GESTÃO DE CARREIRA EM TEMPOS DE CRISE

Nesses tempos difíceis, de negócios escassos e emprego sumindo, há quem perca o humor por qualquer coisa, mas vou compartilhar algumas analogias com a sabedoria popular para serem consideradas no planejamento de carreira em 2016.

Poderão parecer piada para muitos (e são mesmo), mas valerá a reflexão para outros tantos.

Portanto, leia e reflita (ou leia e divirta-se)…

1o. caso: O leão e a zebra

Na selva, todas as manhãs a zebra acorda sabendo que deverá conseguir correr mais do que o leão se quiser continuar viva.

Todas as manhãs, o leão acorda sabendo que deverá correr mais do que a zebra se não quiser morrer de fome.

Conclusão: Não faz diferença se você é zebra ou leão, quando o sol nascer você deve começar a correr.

2o. caso: O padre e a freira

Um padre está dirigindo por uma estrada quando vê uma freira em pé no acostamento.

Ele imediatamente para seu carro e oferece uma carona, que a freira agradece e aceita.

Ao sentar no carro ao lado do padre, a freira, jovem e bonita, cruza as pernas despretensiosamente.

O padre se descontrola e quase bate o carro, mad não resiste a flertar com a freira e arrisca a colocar a mão em seu joelho…

A freira olha para ele e diz, num tom sereno:

– Padre, lembre-se do Salmo 129 !

O padre, sem graça, se desculpa e volta a olhar para a estrada, concentrando-se na direção do carro e diz:

– Desculpe Irmã, a carne é fraca, perdoe-me…

A freira então repete, agora em tom de alerta:

– Padre, lembre-se do Salmo 129 !

Chegando ao seu destino, a freira agradece e, com um sorriso enigmático, desce do carro e entra no convento.

Assim que chega à igreja, o padre corre para as Escrituras para ler o Salmo 129, que diz: “Vá em frente, persista, mais acima encontrarás a glória do paraíso”.

Conclusão: Se você não está bem informado sobre o seu trabalho, você perderá excelentes oportunidades.

3o. caso: A coruja e o coelho

Uma coruja está no alto de uma árvore, que está no alto de uma montanha, e passa o dia observando o cenário, refletindo profundamente, aparentemente imóvel, mas com o olhar atento a tudo à sua volta, com pose de estrategista.

Um coelho olha lá de baixo e pergunta:

– Eu posso ficar como você, sem fazer nada o dia inteiro?

A coruja responde:

– Se você acha que pode, por que não?

O coelho senta no chão embaixo da árvore e relaxa, tentando imitar o que pensa enxergar no comportamento da coruja.

De repente, uma raposa aparece do nada e come o coelho.

Conclusão: Para ficar sentado, aparentemente sem fazer nada, você deve estar no topo.

4o. caso: O gerente e os funcionários

O gerente de uma empresa vai almoçar com dois funcionários e, na rua, encontram uma antiga lâmpada mágica.

Os três esfregam juntos a lâmpada até que um gênio sai de dentro dela e diz:

– Concederei 3 desejos, um a cada um de vocês!

– Eu primeiro, eu primeiro, grita um dos funcionários! Eu quero estar numa praia do Caribe, com uma namorada linda, cerveja à vontade, sem ter nenhuma preocupação na vida!

Puff !!! E ele se foi…

O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido:

– Eu quero estar no Havaí, sem nenhuma obrigação a fazer, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pina coladas!

Puff !!! E ele também foi…

Agora você, diz o gênio para o gerente.

– Eu quero aqueles dois folgados de volta ao escritório, logo depois do almoço, para uma reunião!

Conclusão: Deixe sempre o seu chefe falar primeiro.

5o. caso: O fazendeiro e as moças

Um fazendeiro segue para colher frutas em sua propriedade.

No caminho para o pomar, ouve vozes femininas ao passar próximo a um lago e, ao se aproximar, observa 5 belas garotas nuas nadando na beira do lago.

Quando elas percebem a sua presença, nadam até a parte mais profunda do lago e gritam:

– Nós não vamos sair daqui enquanto você não for embora.

O fazendeiro responde:

– Fiquem tranquilas, eu não vim aqui para espiar vocês, eu só vim alimentar os jacarés…

Conclusão: A criatividade é o que faz a diferença se desejamos atingir nossos objetivos rapidamente.

.

Obs.: Temos muito o que fazer para recuperar o estrago que o atual governo fez com o Brasil, mas não devemos abdicar do humor, sob risco de perdermos nossa capacidade de autoanálise, nossa autocrítica…

Bom fim de semana a todos !

.

Published by

Luís Vabo

Entusiasta da inovação, do empreendedorismo e da alta performance, adepto da vida saudável, dos amigos e da família, obstinado, voluntário, esportista, apaixonado e exagerado.💲Presidente do Reserve ✈️ Sócio da Solid 🚁 Sócio da MyView 🔌 Sócio do Ligaí VP da Abracorp e da ABAV Nacional.

29 thoughts on “GESTÃO DE CARREIRA EM TEMPOS DE CRISE

  1. Com toda certeza Lúis.

    E como você bem disse: “mas não devemos abdicar do humor, sob risco de perdermos nossa capacidade de autoanálise, nossa autocrítica”.

    Você encontrou uma maneira muito simples e criativa para propor as reflexões… Show!

  2. Com toda certeza Lúis.

    E como você bem disse: “mas não devemos abdicar do humor, sob risco de perdermos nossa capacidade de autoanálise, nossa autocrítica”.

    Você encontrou uma maneira muito simples e criativa para propor as reflexões… Show!

  3. Com toda certeza Lúis.

    E como você bem disse: “mas não devemos abdicar do humor, sob risco de perdermos nossa capacidade de autoanálise, nossa autocrítica”.

    Você encontrou uma maneira muito simples e criativa para propor as reflexões… Show!

    1. Oi, Silvia,

      Usualmente abordo temas sérios por aqui, mas resolvi ir na contra-mão do atual espírito baixo-astral do brasileiro e fazer um pouco de humor.

      Obrigado por comentar.

      []’s

      Luís Vabo

    1. Oi, Silvia,

      Usualmente abordo temas sérios por aqui, mas resolvi ir na contra-mão do atual espírito baixo-astral do brasileiro e fazer um pouco de humor.

      Obrigado por comentar.

      []’s

      Luís Vabo

    1. Oi, Silvia,

      Usualmente abordo temas sérios por aqui, mas resolvi ir na contra-mão do atual espírito baixo-astral do brasileiro e fazer um pouco de humor.

      Obrigado por comentar.

      []’s

      Luís Vabo

  4. Ai como eu ri, Vabo… rsrs
    Seu texto me fez perceber, que estou no caminho certo! Bom humor sempre, porque com a crise que estamos enfrentando, de cara amarrada fica bem pior!
    Obrigada pela leveza, diante de um cenário tão cético… Vai render reflexão para o dia todo por aqui.
    Um abraço e que venha 2016!

  5. Ai como eu ri, Vabo… rsrs
    Seu texto me fez perceber, que estou no caminho certo! Bom humor sempre, porque com a crise que estamos enfrentando, de cara amarrada fica bem pior!
    Obrigada pela leveza, diante de um cenário tão cético… Vai render reflexão para o dia todo por aqui.
    Um abraço e que venha 2016!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *