Governança Corporativa: Abracorp revê conceitos e ajusta princípios

Rubens Schwartzmann*

Quando da instituição da Abracorp, há sete anos, a consultoria Deloitte estabeleceu parâmetros fundamentais para garantir o bom funcionamento da entidade. Um deles, o Planejamento Estratégico, foi revisado pela KPMG, com o envolvimento das associadas, clientes e fornecedores da indústria de viagens corporativas. Um trabalho de fôlego, para oxigenar e melhorar o desempenho da gestão Abracorp.

No final de abril, durante a reunião mensal da entidade, tivemos a presença de um consultor do IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa) Carlos Alberto Ercolin, professor de Governança Corporativa em cursos de pós-graduação. Com sua larga experiência, o convidado apresentou panorama geral do tema, quando salientou que “governança corporativa é o sistema pelo qual as organizações são dirigidas, monitoradas e incentivadas. Envolve os relacionamentos entre sócios, conselho de administração, diretoria, órgãos de fiscalização/controle e demais partes interessadas”.

Acrescentou que “as boas práticas de governança corporativa convertem princípios básicos em recomendações objetivas. Alinha interesses para preservar e otimizar o valor econômico de longo prazo da organização. Facilita o acesso a recursos e contribui para a qualidade da gestão, sua longevidade e o bem comum”. Transparência, Equidade, Prestação de Contas e Responsabilidade Corporativa são os princípios básicos.

Discorreu sobre a importância e benefícios da governança corporativa e, também, dos fatores inibidores que geram prejuízos ao sistema. Com base nos conteúdos da palestra, a direção executiva da Abracorp vem conduzindo trabalho com os associados, que será a base de um documento estabelecedor dos princípios de valor inseridos no código de ética que parametriza a relação entre as TMCs e o mercado. E as melhores práticas que devem orientar nossa atividade.

Para fechar, divulgamos no início de abril resultado da pesquisa de vendas das associadas Abracorp no 1º trimestre do ano, em comparação com o mesmo período de 2016. O crescimento geral, em faturamento, de 10,2%, somou-se ao desempenho positivo das viagens corporativas no aéreo nacional e internacional. Todas as tabelas e gráficos da pesquisa já estão disponíveis no portal da Abracorp.

Carlos Alberto Ercolin, consultor do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa: palestrante convidado pela Abracorp

 

*Rubens Schwartzmann é diretor da Costa Brava Turismo e presidente do Conselho de Administração da Abracorp

Postagens relacionadas

Published by

Rubens Schwartzmann

Executivo formado em Administração de empresas, pós-graduado em Business Administration pelo Insper, possui mais de 15 anos de experiência desenvolvida no segmento de viagens corporativas, lazer e eventos. Atualmente é sócio e diretor geral da Costa Brava Turismo. Fascinado pela disseminação do conhecimento e do desenvolvimento da indústria, é o presidente do Conselho de Administração da Abracorp (Associação Brasileira de Agências Corporativas); atuou como vice-presidente do Campinas Convention & Visitors Bureau no biênio de 2013 e 2014 e é membro fundador do comitê Young Business Affairs da Amcham.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *