Galera, não conte para ninguém

Paris é a “Cidade Glamour” por excelência. Aliás, fiquei muito feliz em vê-la entre as dez cidades mais visitadas do mundo. Efetivamente, milhares de pessoas vêm aqui atraídas pelos inúmeros monumentos históricos, tais como a Torre Eiffel, a Notre-Dame ou o Louvre, mas vêm também seduzidas pelo luxo e beleza característicos da cidade luz. Assim seja.

Por isso, não conte para ninguém o que vou anunciar agora: Descobri a existência de um camping em Paris. Você não acredita? Sim, há um camping na cidade mais elegante do mundo! E vou dizer mais, o camping está localizado no Bosque de Boulogne, ao lado do chiquérrimo bairro de Neuilly! Pode?

É isso ai! O camping Indigo está às margens do Rio Sena em uma zona completamente arborizada e tranquila da cidade. As áreas comuns foram recentemente renovadas e oferecem um restaurante, um terraço, um salão social , quadra de jogos e um “point” para aluguel de bicicletas.

Caso o visitante não “curta” trazer a barraca nas costas, o camping oferece 3 diferentes tipos de alojamentos:

  • cômodas barracas de lona, pré-montadas sobre tablados de madeira, podendo acolher até 5 pessoas custam entre 81 e 102€ a noite segundo a temporada;
  • simpáticos trailers, estilo carroça cigana, podendo acolher até 4 pessoas custam entre 89 e 134€;
  • ou confortabilíssimos  bangalôs para um número máximo de 6 pessoas podem ser alugados entre 94 e 160€ a noite.

Pensando bem, pode espalhar a notícia sim moçada. Afinal, “fala sério”, até acampar em Paris é “top”!

Beijos e boa semana querido(a) leitor (a),

 

Published by

Silvia Helena

Após breves passagens pela Faculdade Metodista de São Bernardo e Belas Artes de São Paulo, aos 18 anos fui estudar no Canadá, onde vivi durante 23 anos. Lá me formei em História da Arte pela Universidade de Montréal, estudei turismo no Collège Lasalle de Montréal e no Institut de Tourisme et Hôtellerie du Québec. Comecei minha carreira na área trabalhando em Cuba. Durante os anos vividos no Canadá, entre outras coisas, fui guia de circuitos pela costa leste e abri minha primeira agência de receptivo para brasileiros. Há dez anos um vento forte bateu nas velas da minha vida me conduzindo até França. Atualmente escrevo de Paris, onde vivo e trabalho dirigindo a empresa de receptivo, a Holatour.

5 thoughts on “Galera, não conte para ninguém

  1. Prezada SILVIA

    Sigo os seus post toda as semanas, lindo saber sobre Paris !!!

    Alguem tem alguma noticia sobre IRRF DE 25% ???
    As lideranças continuam mudas.

    Agradecerei comentarios

    Raul Sardon
    Rio de Janeiro
    Agente de Viagens – Hoje Autonomo ( em vias de extinção ?? )
    74 anos de idade , dos quais 54 anos dedicados ininterrumpamente ao trade

    1. Raul como vai?
      Obrigada por seu comentário.
      Não vou mentir, estamos muito preocupados com o IRRF. Por enquanto todas as operadoras estão buscando planos alternativos, planos B,C e D, esperando que a situação se resolva. Eu também estou calada, mas é de estarrecimento. O governo do François Hollande vem destruindo o país igualmente. Intelectuais começam a pensar que isso é voluntario. Partem do princípio que nada pode crescer vinte por cento ao ano e sem esse crescimento o mundo financeiro se implode. Então parece uma politica de “queimada” voluntária. Calam o desastre, esperando anunciar novos empregos, embora com salários mais baixos e um pseudo-crescimento antes do final de seus mandatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *