Paris (finalmente) Wi-Fi

Paris, que parecia tão atrasada quanto à tecnologia wi-fi em hotéis e restaurantes, voltou a ganhar terreno na “corrida ao futuro” da Humanidade.

Há muito tempo é possível conectar-se em parques e jardins públicos da cidade, mas levando o acesso Wi-Fi a pontos centrais como o Champs Elysées, Paris resolve um problema de peso para seus turistas. Agora, habitantes e visitantes podem se conectar e até mesmo carregar seus celulares enquanto desfrutam da cidade.

Atualmente, Paris intra-muros dispõe de 260 pontos de acessos Wi – Fi.

De fato, a cada dia novidades lembram que ( como costumo dizer) Paris sempre foi a capital da modernidade através dos tempos. Além da vasta rede Wi-Fi, as paradas de ônibus da cidade começaram a ser equipadas com tomadas USB para recarga de bateria de celulares, sem esquecer das ecológicas e divertidas “We-bikes” encontradas em estações de trem, aeroportos e certas áreas de lazer.

Como se conectar na rede Paris Wi – Fi

  1. Busque a sinalização com logotipo Paris Wi – Fi. As instalações municipais equipadas com um ponto de acesso Wi – Fi tem sinais facilmente identificáveis. O logo indica que você está em uma área denominada Oásis Paris Wi – Fi.
  2. Ligue seu laptop, pad ou smartphone e selecione a rede PARIS_WI-FI
  3. Abra seu navegador Internet usual e digite o endereço de qualquer site. Você será automaticamente redirecionado para o portal de acesso. Uma vez na página inicial do serviço, preencha o formulário, aceite as condições gerais de utilização do serviço clicando a caixa de seleção. Em seguida, clique em “Connect”.
  4. Pronto, você pode navegar livremente na Internet, postar suas fotos, responder seus e-mails, consultar seu WhatsApp, enviar e receber e-mails…

Atenção:

  • Cada sessão dura 2 horas e é renovável sem condições especiais, basta repetir o processo de conexão.

Siga o link para ver os pontos de acesso Paris Wi-Fi : Mapa Paris Wi-Fi

 

Published by

Silvia Helena

Após breves passagens pela Faculdade Metodista de São Bernardo e Belas Artes de São Paulo, aos 18 anos fui estudar no Canadá, onde vivi durante 23 anos. Lá me formei em História da Arte pela Universidade de Montréal, estudei turismo no Collège Lasalle de Montréal e no Institut de Tourisme et Hôtellerie du Québec. Comecei minha carreira na área trabalhando em Cuba. Durante os anos vividos no Canadá, entre outras coisas, fui guia de circuitos pela costa leste e abri minha primeira agência de receptivo para brasileiros. Há dez anos um vento forte bateu nas velas da minha vida me conduzindo até França. Atualmente escrevo de Paris, onde vivo e trabalho dirigindo a empresa de receptivo, a Holatour.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *