“Dando uma” de parisiense

Até alguns anos atrás o turismo padrão se resumia a visitar lugares turísticos, aprender sobre o que levou tal ou tal atração a se tornar mundialmente conhecida, admirar as belezas do destino.

Hoje o turista não se contenta mais em somente em admirar atrações longínquas. Atualmente o visitante deseja vivenciar o destino, experimentar um pouco das situações agradáveis vividas pelos habitantes dos lugares visitados.

Por essa razão, vamos falar neste post de atividades parisienses.

Hoje vamos sugerir 5 coisas para o visitante sair por ai “dando uma” de parisiense e desfrutar do que a vida de Paris tem de melhor:

1. Dando uma de parisiense no teatro:

Parisiense adora teatro e espetáculos. A cultura faz parte ativa da vida dos cidadãos, desde a infância.

No entanto, nem sempre é fácil “dar uma de parisiense culto ” sem falar a língua. Essa é uma das razões pela qual sugiro fortemente a ida ao espetáculo Circus Incognitus.

Em cartas até final de agosto, Jamie Adkins faz a plateia rir durante quase duas horas de espetáculo.

Com eximia linguagem corporal e circense, misturando malabares, equilíbrio e palhaçadas, o artista encanta, oferecendo a plateia um momento cultural único e de muito riso.

As gargalhadas da plateia, incluindo os risos das crianças, encantam tanto quanto o espetáculo.

Acontece no Thêatre de l’Atelier, no francesíssimo bairro de Montmartre. Imperdível! Em cartaz até 11 de agosto.

Montmartre

2. Dando uma de parisiense esportivo (ou não):

As margens do Rio Sena se tornaram o lugar para correr, andar de bicicleta ou ainda fazer sua caminhada.

Ok, nem todo mundo gosta de atividades físicas, mas uma caminhada pela beira do rio oferece a vista dos mais belos monumentos da cidade e contato com a verdadeira população.

Para os preguiçosos inveterados: leve uma garrafa de vinho e olhe os outros exercitando. Você não se sentirá menos “parisiense” por isso.

Veja mais imagens a seguir:

3. Dando uma de parisiense no café:

Durante os meses de verão, uma das atividades mais procuradas pelos parisienses consiste em não fazer nada, ou melhor, beber algo num dos inúmeros terraços da cidade.

Aqui, nada de “pingado” no balcão e sair correndo como paulista. Peça um “noisette” (café com leite pequeno) ou um “crème”(café com leite grande) e sinta-se parisiense.

17, Rue des Petits Carreaux

Um dos meus cafés preferidos, ao lado da minha casa, é Les Petits Carreaux. Aos domingos o café da manhã ( suco de laranja, 1 bebida quente, baquete, croissant, geleia e manteiga) custa 7,50 e é servido até as 16h.

Diga-se de passagem, a cozinha francesa do lugar merece atenção. Excelente!

Café da manhã

Já quando estou pertinho do Châtelet não perco a oportunidade de parar no Zimmer.

Noisette e Café Gourmant no Café Zimmer – Place do Châletet

Depois das 18h30, fica mais difícil encontrar um cafezinho nas varandas. Há bistrôs que recusam. O negócio ai é passar para o vinho, se você já não fez essa escolha antes, é claro!

4. Dando uma de parisiense no museu:

Desde os áureos tempos de Napoleão, a França tem verdadeira adoração pelo Egito.

Os franceses que ainda não foram até o país pessoalmente e até muitos daqueles que já viram o tesouro do grande faraó nas salas borbulhantes de calor do Museu do Cairo, não perderão a oportunidade de vivenciar a exposição Tutancâmon- O tesouro do Faraó, em cartaz até 22 de setembro na Villette.

5. Dando uma de parisiense no dia a dia:

Faça fila na padaria e compre tudo que tiver vontade! Baquetes variadas, bombas de caramelo, macarrons, pão de nozes! Em janeiro, peça a Galette des Rois ( foleado com pasta de amêndoas). Aproveite!

Ficam as dicas e meus votos de uma excelente semana!

Verão em Paris: agenda (quase) completa

Sol, céu azul e muitos programas imperdíveis aguardam quem vier a Paris entre os meses de julho, agosto ou setembro.  Cada atração parece ter passado o inverno dourando seu brasão e se apresenta durante o verão de Paris como em um torneio onde disputam entre si quesitos de beleza e originalidade.

Esperando que você e seus clientes possam aproveitar ao máximo das  oportunidades da temporada elaborei uma breve agendinha de verão.

Verão em Paris: um verão gaulês no parque Asterix

Se você nunca vendeu o Parque Asterix, está perdendo a chance de ganhar um dinheirinho e privando seus clientes de uma grande descoberta. O parque, que abre suas portas de abril a novembro, continua sendo um dos melhores e, sem dúvida, o mais francês dentre os parques infantis do país.

Verão em Paris: um verão gaulês

Além das dicas do post  Asterix , uma viagem no tempo, aviso que o parque adquiriu novas atrações e reitero o detalhe não negligenciável: a espera nas filas é bem menor que na concorrente Euro Disney (também imperdível por outras razões) . Existem inúmeras áreas de sombra e descanso. O dia é bem menos cansativo e a curtição é garantida para todas as gerações!

 

Verão em Paris : dicas de programas gratuitos em julho (ou quase)

Paris Plage – Além das clássicas atrações como a Torre Eiffel, a Notre-Dame, Champs Elysées e Louvre, uma passadinha no Paris Plage é obrigatória para quem estiver aqui entre os dias 8 de julho e 3 de setembro.

Paris Plage e as Olimpíadas

 

Festival Fnac Já para os amantes de Rock e variedades, o Festival Fnac vai oferecer entre os dias 5 e 7 de julho com música gratuita na frente do edifico de prefeitura de Paris o “Hotel de Ville. O ponto alto do festival é a presença de Sting em sala, ingressos gratuitos disponíveis na Fnac, máximo dois por pessoa (segundo disponibilidade).

Festival de Jazz e Música Clássica de Paris Para os amantes de Jazz, o Festival de Jazz e Música Clássica de Paris acontece no Jardim das Flores e vai até 22 de julho com espetáculos gratuitos igualmente.

Liquidações – Sem esquecer das liquidações em  Paris e na França, que fazem daqui o melhor lugar do mundo para as compras neste momento! Quem diria né? Este ano as liquidações vão até 3 de agosto.

Renovando o guarda-roupa com 100 € ou como economizar gastando

Verão em Paris:  de junho até setembro perto de Paris

E para completar, ficam dicas passeios de um dia nos arredores de Paris, imperdíveis especialmente nesta época do ano. Saiba porquê.

Versalhes brilha durante o verão com seus espetáculos de fontes.  Todos os sábados e domingos durante o dia: Grandes Águas Musicais  até 28 octobre 2018. E aos sábados à noite: Grandes Águas Noturnas até 15 de setembro. Ambos os espetáculos atraem milhares de franceses e turistas durante a temporada. As fotos valem mais que mil palavras:

Saiba mais sobre o assunto:

O impressionante espetáculo das águas de Versalhes

Provins – A cidade emuralhada de Provins exibe diariamente de abril até  inicio de novembro espetáculos com cavaleiros e torneios, adestramento de águias, espetáculo sobre armamentos medievais e ambiente muito festivo. Tombada pela UNESCO, o animado vilarejo oferece uma oportunidade de vivenciar a vida fora de Paris, assim como um pouco da idade média. Para os jovens é como ainda visitar um cenário digno de Game os Thrones.

Saiba mais sobre Provins:

Paris or not Paris, eis a questão

Giverny – no verão o florescimento chega a seu ápice. As cores são mais brilhantes do que nunca e com esse calor, a casa, o lago, as plantas, as árvores e as sombras dos jardins de Monet são de uma beleza, no mínimo, refrescante. Aberto desde 23 março até 1° de novembro.

Ainda não falamos de Vaux-Le-Vicomte e suas noites iluminadas ou das festividades do 14 de julho!! Waw, realmente as opções são inúmeras. Porém, esse post tem que terminar. Espero que as dicas sejam uteis. A atualização da agenda de verão continua nos próximos posts.

Feliz mês de julho querido (a) leitor!

 

Jardim Nelson Mandela - Paris

Paris para crianças. Proibida entrada de adultos!  

Um pedacinho de Paris somente para crianças é a proposta deste espaço do Jardim Nelson Mandela, no centro de Paris.

Crianças de 7 a 11 anos têm um parque exclusivo para elas onde adultos não são bem-vindos!

Exclusivo para crianças em Paris
Entrada do espaço exclusivo para crianças

Para os irmãos menores, um parquinho ao lado aceita a presença dos pais, que poderão tomar conta de seus (filhos) caçulas enquanto esperam.

Parque para os pequenos e seus pais, Les Halles - Paris
Parque para os pequenos e seus pais, Les Halles – Paris

Para aqueles pais sem filhos pequenos, o negócio é aproveitar da horinha livre na região.

Conhecer os três andares de shopping subterrâneo do Halles, tomar um cafézinho em um dos inúmeros bistrôs da vizinhança,  aproveitar dos  espaços de lazer e descanso do parque ou até pegar uma aula de aeróbica* são algumas das inúmeras opções.

 

Lazer e Descanço em Paris
Lazer e Descanço em Paris

Les Halles Paris
Uma cerca limita o espaço exclusivo para as crianças

A cada hora o portão se abre para que as crianças entrem e saiam sob os olhares dos monitores da cidade.  Uma hora é o tempo de cada sessão de brincadeiras nos módulos de diversão em companhia de outras crianças e dos educadores. Pais e filhos aproveitem!

Bolsa de Cereais de Paris, Halles

Para encontrar a entrada dirija-se ao edifício circular ( a antiga Bolsa de Cereais do extinto mercado de Halles) , o portão de entrada fica bem na frente.

Fica a dica para você e seus clientes.

Metrô Halles. 1 rue Pierre Lescot – 75001 Paris . Aberto de terça a domingo, os horários variam segundo a temporada.