O novo 9Confidentiel Paris e o peso de Philippe Starck na hotelaria

É inegável que Philippe Starck seja uma espécie de mago no design da hotelaria contemporânea. Foram os projetos de Starck que alçaram à fama imediata hotéis como o red&hot Faena de Buenos Aires ou mesmo o Fasano Rio com sua indefectível piscina. 

O nome mais intimamente ligado ao eclético mundo do design hoteleiro desde os anos 80, Starck agrega valor imediato a qualquer projeto do qual faça parte, de Nova York à Singapura. Craque em mesclar em seus ambientes conforto e excitação, espaços cheios de enigmas com surpresas emocionais, Starck sempre apostou na harmonia entre o funcional e o emocional. Aos 69 anos, o francês foi o responsável por duas das mais esperadas inaugurações hoteleiras de Paris do último ano: os geniais 9Confidentiel e Brach Paris.

Participei do soft opening do 9Confidentiel Paris dias antes de sua abertura oficial em dezembro útlimo. Apesar das opulentas portas do lado de fora, o ambiente interno é pequeno, discreto e extremamente aconchegante. Parte da coleção L.V.X da Preferred Hotels, o hotel fica localizado no artsy Marais, rodeado por galerias, boutiques e infinitas opções para comer e beber. 

São apenas 29 exclusivos quartos decorados com cores pastéis e os inconfundíveis jogos de espelhos de Starck por toda parte – muito rosa e bronze e oscilações entre o neoclassicismo e a modernidade. Segundo ele, cada quarto e suíte foi desenhado como uma “candy box para cortesãos”, inspirado na elegância dos anos 20, 30 e 40 e fazendo uma verdadeira ode ao charme parisiense e sua atmosfera romântica. Os quartos são pequenos, mas incluem belíssimas vistas para os inconfundíveis telhados de Paris – e os jogos de espelhos conferem ótimo senso de amplitude ao banheiro. 

Apesar de em uma das noites ter sido literalmente a única hóspede do hotel todo, pude constatar que a excelência em serviço foi uma constante durante toda minha hospedagem – incluindo staff que fala português fluentemente.  Vale ficar ao menos um dia para o simpático café da manhã à la carte do pequeno restaurante do hotel e para um drink no discreto (porém vibrante) bar com menu exclusivo do premiado mixologista Nico de Soto. 

O discreto bar com menu by Nico de Soto do 9Confidentiel. Foto: Divulgação

Mais Starck em Paris

Inaugurado alguns meses antes, o Brach Hotel fica no 16o arrondissement e, apesar de afastado do circuito turístico da cidade, tem em seu delicioso restaurante ao menos um indiscutível pretexto para se explorar seus arredores (aposte sem medo no brunch dominical da brasserie). 

Parte da Evok Hotels Collection, no Brach o design de Starck foi pontuado pelo romantismo modernista com influências multiculturais da África, da Ásia e da América do Sul. Com muito concreto e vidro, o edifício foi originalmente uma das sedes do serviço postal parisiense nos anos 70. Os 52 quartos trazem muita luz natural com impressões dadaístas misturadas a imagens em preto e branco, máscaras e cerâmicas de diferentes estilos.“É o encontro do modernismo Bahaus com as maravilhas africanas”, diz Starck. O hotel tem ainda um rooftop garden exclusivo de seu restaurante, com vista panorâmica para Paris.

Para 2020, Philippe Starck abre também em Paris a esperada Maison Heler Metz, parte da Curio Collection by Hilton, e o Rosewood São Paulo, que promete ser um verdadeiro “parque vertical” em sua fachada. A conferir.

Published by

3 thoughts on “O novo 9Confidentiel Paris e o peso de Philippe Starck na hotelaria

  1. Mago Philippe Starck! Senti falta da menção dele no projeto da marca Mama Shelter, que hoje faz parte do portfólio de hotéis da rede Accor.

    1. Sim, Carolina! Starck é um mago mesmo, um baita gênio (pessoalmente sou muito, muito fã). E são muitos os hotéis incríveis de cujos projetos ele participou – infelizmente não dava para mencionar todos eles no texto 🙂

  2. […] Depois, me hospedei no novíssimo 9Confidentiel, no Marais, antes mesmo de sua inauguração oficial. E achei o hotel adorável! Fica localizado num dos melhores pedaços do Marais, pertinho de museus, galerias de arte, lojas, restaurantes, bares e cafés deliciosos. São apenas 29 quartos neste hotel boutique que é parte da coleção L.V.X. da Preferred Hotels. A grande sacada do novo hotel, inaugurado justamente nos dias em que me hospedei nele, é que foi todinho decorado pelo badalado Phillippe Starck. Com uma mistura super equilibrada entre o neo-classissismo e a contemporaneidade, e cheio de toques lúdicos, homenageia a poesia dos anos 20 e tem vistas lindas dos telhados de Paris a partir de seus quartos.  Afrescos de Ara Starck e esculturas de Yann Masseyeff estão também por toda parte do edifício Art Deco. Valem menção também o bar by Nico de Soto e as deliciosas patisseries by Yann Couvreur no café da manhã.  Detalhe importante para o público brasileiro: tem staff que fala português. Falo sobre o hotel também neste texto aqui para o Panrotas. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *