Ou, na contramão…

… quando peço para parar e desço, pois de longe avistei as palmeiras de um imenso jardim, ou a galera comemorando mais um título, ou deu vontade de experimentar um novo líquido, bater perna, sentir a vibração de todo esse Rio

Porque no Rio falamos todas as línguas, da orla ao Galeão

Para receber os turistas ou mais um irmão

Porque nos orgulhamos de mostrar nossa cidade de todos os ângulos

Porque cariocas

Porque todos somos

Porque não é rio. É mar. (olha só, seu Estácio de Sá…)

É morro e montanha.

Tem bairro sem praia.

Praia de ponta a ponta.

Porque os homens andam de sunga e as mulheres de canga.

Mas para pegar sol, se esparramam

Como o próprio Rio,

De janeiro a dezembro… de Copa a Madureira

Rio de Janeiro o ano inteiro.

Porque no Rio tudo cabe

De final de Copa a toda uma Olimpíada

Porque no Rio tudo acontece

De final de novela a enredo de filme

Porque o Rio hoje é 446

Mas é Rio também a cada novo dia.

Porque o Rio tem a nossa história. E a minha.

Porque o Rio abre os nossos olhos.

Porque é quase carnaval e na mala uma bermuda e muitas fantasias

Porque o Rio é para sempre.

É nosso.

Com aquela simpatia…

 (homenagem ao aniversário de 446 anos do Rio de Janeiro, comemorado hoje, 1º de março)

Published by

Artur Andrade

Artur Luiz Andrade é carioca, taurino, jornalista e nasceu em 1969. É editor-chefe da PANROTAS Editora e mora em São Paulo desde 1998

0 thoughts on “POR QUE RIO?

  1. Artur, quanta inspiração ! Me deliciei com seu post e aproveito para parabenizá-lo e agradecê-lo pela homenagem à nossa cidade.

  2. Como carioca legítima da gema fiquei sensibilizada com seu post!

    Nossa cidade merece todas as formas bacanas de celebrações e admirações… possíveis e impossíveis… quem tem o dom de encantar merece ser cantada, falada, escrita e reverberada por todos os meios…

    Parabéns !

  3. CARO ARTUR,

    QUE BOM CONSTATAR SUA AUTÊNTICA PAIXÃO PELO RIO!

    SOU CARIOCA DOENTE, APESAR DE NASCIDA EM MINAS E HOJE VIVER NO CEARÁ HÁ 24 ANOS.

    MESMO ASSIM, NÃO HÁ COMO FICAR ALIENADO A ESTE ETERNO ESTADO DE ESPÍRITO “DE AMAR O RIO SOB TODOS OS ASPECTOS”
    E PODER COMPARTILHAR ESTE SENTIMENTO COM AMIGOS COMO VOCÊ.

  4. Artur,
    Adorei! Carioca sempre carioca!
    mesmo que esteja morando longe…
    o coração bate mais forte quando o avião está se aproximando do aeroporto … e fica apertado quando está deixando a cidade para trás…
    volta, vem pra cá!
    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *