Agente de viagens de respeito – UM APELO

Olá pessoal,

Muita gente preocupada. É o coronavírus, a queda vertiginosa das ações, e aquela sonhada viagem foi cancelada!

Quanto ao vírus, polêmica. Culpa dos chineses… Paciência. Eles estão muito longe.
A queda das ações e a respectiva perda financeira, paciência. A bolsa é um risco!
Mas e aquela viagem cancelada? Ah! O CDC exige que meu agente de viagens me devolva tudo!!!

Tenho visto nos últimos dias uma avalanche de demandas aos agentes de viagens e companhias aéreas. Todos querem seu reembolso imediatamente, e sem taxas! “É meu Direito!!!”

Neste momento surgem os mais renomados especialistas trazendo sua luz ao Direito do Consumidor. Raríssimos aqueles que chamam a atenção para que se use o bom senso.

Ocorre que o Direito do Consumidor foi criado para dar guarida à parte hipossuficiente da relação de consumo, tendo por efeito colateral a significativa melhora na qualidade dos serviços e produtos.

Não é hora de fazer pressão psicológica nos profissionais de viagens porque você está frustrado com sua viagem não realizada. Eles estão desesperados tentando reacomodar seus clientes que estão em trânsito, enlouquecidos mediante um mar de mudanças de regras de cancelamentos, reembolsos e remarcações.

No Brasil são mais de 70.000 agentes, responsáveis por aproximar companhias aéreas e hotéis de seus clientes. Você certamente conhece um agente de viagens e deve ter percebido que eles não são donos daquele banco que lucrou dezenas de bilhões de Reais no último trimestre. RESPEITO! É disso que eles precisam neste momento.

Eles ainda não pensaram em como vão pagar o aluguel, escola dos filhos, supermercado e cartão de crédito. Esteja certo de que não será com o seu dinheiro, que já foi enviado aos fornecedores.
Eles agora estão ocupados resolvendo as remarcações. Eles são os hipossuficientes da relação de consumo, aflitos porque são as primeiras empresas com real risco de falir. Afinal, dar dinheiro para as aéreas, têm governos e bancos interessados. E quem vai socorrer o pequeno agente neste momento??? Só seu bom senso.

Passageiros, mantenham a calma. Não é momento de exigir dinheiro. Ninguém mais tem! Agora é hora de contar com apoio daquele profissional que sempre te atendeu aos finais de semana, feriados e madrugadas, quando só você tinha um probleminha pra resolver. Agora o mundo inteiro tem um problema, e só os agentes de viagens e profissionais da aviação vão resolver. Com pressão, tudo piora.

Você que tem uma empresa atendida por uma agência, pague sua fatura em dia! Pague o que comprou. Elas precisam pagar seus distribuidores e estes as companhias, tudo em 24 horas, e nesta segunda é dia de vencimento. Não faça barganha com as multas e reembolsos agora, ou você não terá mais agente de viagens depois dessa crise.

Aceitem o crédito para a próxima viagem (sim, um dia voltaremos a voar e nos hospedar) e deixem que eles façam seu trabalho.

Um abraço,

Published by

Marco Di Ruzze

Sócio e vice-presidente do Grupo BRT (BRT Consolidadora e Operadora). Fundador e CEO da TravelHost Data Centers, especializada em Cloud Computing, Cyber Security, Hosting de alta disponibilidade e ambientes PCI-DSS compliant, focada em empresas de Turismo.

11 thoughts on “Agente de viagens de respeito – UM APELO

  1. 👏👏👏👏👏👏Concordo,bom senso é o mínimo que podemos ter e esperar de todos neste momento tão delicado no turismo.😕

  2. Gratidão pelas palavras de carinho e de total sensatez para o momento turbulento no qual o turismo e agentes passam .
    Deus o abençoe !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *