2 FATORES QUE DEVEM FAZER A DIFERENÇA PARA SEU CLIENTE

Imagino que sua empresa esteja preparando os devidos protocolos para se preparar para a volta às atividades em breve, correto ? Ter os protocolos conforme orientações de diversos órgãos, treinar as equipes e divulgar de forma clara como será a experiência do visitante será fundamental agora e ainda por um bom tempo. Entendo, que assim que as viagens começarem a retornar (aos poucos), os protocolos, além de mandatórios, vão virar uma commoditie, ou seja, todos terão que ter. Mas e daí? Como me diferencio?

Tenho avaliado que existem 2 fatores que podem fazer a diferença com o cliente desde já: a flexibilidade e o valor adicional.

  1. FLEXIBILIDADE: A confiança nas viagens será um fator fundamental para que a demanda volte a se aquecer, já falamos sobre isso aqui e você pode ver mais detalhes. Precisamos então eliminar as demais barreiras do meio do caminho, e uma destas pode ser a incerteza sobre a situação da pandemia nos próximos 6 meses ou 1 ano (ou até mais). Nesse cenário, ser flexível com remarcação, adiamento, multas e qualquer custo ou problema futuro para o cliente pode ajudar muito na decisão de uma viagem. Não é fácil tanta flexibilidade para os fornecedores, no entanto quanto mais incertezas ou falta de clareza um cliente tiver sobre o futuro de uma viagem, mais difícil será ele tomar uma decisão. Lembre-se: ainda temos a grande incerteza no ar, a possibilidade de contaminação.
  2. VALOR ADICIONAL: Você está oferecendo os protocolos e buscando a segurança de seus colaboradores e clientes, ok. O que mais você está oferecendo ao visitante para aumentar sua vontade de viajar e trazer mais algum valor e propósito à viagem? Como você está se diferenciando de seu competidor, somente pelo preço? Cuidado, isso pode ser uma armadilha, já que ainda podemos ter mais alguns anos pela frente com a pandemia. Se você conhece seu público então saberá como oferecer um jantar romântico, gratuidade para crianças, uma massagem no spa, ou bem melhor do que isso, surpreender seu cliente de diversas formas. Ele quer ser tratado como especial, personalização é a palavra.

Mãos à obra! Nesse momento em que existem muitas incertezas ainda, a tarefa de atrair a demanda será um desafio, e aos poucos vamos sentindo aquilo que funciona, olhando o que outros estão fazendo e construindo uma experiência inesquecível para os nossos clientes. Sim, mais uma tendência que devemos ficar de olho: os comentários, avaliações e compartilhamentos de experiências devem aumentar bastante.

Published by

Jeanine Pires

Palestrante e consultora apaixonada pelo turismo com 25 anos de experiência no Brasil e no exterior. Diretora da Pires Inteligência em Destinos e Eventos e Diretora da MATCHER, sua especialidade é marketing de destinos, tendências em turismo e o segmento de eventos. Presidiu a EMBRATUR de 2006 a 2010, onde também foi Diretora de Turismo de Negócios e Eventos desde 2003. Já atuou como Presidente do Conselho da Fecomércio São Paulo e da WTM Latin America.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *