Como vamos em 2011 ?

Dados rápidos para acompanhar como está o desempenho do turismo no mundo e no Brasil indicam a recuperação e o crescimento do setor.

Segundo a OMT, as chegadas internacionais cresceram 5% nos dois primeiros meses de 2011, com destaque para a América do Sul, que cresceu 15%. No Brasil, dados do Ministério do Turismo e da INFRAERO apontam o crescimento de janeiro a mais nos desembarques domésticos de 20,39% e nos desembarques internacionais de 20,32%.

As receitas com os gastos dos turistas em 2010 cresceram 4,7% no mundo, enquanto no Brasil somente as divisas cresceram 11,6 %. Observamos que o ritmo mundial de crescimento de número de passageiros é muito parecido com o crescimento das divisas, o que não ocorre no Brasil. Como somos um destino de longa distância, a média de crescimento das receitas é muito superior ao número de pessoas, quase quatro vezes maior.

Em 2011, até maio, a média de crescimento das receitas no Brasil é de 14,33%, sendo maio o melhor mês, com 33% mais de entrada de dólares.

O gasto dos brasileiros no exterior, até maio, cresceu em média 45%. O turismo é o quinto item da pauta de exportações do Brasil, tendo portanto, numa economia tão diversificada, um papel importante para o desenvolvimento do país. Mais competitividade é fundamental para atrair mais visitantes, que fiquem mais tempo e gastem mais em nosso país.

Contraditório, pois quanto mais dólares ajudamos a trazer, também acabamos contribuindo para a valorização cambial; variável crucial em nosso negócio.

Published by

Jeanine Pires

Professora e empresária, tem 19 anos de experiência em turismo e eventos. Diretora da Pires & Associados e da MATCHER Travel Business.Suas principais atividades são a realização de Planos de Marketing de Destinos Turísticos e palestras no Brasil e no exterior. Presidiu a EMBRATUR de 2006 a 2010, onde também foi Diretora de Turismo de Negócios e Eventos. Liderou o trabalho de promoção do Brasil como destino turístico no exterior, os programas de captação de eventos internacionais e a agenda de promoção do Brasil de 2003 a 2010. Participou da elaboração do Plano Aquarela - Marketing Turístico Internacional do Brasil em 2005 e também coordenou sua versão para 2020. Nos Convention & Visitors Bureaux de Maceió e Recife como diretora executiva, desenvolveu os programas de marketing de lazer e eventos para aquelas cidades entre 1997 a 2002. Esse blog reflete opiniões pessoais e não tem qualquer vínculo institucional

One thought on “Como vamos em 2011 ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *