Impacto do Terrorismo nos Hotéis da Europa

Em estudo recente da STR, a média para que a indústria hoteleira se estabilize após um ataque terrorista é aproximadamente 3 meses.

O impacto geralmente acontece sobre a ocupação, e nem tanto na diária média.

Normalmente os hoteleiros de algumas localidades, como Londres e Bruxelas, não baixaram tarifas, pois entendem que os turistas tendem a evitar o destino independente do preço.
01

Madrid 2004 – explosões no trem em 11 de Março

Resultados nos 3 meses seguintes:

  • Diária Média – queda de 7,4% no mês seguinte, e 13,5% nos 3 meses seguintes.
  • Ocupação – queda de 12,7%, 7,2% e 7,5% respectivamente. Ainda em Julho, caiu 5,5%.

Londres 2005 – ataques de 7 de julho sobre o sistema de trânsito.

Resultados nos 3 meses seguintes:

  • Diária Média – aumento de 3,2%
  • Ocupação – queda de 15,1%, 5,2% e 1,9% nos 3 meses subsequentes, antes de subir 1% no 4º mês.

Paris 2015 – ataques em 13 de novembro

Resultados nos 3 meses seguintes:

  • Diária Média – queda de 1,8%, e recuperação em Março/16, chegando a queda de apenas 0,4%
  • Ocupação – queda de 13,1% no 3 meses seguintes, e 4,8% no 4º mês.

O declínio de RevPAR (Receita por Apto. Disponível) no período foi de 5,2%, mas mercado está agora em recuperação.

Bruxelas 2016 – ataques de 22 de Março, mas os números abaixo indicam que o impacto de Paris já estava sendo sentido por sua hotelaria:

  • Diária Média – se manteve positiva – aumentando 1,1%
  • Ocupação – queda de 19,6% (após Paris)

Mas dia 28 de Março, segunda-feira depois da Páscoa, Bruxelas experimentou o seu menor nível de ocupação, -72,6% (6 dias após o atentado).

A STR deixou claro que ainda é cedo para fazer a análise sobre Bruxelas, mas com certeza ainda precisará de alguns meses para voltar ao patamar normal.

=============

Leia também:

As 12 Regras do Líder Hoteleiro

Paradigmas de RM que precisam morrer

Como lidar com a nova realidade da distribuição

Published by

Gabriela Otto

Gabriela é formada em Comunicação Social pela PUC/RS, Pós em Marketing pela ESPM, MBA Executivo pela FAAP/SP, Leader Coach (Personal e Professional) pela Sociedade Bras. de Coaching, além de inúmeros cursos de qualificação profissional, incluindo 2 certificações internacionais como Leadership Development Trainer e Business Impact Leadership Facilitator.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *