Rodeo Drive - ruas a avenidas

Avenidas e ruas mais badaladas do mundo – parte 1

Esqueça a Champs-Élysées. Definitivamente, fuja da Oxford Street. Hollywood Boulevard? Nem pensar. Se seu negócio é caminhar por ruas e avenidas badaladas das principais cidades do planeta, a primeira coisa a fazer, na maioria dos casos, é fugir das mais conhecidas.

No Instagram: @rafaelatborges

Locais como as ruas e avenidas citadas acima, além de algumas outras, são tão conhecidas que se tornaram pontos de turismo de massa. Até têm lojas, restaurantes e algumas importantes atrações da cidade. Mas, lotadas, foram aos poucos perdendo o charme e a sofisticação.

Se você quer explorar ruas e avenidas charmosas e sofisticadas, repletas de lojas e restaurantes badalados, bem como hotéis que valem a visita mesmo para quem não está hospedado, fique de olho nessas dicas.

Nesta primeira parte, vamos explorar três das metrópoles mais badaladas do mundo: Londres, Nova York e Los Angeles. Nos próximos capítulos, confira dicas de Madri, Berlim, Munique, Nova York, São Paulo e Rio de Janeiro, entre outras cidades.

Slone Street e Pall Mall – Londres

A maioria das marcas de alta costura do mundo estão reunidas na charmosa rua de Londres. Ali do lado, na Brompton, você encontra a famosa loja de departamento Harrod’s.

Nos arredores também está a Knightsbridge e os hotéis Mandarin Oriental – com restaurantes de dois dos chefs mais badalados do mundo – e Bulgari.

Mas para desfrutar de cafés com mesinhas nas ruas no verão, e também de restaurantes e bares bastante disputados, uma ótima pedida é a Pall Mall, em St. James Square. Por lá, há ainda os famosos clubes de Londres.

Sloane Street, em Londres

Nos arredores da Pall Mall, o ar é de sofisticação bem londrina, e é mais comum se ver moradores da cidade do que turistas. Nem parece que, logo ao lado, está a turística Piccadilly Circus.

Já na Sloane e Knightsbridge, além de londrinos, o cenário é composto por turistas endinheirados do mundo todo – principalmente da Ásia -, ávidos por compras de luxo.

Montaigne e Saint-Honoré – ruas e avenidas em Paris

É claro que a Champs-Élysées tem seu charme. Mas para ter uma experiência realmente sofisticada em Paris, a visita obrigatória é a Avenue Montaigne. Cafés e restaurantes super charmosos são uma constante por lá, bem como nas ruas que ficam nos arredores.

Por ali, você encontra também o Plaza Athénée, o sofisticado hotel que, entre suas atrações, tem o restaurante de Alain Ducasse.

Montaigne está entre as avenidas mais luxuosas de Paris

Já a Rue Saint-Honoré é a “casa” das grifes sofisticadas. Por lá (e nos arredores), há belíssimas lojas de marcas como Gucci, Alexander McQueen, Chanel e Balenciaga, além de diversos hotéis luxuosos, como o Mandarin Oriental.

O Ritz, um dos hotéis mais famosos do mundo, está logo ao lado, na Place Vendôme. Por ali, vale ainda a visita ao famoso bar Hemingway e ao restaurante Maxims, na Rue Royale. Aproveite para explorar as excelentes lojas de vinhos da região.

Rodeo Drive e Sunset Boulevard – Los Angeles

A Rodeo Drive, em Beverly Hills, embora não tão turística quanto a Hollywood Boulevard, é também bastante famosa. Mas vale a visita à belíssima avenida que foi imortalizada no filme “Uma Linda Mulher”, com Julia Roberts e Richard Gere.

Arborizada e com belíssima arquitetura, reúne todas as marcas de alta costura do mundo. É o paraíso da compras de luxo. Por ali há alguns bons restaurantes, mas tome cuidado com as pegadinhas turísticas, principalmente os do shopping a céu aberto Two Rodeo Drive, que cobram um preço muito alto para o que oferecem.

Esse shopping fica entre a Rodeo Drive e a Wilshire Boulevard, em frente ao hotel de luxo que também foi cenário de “Uma Linda Mulher”. Por ali, vale visitar os jardins de Beverly Hills e as famosas mansões do bairro. Mas, se quiser conhecer as casas dos famosos de Hollywood, terá de ir até a distante Malibu. A maioria está por lá.

Sunset Boulevard, em West Hollywood

A Sunset Boulervard, em West Hollywood, é menos luxuosa, mas muito badalada. O trecho que fica no bairro é repleto de hotéis modernos e sofisticados, com restaurantes da moda e bares rooftop muito disputados no verão.

Outro destaque da Sunset Boulevard são as casas noturnas de diversos tipos. Há as especializadas em música eletrônica e as que são sede de shows, da comédia ao rock. Algumas bandas californianas hoje muito famosas foram reveladas em clubes como o Whisky a Go-Go.

GP de Mônaco

maio é mês de grandes eventos na frança – programe-se para 2021

A primeira metade do ano de 2020 já acabou para quem tinha planos de viajar a turismo. Essas viagens não vão rolar. Por isso, a hora é de já começar a pensar em projetos para o primeiro semestre de 2021, se aproveitar a primavera e o início do verão no hemisfério norte for o objetivo. E, para quem gosta de badalação, grandes eventos e figuras notáveis em diversas áreas da cultura e esporte, a França em maio é uma ótima pedida.

No Instagram: @rafaelatborges

Especialmente o sul da França, mas com uma escala na boa e velha Paris. Em maio ocorrem três dos eventos mais legais da primavera europeia: Festival de Cinema de Cannes, Grande Prêmio de Mônaco e torneio de Roland Garros.

A temporada dos eventos franceses começa em Cannes, no sul da França. Por lá, estrelas do cinema de várias nacionalidades se reúnem para o mais cultuado evento de filmes do mundo.

Festival de Cannes

Em 2020 o festival – adiado, mas ainda não cancelado – estava previsto para ocorrer de 12 a 23 de março.

Nos dias do festival, a nata do cinema mundial (atrizes, atores, diretores, roteiristas) e também de outras áreas, como a música, se reúne em diversos locais de Cannes para estreias de filmes, palestras e festas, muitas festas. Uma parte relevante da programação ocorre no Palais des Festivais, na principal avenida da cidade.

Quem percorre as imediações do centro de convenções corre um sério “risco” de topar com um grande ídolo do mundo das artes.

GRANDE PRÊMIO DE MÔNACO

De Cannes, parte da classe artística parte para Mônaco, onde a corrida mais tradicional e charmosa da Fórmula 1 ocorre, geralmente, no fim de semana de encerramento do festival. Diferentemente do evento de cinema, a prova deste ano não foi adiada, e sim cancelada. A F1 só volta para Mônaco em 2021.

Pessoas assistem a corrida dos morros que circundam a cidade, e também do alto de alguns pontos turísticos

Ir ao GP de Mônaco é um programa fantástico até para quem não gosta de automobilismo. O que ocorre na pista, na verdade, fica em segundo plano diante da pulsação eletrizante da cidade.

Apesar da aura de glamour, o GP de Mônaco é dos mais democráticos do calendário. Quem quer ver a corrida sem pagar os caríssimos ingressos encontra um bom lugar, gratuito, nos morros que circundam a cidade. Estão sempre cheios.

Além disso, apesar das diversas festas fechadas cheias de VIPs do jet set internacional, há também as festas nas ruas. Após as atividades em pista, as ruas do principado são invadidas por DJs, e a badalação rola solta até o raiar do sol do dia seguinte.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

Claro que o GP de Mônaco e o Festival de Cannes são bons pretextos para conhecer a bela Riviera Francesa na primavera. Em maio, as temperaturas já são altas, mas não tanto quanto no verão. Dá para bater perna sem sofrer com o calor intenso, mas também para aproveitar dias nas lindas praias com mar de águas cristalinas da região.

Um guia completo com tudo o que fazer na Riviera Francesa será publicado aqui em breve. Mas, se o seu objetivo já é começar o planejamento, o melhor local para se hospedar na Côte D’Azur em maio é Nice.

LEIA TAMBÉM

Esqueça Cannes e Mônaco. Por causa dos eventos, dificilmente você encontrará hospedagem nesses locais. E, se encontrar, será com preços muito inflacionados.

Em Nice, há também a vantagem do excelente serviço de trem. Dá para usar esse meio de transporte para chegar a Mônaco, Cannes e outras cidades da região.

Se alugar um carro não é sua ideia – embora seja uma escolha acertada, pois é bacana fazer uma road trip pela Riviera Francesa -, Nice é sem dúvidas sua base.

ROLAND GARROS

Visitada a Riviera Francesa, é hora de pegar um TGV ou avião para Paris. Se estiver de carro, pare em Lyon, para conhecer uma das principais capitais gastronômicas do mundo.

Também cancelado em 2020, o torneio de tênis de Roland Garros é um dos mais charmosos do calendário. Segundo Grand Slam do ano, reúne os maiores tenistas da atualidade.

Disputado no saibro, o torneio é bem mais democrático que o aristocrático Wimbledon, um mês depois na Inglaterra. Com boa antecedência, dá para comprar ingressos a preços acessíveis para conferir jogos nas quadras principais – inclusive para as finais, algo quase impassível no torneio britânico.