BRAZTOA: passado, presente e futuro

Tantos acontecimentos mudaram a nossa percepção do tempo. Parece que vivemos muitos anos em meses. Aliás, o último ano – até pouco mais de um ano, inclusive – mudaram completamente os rumos da gestão proposta para 2019/2021.

Dizem que o que você faz na entrada do ano novo é o que você fará durante pelos próximos doze meses. Por isso as pessoas se preocupam em manter suas mentes positivas e em passar a virada fazendo coisas que gostam.

Foi o que fizemos, há duas semanas, na cerimônia de posse do grupo gestor da Braztoa para o biênio 2021/2023. Começamos nosso evento com uma palestra do Manoel Fernandes, sócio da Bites Consultoria (que tem como propósito fornecer dados para a tomada de decisões estratégicas a partir da análise de informações públicas e abertas existentes na Internet). Nosso “kickoff” foi aprendendo um pouco mais com ele.

Aliás, essa foi uma das ações que fizemos de melhor nos últimos dois anos: compartilhar conhecimento, multiplicar boas dicas, bons insights para ampliar cada vez mais essa rede de exemplos de sucesso.

Foi, inclusive, o que nos conduziu na criação da série de webinars que realizamos nos primeiros meses da pandemia e, também, um dos objetivos que nos levaram a Criar a Academia de Excelência Braztoa, que está a todo vapor.

Em 2019, traçamos planos para entidade. Muitos planos. Fizemos diversos eventos de sucesso na Unibes Cultural, fomos para Canela realizar nossa convenção e o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade, realizamos o ECB Rio em 2020. Um evento de sucesso em todos os sentidos. E foi justamente ele o divisor de águas.

Quem se lembra que um dia depois foi decretada a pandemia? Pois foi ali que tudo mudou, que tudo virou urgência. Tivemos que parar e aprender a trabalhar de uma maneira inimaginável, tratando de temas que nunca mensuramos.

Os últimos dois anos foram de muito trabalho, sempre buscando a sustentabilidade econômica e de gestão dos nossos associados. Esse trabalho não pode parar. Precisamos, mais do que nunca, de foco.

Por aqui, nosso foco é dar ferramentas, subsídios para que nossos associados cresçam cada vez mais. Quando evoluímos por aqui, o setor todo cresce. O impacto é para todos!

Aprendemos a trabalhar em conjunto com outras entidades, demos corpo à nossa voz diante do governo, ampliamos nossa presença na mídia com as pesquisas realizadas, buscamos especialistas para nos ajudarem a recalcular as nossas rotas e, hoje, estamos aqui, em clima de renovação, de novas perspectivas, de total reconstrução. Em clima de positividade e olhar para presente e futuro.

Reforço que a minha gestão continuará focada em valorizar o fator humano. Esse fator que não tem preço, que traz os reais diferenciais e que faz todas as partes da roda girarem – a nosso favor, claro.

Temos objetivos claros para essa gestão:

  • Novos Modelos de Filiação – Categorias x Benefícios
  • Eventos presenciais e digitais
  • Eliminação da obrigatoriedade estatutárias de participação nos eventos
  • Criação de ambiente para ampliação e diversificação do quadro de associados
  • Gestão de Crise – Interlocução Institucional
  • Academia de Excelência Braztoa – Experiências Incríveis
  • Pesquisas – Anuários Braztoa
  • Inteligência – Comunicação – Articulações Coletivas

Essa nova gestão será muito democrática e participativa. Queremos reunir o máximo de pessoas e envolvê-las em temas nos quais elas tenham maior atuação. A BRAZTOA continuará se fortalecendo como um HUB que conecta seus associados aos parceiros da rede de distribuição e de fornecimento dos destinos domésticos e internacionais, aos viajantes, à academia, às demais entidades e instituições governamentais.

Esse posicionamento será dará por meio de uma atuação criativa e multicanal, que vai primar pela: inovação, sustentabilidade, flexibilidade e customização, transparência, diversidade e parceria.

E, na prática, isso já se reflete na criação de cinco Grupos de Trabalho:

  • GT de Comunicação – liderado pela vice-presidente Marina Figueiredo
  • GT de Finanças e Parcerias – liderado pelo vice-presidente Frederico Levy
  • GT de Inovação e Tecnologia – liderado pelo vice-presidente Pablo Zabala
  • GT de Tributação e Legislação – liderado pelo vice-presidente Fabiano Camargo
  • GT de Especialistas – liderado pela Estela Farina que também assume como Conselheira de Admissão e Ética

Além dos dois Conselhos já existentes – Fiscal e de Admissão e Ética – outra novidade que quero contar é sobre a criação do Conselho Regional, que terá três associados dedicados ao desenvolvimento das regiões Sul, Sudeste e Norte/Centro-Oeste, garantindo uma gestão com atenção personalizada e consolidando a capilaridade da entidade em todo o Brasil.

Esse é o novo modelo de gestão da Braztoa. Já disse e repito: teremos uma gestão participativa e aberta, onde todos terão seus lugares de fala como especialistas que são. Vamos nos apoiar nas nossas expertises para atingir nossos propósitos: Gerar Recursos, Gerar Valor, Soluções, Negócios, Relacionamento e Conhecimento.

Digo tudo isso com a energia de quem, ao lado de todo o trade, viveu momentos desafiadores e está aqui, começando um novo ciclo, um “ano novo” e colocando em prática o aprendizado adquirido em prol de um presente e um futuro melhores e de muito sucesso.

Published by

Roberto Haro Nedelciu

Roberto Haro Nedelciu trabalhou por 26 anos em uma empresa automotiva multinacional, no departamento de Tecnologia da Informação e já viajou para 80 países. Engenheiro Industrial Mecânico, com MBA em Gestão Empresarial na Fundação Getúlio Vargas, além de sócio da Raidho Viagens, foi também diretor de Tecnologia e vice-presidente da BRAZTOA, entre 2015 e 2019, até assumir a presidência do Conselho de Administração da entidade para o biênio 201/2021. Com espírito aventureiro, tem como hobby o motociclismo e o montanhismo, já subiu até o Campo Base do Everest (Nepal), Kilimanjaro (Tanzânia), Chimborazo (Equador) e o Monte Kota KinaBalu (Malásia).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *