A Renovação dos Banheiros dos Hotéis

Os banheiros tornaram-se tão importantes para os viajantes quanto os quartos, e os hotéis estão mergulhando em designs cada vez mais criativos.

Conheça algumas novidades:

  • O Laboratório de Inovação da Marriott, por exemplo, está testando várias novidades. Uma delas é o espelho de corpo inteiro programado para mostrar movimentos de yoga e ligar o chuveiro sem ter que tocar em um botão.
  • Já a Hilton quer desconstruir e isolar a área de entrada da parte de higiene pessoal.
  • O N’Room by Novotel, da Accor, incorporou chuveiros com efeito chuva, iluminação suave e música em seus banheiros. Damien Perrot, VP Senior de Design e Serviços Técnicos da empresa afirma: ‘O banheiro é parte muito importante da experiência, e está mudando de lugar funcional para emocional, do segmento econômico ao luxo’.
  • O InterContinental Hotels Group (IHG) está substituindo os tradicionais espelhos emoldurados por aqueles retroiluminados, que proporcionam uma distribuição de luz uniforme em torno das bordas.
  • O Wyndham Hotel Group quer banheiros ecologicamente corretos, e investe na instalação de torneiras, vasos sanitários e chuveiros de baixo fluxo, ainda com ótima pressão de água.

Entretanto, alguns itens continuam fazendo sucesso, e devem ser mantidos em todas as categorias de hotéis:

  • Linhas limpas,  superfícies brancas e organizadas.
  • Excelente iluminação
  • Design
  • Tomadas
  • Espelho grande (e se possível um pequeno que amplia o rosto, ideal para maquiagem, por exemplo)
  • Cada vez mais tecnologia

Mas quando se fala de luxo, os ambientes devem se assemelhar a um spa, e o foco permanecer no bem-estar e relaxamento. Nesse caso, alguns outros itens tem ganhado destaque:

  • Tamanho ainda maior.
  • Caixas de som embutidas que sincronizam com smartphones.
  • Penteadeiras.
  • Bidês automatizados.
  • Assentos aquecidos.
  • Controle touch pad para banheiras.
  • Espelhos com TVs ocultas
  • Banheiras esculturais, símbolos de um estilo de vida único.

Outras tendências também são citadas, mas particularmente não acredito que vão ‘pegar’, como latão, cores mais escuras e estilo vintage.

Muita coisa também está sendo desconsiderada:

  • Telefonesim, as pessoas levam seus smartphones para o banheiro.
  • Banheiras – que serão limitadas ao segmento luxo, desaparecendo aos poucos até do upscale. O espaço será substituído por ambientes com amplos e chuveiros excepcionais.

 

Em geral, para todas as categorias, as principais tendências são:
  1. Uso de materiais orgânicos, inalteráveis e naturais
  2. Muito verde, incluindo plantas vivas.
  3. Foco na sustentabilidade
  4. Minimalismo – banheiros menores e com mais privacidade.

E para fechar, coloco abaixo meus 3 banheiros preferidos de hotéis brasileiros:

1) Casa Uxua – Trancoso – Bahia

2) Ponta dos Ganchos, Santa Catarina

3) Casa Marques – Rio de Janeiro

Qual o seu?

==================

Leia também:

Como tornar seu hotel realmente Sustentável

Seu Hotel é Instagramável?

Criatividade levada a sério na Hotelaria

A Era das Mudanças

Quem o vê assim, pedalando no Central Park, não imagina que esse homem de 52 anos se exercita 6 vezes por semana, e acabou de participar do seu primeiro Ironman. Nas horas vagas, acumula o cargo de CEO de uma das maiores redes hoteleiras do mundo.

UntitledQuem já teve a oportunidade de assistir uma palestra de Frits van Paasschen, Diretor Executivo e Presidente da Starwood Hotels & Resorts, sabe porque ele é considerado um dos profissionais hoteleiros mais reconhecidos no mundo. Raramente presenciei alguém apaixonado pelo que faz e com uma visão tão clara do futuro da nossa indústria.

Sempre analisando tendências e fazendo projeções, Frits já havia explicado os motivos e riscos do crescimento do turismo mundial.

Motivos:

1) Aumento da riqueza mundial e consequente inchaço da classe média.

2) Hiperconectividade através da tecnologia.

Riscos:

Nos próximos 5 anos, veremos mais estradas, aeroportos, edifícios e hotéis sendo construídos do que em toda a história.

Portanto, hoje em dia, um hotel de negócios não se destaca somente por ser limpo, confortável e confiável. O que precisamos é superar as expectativas de nossos hóspedes, proporcionando uma experiência personalizada através do impulso da tecnologia.

Qualquer um que compre pela Amazon e passe o tempo no Facebook, sabe o que é personalização.

Então, quanto tempo ainda será preciso para que o hotel onde nos hospedamos várias vezes por ano saiba a temperatura que gostamos no quarto, quais nossos pratos preferidos ou os destinos onde passamos férias?

E ele é enfático sobre os objetivos da empresa: “Na Starwood, percebemos que nossa próxima inovação não pode ser uma coisa física, como uma cama ou um chuveiro, mas serviço e personalização. Porque eu acho que todas as marcas têm que saber o que você quer, e ser capaz de entregar de forma coerente e global.”

“E isso é um desafio assustador, pois temos muitos pontos de contato com nossos clientes. Para tanto, precisaremos mudar a forma de recrutar, de treinar e falar com nossos funcionários”, complementa.

Se pensarmos na definição de luxo, as coisas também mudaram. Hoje, exclusividade e escassez significam coisas muito diferentes.

Impossível sair impassível de um discurso ou texto de Frits.

Como ele mesmo previu, vivemos na Era das Mudanças. Preparado?