O Hotel Palácio Crillon reabre suas portas

Após mais de quatro anos em obras, a jóia da arquitetura do século XVIII, símbolo do luxo francês, realizada pelo famoso Ange-Jacques Gabriel, finalmente reabriu suas portas dia 5 de julho.  Ange-Jacques Gabriel? Ange-Jacques Gabriel (1698-1782) foi neto do arquiteto Jacques Gabriel (1630-1686), filho do arquiteto Jacques V Gabriel (1667-1742) e como seu pai, primeiro arquiteto do rei. Sob ordens de Luís XV, ele realizou, entre outras obras, o Petit Trianon em Versalhes, a Escola Militar de Paris, além da magnífica Praça da Concordia, situada bem em frente ao igualmente admirável Hotel Crillon.

Agora pertencente a um príncipe saudita, o estabelecimento será operado pelo grupo de Resorts e Hotéis de Rosewood e terá em seu comando o especialista da hotelaria de luxo Marc Peroryctes.

Antiga casa do Conde de Crillon, transformada em Hotel dos Viajantes em 1909, o Hotel Palácio Crillon ganhou, entre outras novidades, um segundo subsolo dotado de um moderníssimo SPA e Piscina.

Dentre as 33 suítes, 10 foram ‘assinadas’ por grandes estrelas do luxo. Karl Lagerfeld, notório apaixonado pela arquitetura do séc. XVIII e outros criadores participaram da decoração do Palácio que conta com 124 quartos.

Na cozinha a qualidade será garantida pela presença de Machado de Christopher. O renomado chefe retorna ao Crillon, casa onde já recebeu em 2011 sua primeira estrela no Michelin.

A campanha que precedeu abertura do hotel foi surpreendente e misteriosa com o hashtags #10iscoming pintados aqui e ali na região da Ópera e notícias nas redes sociais. Siga o link abaixo para conhecer o mais novo Hotel Crillon de Paris ou o hashtag #10iscoming

 Galeria Fotos – site Hotel Crillon

Para aqueles que não ficarão no Crillon resta o consolo: com o final das obras no hotel, a Praça da Concordia e seu conjunto arquitetônico estão lindos.  

Praça da Concordia, ao fundo Hotel Crillon e ex prédio da Marina, ambos de Ange-Jacques
foto wiki GIRAUD Patrick

 

 

Quartel pegando fogo e todo mundo feliz!

Se o mês de dezembro não fosse tão encantador com suas luzes e brilho natalino; se o mês de agosto não fosse o melhor mês para andar de bicicletas na cidade luz; se o mês de junho não fosse tão impressionante como o Paris Air Show que nele acontece; se o mês de maio não fosse um mês tão colorido com a chegada da primavera; ou fevereiro tão alegremente movimentado com a Fashion Week; enfim, se cada mês parisiense não tivesse seus atrativos espetaculares, diria que julho é o melhor mês para se visitar Paris.

Apresentação Rafale, Paris Air Show junho 2017

Por quê? Está calor , as férias escolares começaram e como todos os anos neste momento, a cidade ganha um ar de festa. Uns buscam seu lugar ao sol, outros sombra e água fresca.

Mas não somente o sol e o céu azul ditam o ritmo de festa da cidade. As tradicionais liquidações de julho movimentam a população local que aguarda ansiosa este momento e os bons preços para colocar o guarda-roupa em dia.  Seja por necessidade de economizar ou prazer em comprar, as liquidações fazem parte da agenda de francês.  Abaixo cenas das liquidações de janeiro na Avenue Montaigne. Como você pode ver, alguns turistas descobriram as vantagens do evento.

turistas na Avenue MontaignE
  • Paris Plage começa dia 8 de julho. Música, dança, esportes, animações e descanso a beira d’água embelezam e agitam as margens do Rio Sena durante os próximos dois meses. Anúncios da prefeitura avisam que este ano os esportes olímpicos serão prestigiados e estarão presentes.
Paris Plage

Além disso, a festa do dia 14 de julho, comemoração da queda da Bastilha, promete! Não, não por causa da visita simultânea de Donald Trump.

  • Dia 13 começam as festividades. Os inúmeros Bailes dos Bombeiros, realizados nos quartéis através da cidade, são as festas mais surpreendentes que já vi. No fim de tarde o ambiente é familiar, idosos e crianças ocupam o espaço bebendo e ouvindo música, servidos e “protegidos” por membros das tropas. À noite, surpresa: o quartel “pega fogo”. E eu, que pensava que bombeiro era “tudo” santinho?! Que balada! Só vendo para crer!
Blog Lisa Anselmo mostra Baile dos Bombeiros
  • Dia 14 o desfile garante ser impressionante, para quem não estiver de ressaca da festa do dia anterior. A passagem das tropas de elite das Forças Armadas atrai milhares de pessoas todo ano ao Champs Elysées. Mesmo para quem não gosta de desfiles e armamento, a passagem das Forças Aéreas é de arrepiar qualquer cidadão. Tenho certeza que Macron está fazendo todo esforço possível para impressionar o Trump neste dia. Quem estiver por aqui poderá presenciar o momento histórico.
Patrulha acrobática da França
  • O ponto culminante das festividades acontece à noite, na hora dos fogos de artifício na Torre Eiffel.  A partir das margens do Rio Sena vê se o mais bonito espetáculo de fogos de artifício do planeta. Não vou anexar meu CV, mas confie, vi muitos shows e competições internacionais de fogos de artifício. Nunca vi nada igual.
Champs de Mars, Trocadero 14 de julho

Compras, eventos, festas, são algumas das inúmeras atrações da cidade em julho. São tantas as atividades que quase esquecemos: Paris, qualquer mês do ano, sempre vale a pena!

Feliz mês de julho querido (a) leitor(a)!