A “instagramabilidade do Turismo”

Falei aqui sobre como o uso dos smartphones tem transformado a forma como viajamos e como as empresas de turismo se comunicam e, entre as principais tendências dos dispositivos móveis, estão as redes sociais. Dos app das redes, o Instagram ganha a popularidade dos millennials e vem sendo alvo de pesquisas de marketing, administração, comunicação e também do turismo.

De acordo com a pesquisa da empresa de seguros domésticos inglesa Schofields Insurance, 40% dos adultos entre 18 e 33 anos escolhem seu destino de viagem com base no que já podemos chamar de “instagramabilidade”, ou seja a popularidade de um destino ou o seu potencial de popularidade na rede social Instagram.

Foram entrevistados mais de 1000 adultos millennials do Reino Unido e o resultado é que as “férias instagramáveis” foram o principal motivador na decisão final do destino. A ideia base é que: se um lugar parece ser legal no Instagram e é popular na rede social, ele provavelmente é legal mesmo.

Após a popularidade na rede social, as questões mais observadas foram: custo / disponibilidade de álcool (com 24%), desenvolvimento pessoal (22%), experimentar a cozinha local (9%) e oportunidades de passeios (3%).

Mas o instagram nem sempre mostra toda a história: por trás de uma refeição maravilhosa feita à beira-mar em Positano, pode-se ter uma hospedagem desconfortável e deteriorada. E aí entra outra moeda valiosa da rede social para o turismo: o compartilhamento. Onde os próprios turistas mostram no Instagram a experiência, o tratamento, aposentos, rotas, preços e serviços.

Esse compartilhamento é também levado a sério pelos millennials, que podem basear suas escolhas de acordo com o que é compartilhado na rede.

Na competitividade da indústria, a inserção de um destino e a busca pela sua “instagramabilidade” se torna quase inevitável e nos faz experimentar também as redes sociais. Acompanhar hábitos sociais é parte intrínseca do Turismo: o setor se transforma a medida que nos transformamos também.

(Veja também: Os 10 lugares mais presentes no Instagram)

Published by

Jeanine Pires

Professora e empresária, tem 19 anos de experiência em turismo e eventos. Diretora da Pires & Associados e da MATCHER Travel Business.Suas principais atividades são a realização de Planos de Marketing de Destinos Turísticos e palestras no Brasil e no exterior. Presidiu a EMBRATUR de 2006 a 2010, onde também foi Diretora de Turismo de Negócios e Eventos. Liderou o trabalho de promoção do Brasil como destino turístico no exterior, os programas de captação de eventos internacionais e a agenda de promoção do Brasil de 2003 a 2010. Participou da elaboração do Plano Aquarela - Marketing Turístico Internacional do Brasil em 2005 e também coordenou sua versão para 2020. Nos Convention & Visitors Bureaux de Maceió e Recife como diretora executiva, desenvolveu os programas de marketing de lazer e eventos para aquelas cidades entre 1997 a 2002. Esse blog reflete opiniões pessoais e não tem qualquer vínculo institucional

2 thoughts on “A “instagramabilidade do Turismo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *