50 anos da rota Recife-Lisboa

Na manhã desta quarta-feira (19) participei, em Recife – PE, da solenidade em comemoração dos 50 anos da rota Recife – Lisboa, da companhia TAP. É um marco da aviação e do turismo brasileiros que deve ser recordado já que o voo foi o primeiro do Nordeste a fazer uma viagem sem escalas para a Europa e é, ainda hoje, o único que conecta diretamente Recife a Lisboa.

No evento, em que estiveram presentes autoridades do Estado, do município, profissionais do Turismo e da aviação, foi anunciado que, a partir do mês de junho, a rota Recife-Lisboa terá frequência diária. É um ganho para os destinos, já que a rota é parte estratégica de importância para o fluxo de nordestinos à Europa e também de europeus ao Nordeste.

Com frequência diária, o fluxo de pernambucanos visitando terras lusitanas e de portugueses visitando o estado pode chegar a quase quatro mil pessoas por semana, indo e vindo, o que implica em um aumento de 10% no faturamento da companhia por aqui.

O voo inaugural do trecho foi realizado na manhã de 19 de abril de 1967 e transportou 51 passageiros convidados até Recife.

A relação da companhia TAP com Pernambuco é um dos exemplos de bons resultados obtidos através de relacionamento produtivo no Turismo. De acordo com a Infraero, a rota celebrada obteve mais de 120 mil embarques e desembarques em 2016. Até fevereiro deste ano, as reservas para Recife no período de abril a outubro registraram aumento de 144%, quando comparadas ao mesmo período de 2016. A expectativa é que este número cresça ainda mais com a retomada dos vôos diários.

Postagens relacionadas

Published by

Jeanine Pires

Professora e empresária, tem 19 anos de experiência em turismo e eventos. Diretora da Pires & Associados e Presidente do Conselho Consultivo da WTM Latinamerica. Suas principais atividades são a realização de Planos de Marketing de Destinos Turísticos e palestras no Brasil e no exterior. Presidiu a EMBRATUR de 2006 a 2010, onde também foi Diretora de Turismo de Negócios e Eventos. Liderou o trabalho de promoção do Brasil como destino turístico no exterior, os programas de captação de eventos internacionais e a agenda de promoção do Brasil de 2003 a 2010. Participou da elaboração do Plano Aquarela - Marketing Turístico Internacional do Brasil em 2005 e também coordenou sua versão para 2020. Nos Convention & Visitors Bureaux de Maceió e Recife como diretora executiva, desenvolveu os programas de marketing de lazer e eventos para aquelas cidades entre 1997 a 2002. Esse blog reflete opiniões pessoais e não tem qualquer vínculo institucional

One thought on “50 anos da rota Recife-Lisboa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *