FORUM ABRACORP – SAIBA COMO FOI O PRIMEIRO EVENTO PRESENCIAL DE 2020

Sim, fizemos um evento presencial.

Havia também a possibilidade de assisti-lo remotamente ao vivo, mas foi um dos primeiros, senão o primeiro, evento do mercado de viagens corporativas com todos os painelistas (eram 8) e plateia presencial (+/-60 pessoas), durante o período da pandemia.

Obviamente foram cumpridos todos os protocolos recomendados pelos órgãos de saúde e mais alguns, da própria Abracorp, sempre focada na segurança e no compliance.

Com apoio do Hotel Transamerica, infraestrutura da Hoffmann e patrocínio da Localiza, o 6o. Forum Abracorp abordou temas interessantes e fugiu um pouco do ufanismo de celebrar uma retomada que ainda demora (falta a vacina) e tratou do assunto com responsabilidade social (saúde em primeiro lugar), olho nos negócios (todos dependemos das vendas) e visão prospectiva (como será 2021 em diante).

Os CEOs das 3 principais cias. aéreas em operação no Brasil (Gol, Azul e Latam), das 2 maiores locadoras de automóveis (Localiza e Movida) e de 2 das mais relevantes redes hoteleiras do mercado corporativo (Blue Tree e Atlantica) debateram por 90 minutos, moderados pelo CEO do Experience Club.

8 CEOs reuniram-se para debater no evento presencial 6o. Forum Abracorp 2020: Gol, Azul, Latam, Blue Tree, Rede Atlantica, Localiza e Movida, moderados pelo Experience Club

Aprendizado

Vale muito assistir ao vídeo do evento no canal Abracorp no Youtube, mas separei aqui alguns trechos do que ouvi dos painelistas, não precisamente da forma como está escrito, mas da maneira como captei a mensagem, como um verdadeiro aprendizado:

“Estamos vivendo o maior desafio profissional de nossas vidas. Não acrediro em especialistas de situações inéditas.”
Paulo Kakinoff, da Gol, sobre o real tamanho do problema.

“Há previsões de consultores sobre a plena recuperação do mercado de viagens e turismo somente em 2022 ou 2023. Nós nos recusamos a acreditar nisso.”
Eduardo Giestas, da Rede Atlantica, contrariando os pessimistas.

“Eu fiz dois dias de home-office durante toda a pandemia e vou te dizer: foi difícil. Eu acredito no time atuando junto.”
Renato Franklin, da Movida, sentindo falta do escritório

“Parabenizo a Abracorp por estar mostrando aqui hoje, que é possível viajar, reunir pessoas e fazer eventos. Nós somos a prova de que já é possível sim.”
Chieko Aoki, da Blue Tree, afirmativa.

“Este tema da vacina é igual ao tema da economia, são temas polêmicos que só aumentam o cenário de incertezas.”
Jerome Cadier, da Latam, assegurando que ninguém tem todas as respostas para a pandemia.

“Cumprindo os protocolos, voar, viajar é absolutamente seguro.”
Paulo Kakinoff, da Gol, sobre a segurança dos voos durante a pandemia.

“Alguns agentes estão prevendo vendas da ordem de 70% a 80% do volume de 2019, já no segundo semestre de 2021.”
Bruno Lasanski, da Localiza, otimista realista.

“Temos um otimismo prudente, racional, com muita cautela. Os grandes eventos só retornarão com a vacina, imunidade de rebanho ou terapias bem sucedidas. Protocolos não funcionam em mega-eventos.”
Eduardo Giestas, da Rede Atlantica, otimista cauteloso.

“Estamos recebendo muitos eventos pequenos, intimistas, que trazem os CEOs para falar e inspirar suas equipes. Percebemos uma demanda por reaproximação das pessoas.”
Chieko Aoki, da Blue Tree, analisando o comportamento dos clientes corporativos.

“O melhor do meu call center é a preparação das pessoas para assumirem novos desafios na empresa. Isso tem que ser presencial !”
Renato Franklin, da Movida, valorizando a cultura criada no dia-a-dia do escritório.

“O que eu sei é que tem banco comercial viajando cinco vezes mais do que seus concorrentes. Eu diria aos demais bancos: abre o olho porque estão visitando seus clientes.”
John Rodgerson, da Azul, estimulando as viagens corporativas.

“Brasil era 50% da operação da Latam antes da pandemia. Agora, o Brasil representa 80% de todas as nossas operações.”
Jerome Cadier, da Latam, explicando o impacto da pandemia nos voos na America Latina.

“Os EUA não tem muito para ensinar ao Brasil neste momento, mas acho que os brasileiros deveriam amar, defender e vender bem o seu país como os americanos fazem.”
John Rodgerson, da Azul, cada vez mais brasileiro.

“Eu sou argentino, admito o avanço do Brasil nos últimos anos e acho que este é o melhor lugar para se viver. Espero que esta live não seja vista na Argentina…”
Bruno Lasanski, da Localiza, apoiando Rogerdson no amor ao Brasil.

“Meu maior preparo para enfrentar esta pandemia é o fato de eu ser brasileiro, com resiliência para encarar esta crise, que vai demorar algum tempo ainda.”
Jerome Cadier, da Latam, que apesar do nome, é brasileiro mesmo.

Evento presencial e a felicidade de reencontrar os amigos Marcello Restivo, da Tivolitur, Peterson Prado, da Avipam e Luiz Srauss, da Promotional, entre muitos outros.

Foi uma tarde incrível, quando pudemos olhar pra frente enquanto mantemos os pés no chão e atestamos o real significado da estagnação econômica, gerada pela pandemia, no mercado de viagens, ao mesmo tempo em que planejamos como será o próximo ano, quando as vendas provavelmente ainda estarão algo abaixo da força de 2019.

Que venha a vacina, chinesa, russa, americana, inglesa ou brasileira, mas que esteja testada e atestada, para podermos vislumbrar, a longo de 2021, a possibilidade de voltarmos a crescer e sonhar com o patamar de negócios que ralamos muito para conquistar em outros tempos.

.

Published by

Luís Vabo

Entusiasta da inovação, do empreendedorismo e da alta performance, adepto da vida saudável, dos amigos e da família, obstinado, voluntário, esportista e apaixonado. Sócio-CEO Reserve Systems 📊 Sócio-fundador Solid Gestão 📈 Sócio-CFO MyView Drones 🚁 Sócio Link School of Business 🎓 Vice-Presidente Abracorp ✈️

2 thoughts on “FORUM ABRACORP – SAIBA COMO FOI O PRIMEIRO EVENTO PRESENCIAL DE 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *