Denver, a cidade que respira esporte

Estampado na cabeça o fanatismo pelo Rockies, time de beisebol da cidade (Evan Semón/CBS4)

Algumas cidades têm uma aptidão para esportes maior do que outras. Em geral, grandes centros urbanos são os responsáveis pelo sucesso de equipes nas modalidades ditas “da massa”. Mas dentro da competitiva cultura de excelência norte-americana, uma capital no meio do mapa dos Estados Unidos, em um estado que tem metade da população da cidade de Nova York, fugiu à regra.

A região metropolitana de Denver, no Colorado, não chega a ter 3 milhões de habitantes. É a cidade com menor população a ter representantes em todas as quatro grandes ligas dos Estados Unidos – MLB (Major League Baseball), NBA (National Basketball Association), NHL (National Hockey League) e NFL (National Football League). Apenas outras 12 cidades americanas, em geral bem maiores do que Denver, carregam o mesmo status.

Com médias de público respeitáveis, superando a bilheteria de cidades em grandes centros, os números deixam claro o quão importante o esporte é para a região. Para se ter uma ideia, na última temporada do futebol americano, o Denver Broncos registrou a 5ª melhor média de público dentre todos os 32 times participantes na NFL.

Sports Authority FIeld lotado para partida do Denver Broncos (Visit Denver)

Aliás, competitivamente falando, talvez o Broncos seja o melhor exemplo local na atualidade. A história recente da equipe de futebol americano é vitoriosa, com títulos do Super Bowl em 1998, 1999 e 2016. Também carregando o nome da cidade, mas com um retrospecto menos glorioso, o Denver Nuggets nunca foi campeão da NBA e ficou de fora dos playoffs nas últimas cinco temporadas. O Colorado Rockies (MLB), também sem títulos no currículo, e o Colorado Avalanche (NHL), campeão nacional em 1996 e 2001, são as duas outras equipes nos chamados “major sports”.

Além dos quatro clubes nas quatro principais ligas do país, Denver também é representada no futebol americano da NCAA (National Collegiate Athletic Association), na MLS (Major League Soccer), na NLL (National Lacrosse League) e na MLR (Major League Rugby). Com menor expressão, Colorado Mammoth e Glendale Raptors são os times de lacrosse e rugby, respectivamente.

Contando jardas no campo do Broncos, durante festa da IPW 18

Representante da disputada elite do futebol americano universitário, o Colorado Buffaloes é uma das equipes mais tradicionais do país – são 128 anos de história, sendo o longínquo ano de 1890 a primeira temporada competitiva da equipe. Diversos títulos regionais e um contestado campeonato nacional, em 1990, estão na sala de troféus da universidade.

Cada vez mais forte nos Estados Unidos, o futebol começou profissionalmente há pouco tempo e Denver faz parte desta história desde o princípio. Logo na primeira temporada da MLS, em 1996, o Colorado Rapids figurava entre os clubes fundadores da liga. De lá para cá são 22 temporadas, um título nacional (2010) e média de público atual superior a 15 mil torcedores por partida.

Como você pode ver, essa predisposição de Denver para o esporte é histórica e de fato está presente no cotidiano da cidade. Mas um fator recente, intrínseco à faceta mercadológica dos esportes profissionais nos Estados Unidos, explica um pouco esse cenário atual de múltiplas equipes em múltiplas modalidades. Esse fator responde pelo nome de Stan Kroenke.

O magnata, que tem fortuna avaliada pela Forbes em US$ 8,3 bilhões, empreende em diversas frentes nos Estados Unidos, de ranchos a shoppings. Outro mercado lucrativo para o empresário tem sido o esporte – especialmente dentro do território do Colorado.

Pepsi Center, casa do Denver Nuggets e do Colorado Avalanche, equipes do magnata Stan Kroenke (Visit Denver)

Kroenke é dono ou acionista majoritário dos já citados Denver Nuggets (NBA), Colorado Avalanche (NHL), Colorado Rapids (MLS) e Colorado Mammoth (NLL) – dos major sports, apenas Denver Broncos (NFL) e Colorado Rockies (MLB) não estão sob a batuta das holdings do investidor.

Se impulsionado pela ânsia capitalista dos bilhões de Stan Kroenke ou parte fundamental da cultura da população denveriana, o que importa é que o esporte é um dos pilares da vida na capital do Colorado.

Para quem quiser acompanhar as equipes de Denver, confira abaixo as datas da temporada regular de cada modalidade presente na cidade:

Denver Broncos (NFL, futebol americano) – 9 de setembro de 2018 a 30 de dezembro de 2018, no estádio Sports Authority Field at Mile High.

Denver Nuggets (NBA, basquete) – outubro de 2018 a abril de 2019, na arena Pepsi Center.

Colorado Rockies (MLB, beisebol) – abril de 2018 a setembro de 2018, no estádio Coors Field.

Colorado Avalanche (NHL, hóquei no gelo) – outubro de 2018 a abril de 2019, na arena Pepsi Center

Colorado Rapids (MLS, futebol) – março de 2018 a outubro de 2018, no estádio Dick’s Sporting Goods Park.

Não deixe de dar uma olhada nos últimos posts e acompanhe a jornada do Viajante 3.0 pela blogosfera da PANROTAS e também pela conta no Instagram.

Related Post

Published by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *