O impressionante espetáculo das águas de Versalhes

Agosto, setembro e outubro são os últimos meses para ver o maravilhoso “espetáculo das águas” que acontece nos jardins do Palácio de Versalhes.

Grandiosa realização de paisagismo exterior, os jardins são tão belos e sempre foram considerados tão importantes quanto o palácio aos olhos de seus moradores reais. Obra magistral de reconhecidos arquitetos franceses como André Le Nôtre (1613 -1700) e Jules Mansart (1646-1708), o imenso jardim evoluiu a cada reinado desde Luís XIV (1638- 1715),  seu idealizador e primeiro proprietário até o decapitado Luís XVI (1754-1792). Luís XV construiu o Petit Trianon para seus encontros amorosos. Maria Antonieta, esposa de Luís XVI, construiu longe do palácio uma fazendinha para fugir do protocolo real e brincar com animais de estimação.

Porém, o incrível sistema hidráulico, as fontes, suas impressionantes esculturas, assim como o Grand Canal são realizações e testemunhos do poder de Luís XIV, o rei Sol, como se autonomeou. É também curioso saber que as constantes preocupações quanto ao aprovisionamento de água para as inúmeras fontes serviram como alavanca para grandes invenções e descobertas na área hidráulica. Luís XIV teria feito para a Corte seu primeiro espetáculo Grands Eaux em 1666.

Atualmente as fontes do jardim de Versalhes têm alimentação em circuito fechado e cada um dos seus 94 espetáculos diurnos atrai em média 10 000 visitantes.  

O jardim em números:

  •        Início da construção: 1662
  •         Área: 815 hectares
  •         Número de plantas sob Louis XIV: 150 000

Hoje:

  •         350 000 árvores, 300 000 flores plantadas anualmente, 40 km de arbustos tosados, 700 árvores tosadas em 67 diferentes formas.
  •         32 hectares de gramado, 43 km de passarelas, 23 km de treliças de madeira, 14 bosques.
  •         Estatuária: 235 vasos, 155 estátuas, 86 grupos esculpidos.
  •         55 fontes e mais de 600 jatos d’água. 
  •         35 km de canalizações hidráulicas (10% de chumbo, 90% de ferro fundido).

 Os espetáculos Les Grandes Eaux de Versailles acontecem de abril a outubro às terças-feiras, sábados e domingos. De junho a setembro, 13 apresentações aos sábados à noite chamam-se Grands Eaux Nocturnes. Vejam os “teasers”a seguir.

 

As mais lindas festas do mundo: Paris e agora!

O que fazer.  Onde Cear.

Sem dúvida alguma, as mais lindas festas do mundo são aquelas que passamos com as pessoas amadas. Todo mundo sabe disso. Porém existe algo ainda melhor. Experimente passar as festas com a(s) pessoa(s) amada(s) em Paris.

O clima natalino predomina com muito bom gosto, elegância e brilho nas ruas de Paris, nas cidades vizinhas e seus castelos. Nos animados mercados iluminações, guirlandas, castanhas, nozes, champanhe, vinho quente, foie gras, pratos tradicionais como chucrute, raclette, crepes, waffles, maças do amor invadem efêmeras e coloridas prateleiras, as lareiras perfumam o ar, vitrines temáticas vendem fantasia, carrosséis e brinquedos submergem a cidade e por algumas semanas voltamos a uma infância imaginária, deliciosa, ideal!   

 

Já para o Ano Novo, mais uma vez, a avenida dos Champs Elysées se desvenda ao público sem carros, recebe tranquila os pedestres que desfrutam das maravilhosas iluminações da alameda até o momento de passagem de ano, precedida por um show de som e luzes sobre o imponente Arco do Triunfo. Quem já ficou no “canteiro” da avenida Champs Elysées para tirar uma foto enquanto os carros passam em ambos lados sabe o que significa ver o Champs Elysées iluminado e sem carros. Um sonho!  O Réveillon com o show de som e luzes nos Champs Elysées é um momento único para na cidade e na vida das pessoas ali presentes.  Siga o link no final do post para ver cenas do espetáculo de Réveillon 2015

Não esqueçamos que para enfrentar as comemorações é preciso também comer. Para os felizardos que estarão aqui no Natal e ou na noite de Réveillon minha sugestão é o restaurante Cesar na Avenida Wagran, justamente devido a sua proximidade com a famosa alameda (o Champs), seu mercado de Natal, suas iluminações e o show de som e luz do 31. Além é claro da excelente comida, serviço impecável, ambiente charmoso, porém jovem e descontraído que oferece o restaurante. Eu, pessoalmente adoro este lugar. É também o recinto preferido de muitos jogadores brasileiros como Lucas e David Luís. Nas fotos você vê alguns deles com Mehdi, o proprietário. A cereja no bolo? Você encontra disponível junta a várias operadoras para a venda no Brasil. Fica a dica.

O lugar para recarregar as baterias de beleza, alegrias e belas energias, o melhor lugar do mundo é Paris e agora!

Siga o link e veja o espetáculo de som e luzes sobre o Arco do Triunfo de 2015/2016.

 

 

 

https://www.youtube.com/watch?v=WJV_-PSsOL4

 

Natal em Vaux-le-Vicomte

ERA UMA VEZ O NATAL

Ou : UM PRESENTE PARA VOCÊ

 

 

O post da semana é somente um link, mas quem o seguir será recompensado com uma linda surpresa audiovisual natalina.

 

 

http://www.vaux-le-vicomte.com/vaux-le-vicomte-fete-noel/

Exposição : Era uma vez o Natal… em Vaux le Vicomte.

O Castelo abre suas portas e desvenda em imagens a magia de Natal.

Espero que goste tanto quanto eu.

www.vaux-le-vicomte.com/vaux-le-vicomte-fete-noel/

Abraços e até breve.