4 razões para viajar e se tornar uma pessoa melhor

Se eu te perguntar o que significa viajar para você o que vem a sua mente ? Pode ser que você pense numa paisagem linda, em relaxar, curtir amigos e familiares ou mesmo não fazer nada. Tudo bem, viajar é isso, porém, as viagens trazem muitos mais benefícios do que você possa imaginar. Nós vamos te contar por que as viagens podem mudar a sua qualidade de vida em vários aspectos. 

Ao contrário do que normalmente pensamos, saúde não é a ausência de uma doença, mas sim um estado de completo bem-estar físico, mental e socialE aí você pode me perguntar, mas o que as viagens têm a ver com esse estado completo de bem-estar ? Tudo a ver e vou te mostrar.

Saúde mental

Vou começar com a saúde mental. Durante uma viagem saímos totalmente do nosso ambiente cotidiano: dormimos em outra cama, comemos outra comida, ouvimos outros sotaques ou outras línguas e encontramos ambientes que nos tiram da nossa zona de conforto. Esse novo lugar nos faz ter atitudes e sentimentos positivos sobre nossas crenças e nossos valores; nesse estranho universo encontramos uma nova cultura e aprendemos muito. Ao colocar os nossos 5 sentidos (visão, audição, olfato, tato e paladar) nesse novo cenário, recebemos e gravamos informações que nos forçam a fazer um esforço de memória, de compreensão e expressão. Quem nunca tentou falar uma palavra em outra língua, estranhou o paladar de uma iguaria, ouviu um som diferente de um ritmo, sentiu um cheiro gostoso no ar ou nunca viu uma paisagem deslumbrante durante uma viagem ?

Saúde emocional

Viajar também é cuidar das emoções, é aliviar o estresse, a ansiedade, cuidar da memória e sobretudo, desenvolver a criatividade e a adaptabilidade. Muitos são os benefícios emocionais que poderíamos mencionar e, provavelmente, muitos de nós já experimentamos isso e até viajamos para praticar o distanciamento do cotidiano. Eu destacaria a importância da atenção focada nas nossas companhias de viagem, ou até mesmo em nós próprios, quando a viagem é solo. A proximidade dos companheiros de viagem nos harmonizam, até naquelas a trabalho esses benefícios ocorrem na medida em que passamos a conhecer melhor os companheiros da jornada.

Saúde física

Muitos estudos também já mostram os benefícios da atividade física; durante uma viagem você não só caminha, anda de bicicleta, pratica atividades ao ar livre, mas, também, experimenta emoções que beneficiam a saúde coronária, melhoram o desempenho físico e trazem qualidade de vida. Me recordo das recomendações do médico de meu pai, que tem 80 anos, ama viajar, mas tem muita dificuldade de locomoção; ele disse: “você precisa se preparar fisicamente para viajar, é como quem faz uma maratona, treina muito antes para enfrentar o dia da corrida”. Meu pai faz atividade física todos os dias, quer estar pronto na hora de viajar, preparado para caminhar e usufruir da experiência. O corpo ainda experimenta uma temperatura diferente, um ar incomum e uma atividade que ajuda a melhorar a saúde física. Afinal, fomos feitos para estar em movimento.

Pessoas melhores

Finalmente, algo muito significativo nos dias atuais, acredito que a viagem nos torna melhores seres humanos. Conhecer uma nova cultura e o diferente nos traz maior respeito ao estranho, nos faz perceber que diferentes costumes, religiões, sabores e linguagens são histórias autênticas de seres humanos que, ao final, nos afirmam sermos todos seres humanos. Durante as viagens existe muita socialização, são experiências que nos trazem interação mais profunda com a humanidade e nos  dão uma outra dimensão do mundo. Estudo da Harvard Business Review mostra que as pessoas podem voltar das férias mais alegres, com mais energia para trabalhar e com stress reduzido.

Dicas:

Deixo aqui algumas dicas para quem quer realmente melhorar a qualidade de vida por meio das viagens. Planejar e se preparar traz ainda mais benefícios quando você estimula as vantagens que a jornada traz para sua vida nos aspectos emocionais, físicos ou sociais. Segundo Janet G Stevens (2018), inúmeros estudos demonstram que uma atitude positiva diante das viagens pode trazer resultados importantes para a sua qualidade de vida, dependendo da forma como você responde e recebe as informações e eventos que acontecem durante a sua viagem. A estudiosa afirma que você precisa viajar com uma intenção. 

A confiança em viajar vai voltar assim que as medidas de contenção da pandemia estiverem mais efetivas e o mundo experimentar a vacina de maneira mais ampla. Aproveite agora e planeje sua viagem de acordo com suas necessidades, trazendo intenções objetivas e planejando uma escapada que possa desenvolver aqueles aspectos que você considera mais importantes no atual estágio de sua vida. 

Published by

Jeanine Pires

Palestrante e consultora apaixonada pelo turismo com 25 anos de experiência no Brasil e no exterior. Diretora da Pires Inteligência em Destinos e Eventos e Diretora da MATCHER, sua especialidade é marketing de destinos, tendências em turismo e o segmento de eventos. Presidiu a EMBRATUR de 2006 a 2010, onde também foi Diretora de Turismo de Negócios e Eventos desde 2003. Já atuou como Presidente do Conselho da Fecomércio São Paulo e da WTM Latin America.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *