Propostas dos empresários para os candidatos à presidência

 

 

 

 

 

 

 

 

Mostrando o valor do Turismo como fator importante para o crescimento econômico, o Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur)/ CNC produziu um documento que objetiva lançar propostas para impulsionar a indústria do turismo no Brasil. Em sua introdução, o texto, encaminhando aos presidenciáveis de 2018, exibe dados financeiros que evidenciam o reflexo do turismo na economia brasileira e mostram o cenário atual do setor.

Ainda no início é abordada a relação entre a iniciativa privada e as políticas públicas, e como o desequilíbrio entre esses dois polos pode interferir consideravelmente no desenvolvimento da área. São apontadas, também, as deficiências causadas por diversos problemas enfrentados dentro do segmento, como a falta de infraestrura e outros desafios que demandam a cooperação entre os setores públicos e privados. E são elencadas iniciativas para impactar positivamente o mercado turístico no Brasil, com a finalidade de promover uma harmonia e conectividade maior entre esses dois setores.

As propostas para desenvolver o turismo foram divididas em cinco pilares de ação: infraestrutura; promoção; segurança jurídica; competitividade; gestão e monitoramento. Cada um desses pilares agrupa um conjunto de projetos de crescimento. E entre eles estão: criar uma política nacional e permanente de sinalização turística, ampliar e garantir maior eficiência do setor de transportes, fortalecer a Marca Brasil e desenvolver estratégias para captação de turistas estrangeiros, regulamentar o uso de plataformas digitais na comercialização de serviços e produtos de turismo, garantir uma estrutura adequada de governança e incentivar os projetos de cooperação regional.

(Veja o documento completo aqui: https://bit.ly/2LmqabM)

Postagens relacionadas

Published by

Jeanine Pires

Professora e empresária, tem 19 anos de experiência em turismo e eventos. Diretora da Pires & Associados e da MATCHER Travel Business.Suas principais atividades são a realização de Planos de Marketing de Destinos Turísticos e palestras no Brasil e no exterior. Presidiu a EMBRATUR de 2006 a 2010, onde também foi Diretora de Turismo de Negócios e Eventos. Liderou o trabalho de promoção do Brasil como destino turístico no exterior, os programas de captação de eventos internacionais e a agenda de promoção do Brasil de 2003 a 2010. Participou da elaboração do Plano Aquarela - Marketing Turístico Internacional do Brasil em 2005 e também coordenou sua versão para 2020. Nos Convention & Visitors Bureaux de Maceió e Recife como diretora executiva, desenvolveu os programas de marketing de lazer e eventos para aquelas cidades entre 1997 a 2002. Esse blog reflete opiniões pessoais e não tem qualquer vínculo institucional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *