Las Majadas

Review: Las Majadas

Santiago é velha conhecida dos brasileiros – mas também um destino de retorno frequente, seja para aproveitar um final de semana prolongado ou mesmo como parada estratégica antes ou depois de seguir para outros destinos chilenos, como Atacama ou Patagônia. Para quem já conhece bem Santiago, o hotel Las Majadas, em Pirque, é uma bela opção para explorar os arredores da capital chilena.

ACOMPANHE A MARI CAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

Distante entre 45 minutos e 1h30 (dependendo do trânsito) desde o aeroporto internacional de Santiago, a pequena Pirque é rodeada pela beleza arrebatadora das montanhas andinas e território fértil em cachoeiras, cânions, rios, pequenos produtores orgânicos e, principalmente, deliciosas vinícolas.

Parte do seleto portfólio da The Leading Hotels of the World, a maior coleção de hotéis de luxo independentes do planeta, o Las Majadas faz uma estadia redondinha de duas noites para viajantes em trânsito a outras regiões chilenas.

LEIA TAMBÉM: Hotel 5 estrelas não é sinônimo de hotel de luxo

.

.

Como é o hotel Las Majadas, em Pirque, Chile

O hotel Las Majadas, membro da The Leading Hotels of the World, possui 50 acomodações distribuídas em um edifício contemporâneo (com toques modernistas) instalado em meio a um parque com mais de 1000 árvores, incluindo sequoias, araucárias, ciprestes, palmeiras e diversas outras espécies.

A propriedade de 8 hectares possui mais de 200 anos de história e um belo palacete restaurado. O hotel possui 50 acomodações, incluindo 6 suítes. Todos os quartos contam com bom espaço disponível, decoração minimalista e gostosas varandas com vista para o parque.

As estadias podem acontecer em sistema b&b, incluindo apenas o café da manhã, ou, mais interessante, em sistema “full experience”, que inclui todas as refeições, bebidas, minibar, transfers desde e para o aeroporto, e duas atividades por dia nos arredores ou no próprio hotel – incluindo trekkings, visitas a vinícolas, aulas de mixologia ou gastronomia etc.

LEIA TAMBÉM: A hospitalidade em alto mar da Explora Journeys

A propriedade tem apenas um único restaurante, o Sequoia, de design bastante básico e com a cozinha aberta para o salão. O restaurante funciona para café da manhã, almoço e jantar e abre também para não hóspedes.

ACOMPANHE A MARI CAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

O café da manhã, antes servido à la carte, se converteu agora em café da manhã buffet; mas os hóspedes ainda podem pedir ovos (inclusive Benedict) e outros pratos quentes feitos na hora. Almoço e jantar são sempre servidos à la carte, com menus enxutos.

O palacete do século passado (de estilo francês, inaugurado originalmente em 1907 pelo arquiteto Alberto Cruz Montt) que faz parte da propriedade é utilizado para eventos empresariais; mas tem no subsolo um bar (em estilo taverna) que abre para os hóspedes em algumas noites da semana apenas. Nas noites em que abre, as bebidas para hóspedes do pacote full experience estão incluídas nas diárias.

LEIA TAMBÉM: Hotel review: Nayara Alto Atacama

O Las Majadas tem também uma piscina externa (fria, e que só funciona durante o verão), uma pequena academia, saunas e duas salas de massagem. E há bicicletas para empréstimo também.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR DISPONIBILIDADE E VALORES DE ESTADIAS NO LAS MAJADAS

A Leading Hotels of the World reúne hoje mais de 380 propriedades independentes como o Las Majadas, localizadas em mais de 80 países, sendo considerada uma das mais importantes marcas internacionais ligadas à hotelaria de luxo.

ACOMPANHE A MARI CAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

.

Acompanhe o Hotel Inspectors também no Instagram @HotelInspectors, no facebook @HotelInspectorsBlog e no Twitter @InspectorsHotel.

.

.

Palácio Paz Boutique Hotel, Buenos Aires

Palacio Paz é novo hotel boutique em Buenos Aires

Tem novidade boa na capital Argentina: um elegante hotel boutique, localizado em edifício histórico restaurado na Plaza San Martin, que resgata o charme francês desse pedacinho pitoresco do centro da capital porteña como há muito tempo não se via. O Palácio Paz é novo hotel boutique em Buenos Aires, e agora está operando por completo!

ACOMPANHE A MARI CAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

São apenas 50 espaçosas acomodações, várias com belas vistas para a praça e/ou a cidade, e todas com décor bastante minimalista. Móveis, paredes e objetos mantêm o foco nas cores branco, preto e cinza – mas sempre com algum ponto de cor vibrante marcando presença também tanto nos quartos quanto nas áreas comuns. Uma poltrona verde abacate aqui, um banco amarelo intenso ali.

O Palácio Paz foi minha base na mais recente passagem por Buenos Aires e ofereceu uma hospitalidade simples, acolhedora, charmosa e extremamente eficiente.

LEIA TAMBÉM: Serandipians divulga novidades hoteleiras em Marbella, Espanha

.

.

Palácio Paz é novo hotel boutique em Buenos Aires

Com localização bastante conveniente para o turista que visita Buenos Aires pela primeira vez, e suficientemente afastada da parte mais agitada do microcentro para o visitante frequente, o Palacio Paz Boutique Hotel oferece acomodações 4 estrelas bastante funcionais e confortáveis a curta distância da Basílica do Santíssimo Sacramento e do Obelisco de Buenos Aires.

Vale cacifar um dos quartos maiores para a estadia, não só pelo espaço e pela conveniência de um aconchegante living e grande área de trabalho, mas também porque são as acomodações com amplas janelas e micro balcões abertos para a praça, com as melhores vistas.

LEIA TAMBÉM: Quatro novidades deliciosas em Buenos Aires

.

Com padrão 4 estrelas de serviço e acomodações e atenção mais personalizada e dedicada ao hóspede, o hotel tem também dois amplos salões- Salón Audrey e Salón Rooftop – que podem ser usados no dia-a-dia pelo viajante em trabalho remoto como ótimos espaços para anywhere office (embora o quarto tenha também mesa de trabalho de bom tamanho). O rooftop conta com um terraço anexo com belíssima vista panorâmica para a cidade.

O restaurante do térreo do Palácio Paz, anexo à recepção, é parte da cadeia Moby Dick Plaza e serve todos os dias café da manhã buffet (com ovos à la carte) incluído, e abre também para não hóspedes para café, almoço e jantar. O gostoso restaurante tem também um bar anexo com dois ambientes, ótimo para uma pausa para um café ou um drink no final de tarde.

O edifício histórico/museu do Palácio Paz tem entrada logo ao lado do hotel, com visitas guiadas três vezes por semana.

CONFIRA mais detalhes e valores do Palácio Paz Boutique Hotel aqui.

ACOMPANHE A MARI CAMPOS TAMBÉM NO INSTAGRAM

.

Acompanhe o Hotel Inspectors também no Instagram @HotelInspectors, no facebook @HotelInspectorsBlog e no Twitter @InspectorsHotel.

.

.

Ilhas Cayman

Novo cenário da hotelaria de alto padrão nas Ilhas Cayman

Caribe é bom e a gente gosta. A conjunção de águas mornas, turquesas e cristalinas com praias de areia clarinha dá muito samba – e fica melhor ainda, é claro, em um belo hotel. Por isso mesmo, viajei agora em novembro à região para conferir pessoalmente o novo cenário da hotelaria de alto padrão das Ilhas Cayman.

ACOMPANHE A MARI CAMPOS TAMBÉM PELO INSTAGRAM

O arquipélago – com Grand Cayman, Little Cayman e Cayman Brac – ainda é pouco frequentado por turistas brasileiros, e frequentemente associado por nós à idéia de paraíso fiscal, offshores e afins desde os anos 1980. Para americanos e britânicos, principais nacionalidades que visitam o destino, trata-se de uma das mais “redondinhas” ilhas caribenhas: boa oferta de voos internacionais diretos, belas praias, boa mesa, bons hotéis. E a cena hoteleira local vem melhorando anualmente, com novas aberturas e, principalmente, grandes reformas em propriedades já existentes que andam dando o que falar.

Grand Cayman é a principal ilha do arquipélago das Cayman Islands e concentra a maioria de seus hotéis e resorts. A maioria das propriedades foca em famílias e em turistas de alto padrão; mas há ofertas desde orçamentos um pouco mais apertados até o ultra luxo, com boas opções também para quem procura romance ou sossego. 

LEIA TAMBÉM: AC Miraflores Lima: boa surpresa na capital peruana

.

.

Novo cenário da hotelaria de alto padrão das Ilhas Cayman

Ao longo da minha semana completa na ilha, tive a chance de visitar distintos hotéis, condos e vilas. E listo aqui os que achei mais interessantes.

🛎 Palm Heights: meu favorito de todos os que conheci. Adoraria ficar hospedada ali em uma próxima viagem. Um hotel boutique lindo, discreto, charmoso, e ao mesmo tempo pop, cheio de design, arte e bom humor nos ambientes. O café da manhã à la carte, servido em frente ao inconfundível pequeno beach club de guarda-sóis amarelos diante do mar turquesa, é ótimo; casais, celebridades querendo sossego e solo travellers são frequentes ali.

CONFIRA valores e detalhes do Palm Heights aqui.

.

🛎 Kimpton Seafire Resort: um hotel que foi uma enorme surpresa. Foi nele que fiquei hospedada a semana toda e é MUITO diferente (leia-se também MUITO superior!) a qualquer outro hotel da bandeira. Quartos enormes todos com varanda privativa, decoração caprichada, serviço compatível com hotelaria de luxo, ótimo beach club e dois dos mais gostosos restaurantes da ilha (recomendo muito um almoço à beira-mar no Cocaloba e um belo jantar regado a tapas espanholas no Avecita). E ainda tem uma belíssima infra para crianças, incluindo seu próprio mini parque aquático.

CONFIRA valores e detalhes do Kimpton Seafire Resort aqui.

.

🛎 Ritz-Carlton Grand Cayman: um clássico na ilha que acabou de concluir uma mega reforma multimilionária (mais de US$50mi para renovação completa dos ambientes). Os muitos quartos (sao mais de 350) são pequenos em geral (exceto suítes, obviamente); mas as áreas comuns são lindas e fartas, não dando jamais a impressão de ser um hotel com capacidade para mais de 700 hóspedes). Tem complexo de piscinas, beach club exclusivo, campo de golfe próprio de 9 buracos, cinco restaurantes e belos (e novos!) bares interno e externo. 

CONFIRA valores e detalhes do Ritz-Carlton Grand Cayman aqui.

.

🛎 Grand Cayman Marriott Beach Resort: tem boa infraestrutura com tarifas amigáveis para os padrões da ilha. Está concluindo uma enorme reforma que lhe presenteou com um lobby multi ambientes lindo, com diferentes opções descomplicadas para comer. Os quartos devem ser todos renovados em breve e tem ainda um pequeno e charmoso spa. Mas tem uma particularidade importante, que o hóspede precisa saber antes da reserva: sua faixa de areia foi completamente varrida do mapa por um dos recentes furacões; então não tem “praia” de fato. Seu “serviço de praia” fica instalado no deck das piscinas, com acesso direto dali ao mar. 

CONFIRA aqui mais detalhes e valores do Grand Cayman Marriott Beach Resort.

.

LEIA TAMBÉM: O que faz um mordomo na hotelaria contemporânea

.

.

O boom dos condos e vilas de luxo

Além da cena hoteleira, que contempla de hotéis e econômicos a propriedades de luxo, de unidades independentes a grandes redes de hospitalidade, Grand Cayman tem também cada vez mais opções de vilas e “condos”.

Esse modelo de hospedagem tem feito sucesso entre grandes famílias, sobretudo aquelas em viagem multi geracional, e grandes grupos de amigos. No sistema “condo” de alto padrão, o Rum Point tem belos apartamentos de até quatro quartos em um predinho baixo de frente para o mar, em uma das “pontas da ilha”. Há serviço de praia, serviço de hotel para todas as unidades e também um pequeno restaurante para refeições rápidas e café da manhã no térreo.

No sistema “private villas”, uma bela opção é o Black Urchin, um pequeno condomínio de imensas vilas de luxo com capacidade para até 18 pessoas cada. As unidades ficam bastante próximas umas das outras, mas têm estrutura completa de lazer, grandes cozinhas completas, salões de jogos, piscinas privativas com vista para o mar, esportes aquáticos, deck próprio para passeios de barco e uma equipe de concierges 24h in loco para providenciar qualquer serviço extra desejado (tours, chefs, compras, supermercado etc).

Dá para conferir detalhes da minha viagem toda pelas Ilhas Cayman no meu instagram @maricampos.

LEIA TAMBÉM: Cruzeiros podem ter hoje a melhor relação custo X benefício das viagens de luxo

.

.

Durante a viagem toda, utilizei o chip internacional de celular da O Meu Chip, um dos poucos a oferecer cobertura completa de internet nas Ilhas Cayman. Funcionou perfeitamente durante toda a viagem, inclusive num dia inteiro de passeio de barco. Há chips internacionais para os mais diferentes destinos neste link e o cupom MARICAMPOS dá pelo menos 15% de desconto em qualquer um deles. 

.

.

Acompanhe o Hotel Inspectors também no Instagram @HotelInspectors, no facebook @HotelInspectorsBlog e no Twitter @InspectorsHotel.

.

.

Caminho de Santiago

Hotelaria de charme na Galícia leva novo perfil de turista ao Caminho de Santiago

As diferentes rotas do Caminho de Santiago são há tempos um dos mais míticos itinerários do turismo internacional. Popularizado em diferentes livros, séries e filmes do final do século XX pra cá, ganhou ainda notoriedade entre viajantes de distintas nacionalidades e faixas etárias com a popularização das redes sociais. Mas, hoje, muito além dos mochileiros e da ampla rede de albergues públicos gratuitos nos trechos espanhóis, a hotelaria de charme na Galícia leva novo perfil de turista ao Caminho de Santiago.

LEIA TAMBÉM: O caminho – de luxo – que leva a Santiago de Compostela

É isso mesmo: a indústria da hospitalidade cada vez mais caprichada em diferentes trechos do mítico Caminho que passa pela região espanhola da Galícia vem impulsionando sobremaneira o turismo de luxo na região. A afirmação vem do próprio departamento de turismo regional, que monitora a movimentação cada vez maior de turistas – inclusive brasileiros – na procura por hotéis de luxo, restaurantes estrelados, vinícolas e serviços privativos de guias e transportes.

Neste último maio tive o prazer de voltar a fazer parte do Caminho de Santiago desse jeito, com muito conforto e privacidade, zero muvuca, atravessando duas regiões espanholas (dá para acompanhar a viagem todinha no meu Instagram @maricampos). E as melhores surpresas hoteleiras ficaram para a sempre adorável região da Galícia, que está preparadíssima para receber turistas, peregrinos ou não, cada vez mais exigentes.

LEIA TAMBÉM: Viagens de até US$2mi: o novo boom do ultra luxo no turismo

.

.

Hotelaria de charme na Galícia

Nas últimas duas décadas, diferentes hotéis de charme começaram a despontar margeando as rotas que atravessam a Galícia – principalmente na fase final do Caminho, já quase chegando em Santiago de Compostela. E o movimento se intensificou enormemente nos últimos dez anos, não apenas com novas propriedades do nicho abrindo suas portas como com hotéis já existentes passando por amplas reformas nos anos recentes.

Um caso icônico é o do Parador de Santiago de Compostela (Hostal de los Reyes Catolicos, diárias desde 240 euros). Considerado o mais bonito dos Paradores de toda a Espanha, e considerado por muitos o hotel mais antigo do mundo, o Parador de Santiago passou por uma revitalização milionária pré pandemia. E estava mesmo precisando, dadas as constantes reclamações de hóspedes.

LEIA TAMBÉM: ILTM Latin America comprova crescimento do turismo de luxo

Hoje, seus quartos estão mais em harmonia com os belíssimos claustros e corredores do edifício histórico. Não se trata de hotelaria de luxo, mas os quartos ficaram agora mais confortáveis (em colchões, roupas de cama etc) e os banheiros, novinhos, ficaram mesmo excelentes. O serviço não é irretocável mas é extremamente solícito, com muitos funcionários que levam décadas por ali. E a localização perfeita, de cara para a majestosa Catedral de Santiago de Compostela, em plena Praça do Obradoiro, é mesmo imbatível.

Os espaços públicos são deliciosos, o bar ganhou nova bossa e as mesinhas externas, abertas para a praça, são mesmo uma delícia nos meses mais quentes. Falta só organizar um pouquinho melhor o café da manhã: o serviço está acontecendo com hora marcada desde o começo da pandemia, justamente para controlar o fluxo de pessoas no salão. Mas, ainda assim, o buffet segue com filas quase ininterruptas, mesas bastante próximas umas das outras e demasiado ruído para degustar propriamente a refeição.

CLIQUE AQUI para mais informações sobre o Parador de Santiago de Compostela

.

.

Al Otro lado del rio

Outra opção deliciosa da hotelaria de charme na Galícia fica nos arredores da cidade de Pontevedra, quando o Caminho de Santiago já está quase tocando seu destino final: é o charmoso e romântico Torre do Rio. Com diárias desde 240 euros, a bucólica propriedade tem nada menos que 10.000 m2 de área tomada por muito, muito verde. A vegetação exuberante, cortada pelo rio Umia, é a moldura perfeita para uma antiga fábrica de tecidos do século XVIII transformada há alguns anos em um hotel de charme de apenas 14 quartos.

Cada quarto tem estrutura, tamanho, vista e decoração completamente diferentes; mas são todos bastante confortáveis, com apelo romântico na decoração. As áreas comuns são lindas, de pequenos salões internos a terraços, varandas, alpendres e jardins charmosamente mobiliados. Não espere por alguém para carregar sua mala escadaria acima até os quartos no primeiro ou no segundo andar – não existe esse tipo de serviço. O serviço no café da manhã também é limitado, um pequeno buffet e dois tipos de ovos como prato quente. O wifi raras vezes funciona e tampouco há alguém na recepção 24h para nos atender.

Mas a beleza estética e natural da propriedade, com tanto espaço e ar muito puro, e o romantismo que paira no ar, compensa. Destaque absoluto para a incrível piscina natural entre pedras, à beira do rio, que se aproveita lindamente de uma pequena cascata.

LEIA TAMBÉM: ELLE lança ELLE Hospitality com duas marcas de hotéis diferentes

.

.

PEQUENA JÓIA FAMILIAR

Mas meu coração acabou batendo mais forte pelo adorável A Quinta da Auga, por exemplo, é uma propriedade familiar nos arredores da cidade de Santiago de Compostela. O antigo moinho de papel do séc. XVIII foi cuidadosamente restaurado pela família proprietária para criar aquele é provavelmente o hotel mais romântico de todo o Caminho de Santiago.

Repleto de detalhes antigos e modernos que se misturam o tempo todo, a quinta tem ótimo staff, ambientes muito charmosos, um belíssimo spa e um delicioso restaurante de influências bem galegas – o impecável Filigrana, aberto também a não hóspedes (mandatório reservar para o jantar).

Tocada por mãe e filha, é difícil não se deixar seduzir por cada detalhe da propriedade. Inclusive seus espaçosos e românticos quartos, todos diferentes entre si (diárias desde 160 euros), com muita luz natural e, de longe, os melhores lençóis, colchão e roupa de banho de toda a viagem.

As áreas comuns, internas e externas, com salões, varandas e impecáveis jardins, têm capricho e aconchego na medida certa – daquele tipo que faz a gente querer pedir um café ou drink e ficar horas ali, seja namorando, confraternizando, lendo um bom livro ou simplesmente contemplando a beleza natural do local. Com tanto esmero, autenticidade e personalização de serviços, não é de se estranhar que a propriedade leve o selo Relais&Chateaux.

CONFIRA mais detalhes sobre o A Quinta da Auga aqui.

.

.

Para ficar de olho também

A hotelaria de charme na Galícia leva novo perfil de turista ao Caminho de Santiago mesmo – mas a região não está sozinha. Na Espanha, as opções charmosas e/ou estreladas na hospitalidade estão hoje literalmente espalhadas ao longo do Caminho de Santiago – e não é nada difícil encontrar um lugarzinho especial para chamar de seu por alguns dias, seja na Galícia ou em outras regiões espanholas.

Há espaço de sobra para hotéis contemporâneos de grandes redes; mas é preciso reconhecer o trabalho incrível que muitas propriedades estão fazendo, instaladas também em fábricas, “pazos”, estâncias, conventos, mosteiros e abadias restaurados.

Além das três belas opções citadas nesta coluna, vale ficar de olho também no Gran Hotel La Perla (que já recebeu diversos hóspedes ilustres, como Hemingway, em sua longa história), o charmoso El Ciego (parte do impressionante complexo Marqués de Riscal, projetado por Frank Gehry) e a bela Abadia Retuerta Le Domaine, lindamente posicionada entre a paisagem arrebatadora dos vinhedos na Ribeira del Duero.

Você pode conferir detalhes dos hotéis citados aqui, assim como o beabá para uma viagem cheia de conforto – e zero perrengues – pelo Caminho de Santiago – no meu Instagram @maricampos

LEIA TAMBÉM: Novos hotéis para ficar de olho em 2022

.

.

Acompanhe o Hotel Inspectors também no Instagram @HotelInspectors, no facebook @HotelInspectorsBlog e no Twitter @InspectorsHotel.

.

.

Tartarugas Filha da Lua Pipa

Todo o charme do Filha da Lua, em Pipa, RN

Pipa, no Rio Grande do Norte, ficou definitivamente mais charmosa em dezembro de 2020. Em plena pandemia, um casal de estrangeiros apaixonado pelo Brasil resolveu inaugurar ali um hotel de charme, sustentável e cheio de propósito. Foi com prazer que finalmente fui conhecer todo o charme do Filha da Lua, em Pipa, RN, uma adorável propriedade instalada na bela Praia das Minas.

Com apenas 17 charmosos bangalôs espalhados por uma enorme área protegida frente ao mar, o Filha da Lua foi ainda mais longe: já abriu de cara com o primeiro restaurante 100% glúten free e lactose free do Rio Grande do Norte. E propõe sustentabilidade real, sem greenwashing ou enrolação, a meros 10 minutos de carro do centro do vilarejo. 

LEIA TAMBÉM: Sem glúten e sem lactose, uma vista deslumbrante em Pipa

CONFIRA: Novos hotéis para ficar de olhoa em 2022

.

.

Todo o charme do Filha da Lua, em Pipa, RN

Localizado em área protegida, o Filha da Lua é um ecolodge que nasceu da paixão de um casal belga pelo Brasil. Inga e Frederic D’Ansembourg compraram o terreno hoje ocupado pelo hotel pensando inicialmente em fazer ali residência privada da família. Mas o projeto cresceu e acabaram optando por criar ali uma propriedade sustentável, com restaurante focado em alimentação saudável.

Com diárias desde R$850,00 por pessoa, a propriedade associada à Serandipians/Traveller Made fica de frente para o mar, em uma região bastante sossegada e longe da badalação do balneário, e famosa também pela desova de tartarugas. Dá para ver muitos detalhes e todo o charme do Filha da Lua no feed e nos destaques “Pipa/RN” do meu instagram @maricampos.

As 17 suítes distribuídas em nove bangalôs sobre palafitas são muito espaçosas, extremamente confortáveis, românticas e rodeadas de verde.  As imensas varandas merecem destaque, mobiliadas com esmero, puro convite ao ócio. As que estão instaladas no segundo andar dos bangalôs contam ainda com banheiros ao ar livre, cama com dossel e área para refeições. 

O café da manhã, servido ao redor da piscina e de frente para o mar é um dos pontos altos do Filha da Lua. Servido à la carte, diretamente na mesa do hóspede, traz sempre produtos muito frescos e saborosos, feitos na hora. E tudo sem glúten ou lactose, incluindo pão de queijo, bolos, pães e os “queijos” da casa. Se o hóspede quiser, pode também ser servido na varanda da suíte, com todo o capricho. 

Nas demais refeições, um vasto menu que vai desde porções para compartilhar à beira da piscina a refinados pratos de cozinha local e internacional – mas sempre mantendo a proposta gluten free e lactose free. 

CONFIRA mais detalhes e valores do Filha da Lua aqui

LEIA TAMBÉM: Viagens de até US$2 milhões: o novo boom do ultra luxo no turismo.

.

.

Sustentabilidade real na hotelaria

Todo construído de maneira sustentável, utiliza madeira de eucalipto de reflorestamento nas acomodações que foram todas erguidas sobre palafitas, para interferir o mínimo possível na delicada geografia local. 

Há uso de energia solar, estação de lixo 100% ecológica e plásticos ou produtos químicos perigosos/danosos de limpeza são sumariamente banidos. Comprando produtos de pequenos produtores locais, todo o menu do hotel é 100% glúten free e 100% lactose free – o primeiro do gênero. Utiliza somente amenidades sustentáveis e está realmente engajada com a comunidade local através de diferentes projetos, com o louvável Hello Pipa/Hello Barra, que fornece alimentação e ensina inglês gratuitamente para crianças, jovens e adultos da região. “Queremos criar uma corrente de consciência ética na hospitalidade”, diz Inga.

Vale destaque também sua Fazenda PachaMamma, que promove cultivo orgânico e regenerativo de ervas, frutas, legumes e verduras diversos através de sistemas agroflorestais e permacultura. Os alimentos produzidos ali abastecem as escolas de inglês, o hotel e também o restaurante Cicchetti Pipa, no centrinho da cidade. 

Além disso, algumas das experiências turísticas oferecidas aos hóspedes foram desenvolvidas em parceria com membros das comunidades locais, com destaque para a escola de kitesurf Kitemaster Pipa.

LEIA TAMBÉM: 10 mudanças de atitude para sermos turistas mais sustentáveis

.

.

Um hotel irmão a caminho

Inga e Frederic D’Ansembourg não apenas abriram ali sua primeira investida na indústria da hospitalidade com o Filha da Lua, como também fizeram de Pipa sua residência familiar em parte do ano e estão prestes a abrir o SEMPRE VIVO, seu segundo hotel na região. 

O Sempre Vivo terá o dobro da capacidade de hóspedes do Filha da Lua e terá mais foco em lifestyle, incluindo diferentes tipos de acomodação para distintos perfis de hóspedes. “O Sempre Vivo vai focar em uma audiência mais diversa, com cozinha internacional, sendo um complemento à cena hoteleira de Pipa”, explica Inga.

Visitei pessoalmente as obras e o Sempre Vivo está mesmo ficando lindo! Com design e proposta bem diferentes do Filha da Lua, mas também de cara para o mar. A inauguração do novo hotel está prevista para julho de 2022. 

LEIA TAMBÉM: ILTM Latin America comprova o crescimento do turismo de luxo

.

.

Acompanhe o Hotel Inspectors também no Instagram @HotelInspectors, no facebook @HotelInspectorsBlog e no Twitter @InspectorsHotel.

.

.