3 Tecnologias indispensáveis para Hotéis

Quando olhamos para a hotelaria hoje, vemos 2 coisas:

  1. Consolidação em grande escala.
  2. As recentes “Guerras das Reserva Diretas”

E esses dois eventos tem o potencial de mudar a paisagem da tecnologia na nossa indústria, sugerindo que as marcas devem manter o foco em 3 coisas relacionadas à tecnologia, e APENAS 3 coisas:

  1. Distribuição (CRS e Channels)

  2. CRM (O Cliente)

  3. Precificação / Revenue Management (o que oferecer e quanto cobrar)

Deixe todo o resto para a lista de ‘não prioridade’.

Quando se trata de tecnologia, é melhor fazer menos coisas bem feitas, do que muitas de forma medíocre.

Captura de Tela 2016-07-12 às 01.02.04

E por último, se você faz parte de uma marca, com diversos hotéis para administrar, invista seu tempo e dinheiro na interação entre os sistemas.

O que mais você acrescentaria como investimento importante para a hotelaria atual?

==================

Leia também:

“Hotel é Commodity”

O Futuro da Hotelaria

A Sensação dos iPads

Published by

Gabriela Otto

Com mais 20 anos de hotelaria, Gabriela Otto já trabalhou nas redes Plaza, Caesar Park, Intercontinental, Sofitel e Worldhotels. Atualmente, é proprietária da GO Consultoria, Presidente da HSMai Brasil, Professora da Educação Executiva da ESPM, Leader Coach pela Soc.Bras. de Coaching, Board Member da WTM Brasil, Embaixadora de Conteúdo da Equipotel, Head de Fóruns da GoNext Governança e Sucessão, além de palestrante, blogueira e articulista.

5 thoughts on “3 Tecnologias indispensáveis para Hotéis

  1. Perfeito, Gabriela!
    Percebo que a hotelaria de maneira geral tem certa resistência em investir em tecnologia. Isso ajuda a manter esse aspecto “caseiro” e pouco prático.
    A integração é indispensável. Na implantação na qual estou trabalhando no momento esse foi um item indiscutível. Estamos considerando as ferramentas apresentadas nesse artigo, e serão muito úteis.
    Nesse momento o que me ocorre é a questão atual com as OTA’s. Eles são excelentes com tecnologia e integração e tem muito a ensinar a hotelaria. Resta saber quem está disposto a aprender.

    1. Ótimo comentário, Daudier!
      Integração e disposição para aprender sem dúvida fazem toda a diferença.
      O mais importante é não tirar o foco do cliente, proporcionando acessibilidade e rapidez no processo de compra.
      Continue o bom trabalho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *