Carta Aberta de um Y para os Hotéis

“Caros Hotéis,

Como membro da geração Y (ou Millenials), não consigo entender porque não posso tomar café da manhã às 15:00 horas. Acha um absurdo? Pra mim é normal.

Sabe o que mais? Minha paciência é “zero” para sites que não abrem instantaneamente ou não funcionam corretamente no meu smartphone.

Peço desculpas pelas palavras, mas minhas expectativas são altas.

Faço parte dos nativos digitais, nasci entre 1980 e 1995 e, em algum momento durante o milésimo jogo de vídeo game, essa destreza digital passou a ser inerente a minha natureza. Por isso, quando chego até seu site e ele não é amigável, não consigo ver boas imagens ou saber o que serve em seu restaurante, isso me deixa extremamente frustrado. Estou procurando ofertas especiais, informações sobre atrações locais interessantes e fotos vibrantes. 

Consigo fazer muitas coisas enquanto estou no celular, ele faz parte do meu dia a dia mais do que você imagina. Andar a pé? Celular. Comer? Celular. Cadeira do dentista? Sim, celular.

Portanto, quando planejo viagens, pode apostar que a jornada começa com meu smartphone, assim como para os outros 79 milhões da minha geração.

Gostamos de viajar e gastar mais do que os Boomers e a Geração X. Vamos superar esses caras até 2030!

De acordo com estudos, vocês têm apenas 4 segundos para capturar um usuário online, mas isso soa uma eternidade para mim. Em média, entro em pelo menos 10 sites diferentes antes de reservar online.

Ajudem-me a ajudá-los!

Além de pular seu site caso ele não seja rápido e abra com perfeição em todos meus dispositivos, nem pense em deixar conteúdo desatualizado. Não quero saber do prêmio que você ganhou em 2010. Estamos em 2014, tudo mudou!

Outra coisa: seja capaz de trabalhar com reservas de última hora. Reservo hotéis 18 dias mais tarde do que viajantes mais velhos. De acordo com Orbitz e Travelocity, mais de 60% das reservas feitas por smartphone acontecem em até 24 horas antes do check-in.

E sua presença nas redes sociais deve incluir pelo menos o Facebook, para eu ter certeza que você existe. Sou fiel às marcas, e 63% dos jovens da minha geração quer se comunicar com elas pelas redes sociais. Se gostarmos de você, vamos compartilhá-lo. De nada!

Não nos ignore depois do check-out. Mantenha o ritmo com a tecnologia.

Espero falar ‘Nossa!’ pelas razões certas na próxima vez que visitar o seu site!”

O texto acima foi um jeito inovador da Buuteeq promover seu negócio de marketing digital na nuvem para hotéis.

Obs.: Em tempo, isso não é uma propaganda da empresa, mas somente um exemplo dos dois fatores essenciais na comunicação hoje em dia: criatividade e conteúdo. Preparado?

 

Published by

Gabriela Otto

Gabriela é formada em Comunicação Social pela PUC/RS, Pós em Marketing pela ESPM, MBA Executivo pela FAAP/SP, Leader Coach (Personal e Professional) pela Sociedade Bras. de Coaching, além de inúmeros cursos de qualificação profissional, incluindo 2 certificações internacionais como Leadership Development Trainer e Business Impact Leadership Facilitator.

3 thoughts on “Carta Aberta de um Y para os Hotéis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *