Fachada do Mandalay Bay, Las Vegas

O que esperar dos hotéis econômicos da rede de franquias Wyndham

Maior rede de franquias hoteleiras do mundo e fornecedor líder de serviços de gestão de hotelaria, a Wyndham Hotels & Resorts, está mudando o visual de algumas de suas marcas econômicas e midscale. Os dois segmentos formam a maioria do portfólio de 20 bandeiras e cerca de 9.200 hotéis em 80 países (incluindo o Brasil) de seis continentes, num total aproximado de 817 mil quartos. No fim do mês passado, a convite da empresa americana, participei de sua convenção mundial, realizada no renovado Mandalay Bay Resort & Casino (foto no alto), do grupo MGM Resorts, em Las Vegas. Tive oportunidade de ver o desenho de novos quartos e áreas comuns de algumas das marcas.

Como é se hospedar no Park MGM, o mais novo hotel de Las Vegas

Hotéis da Wyndham têm novo desenho

Os hotéis construídos ou adaptados a partir de agora seguem os novos padrões. Os que já existem têm um cronograma de renovação. Ou seja, durante a fase de transição o hóspede pode ficar em um hotel reformado ou não. Como está acontecendo com os hotéis Marriott, para ficar apenas em um exemplo (você pode ler sobre as mudanças nos Marriott neste post).

A transformação mais significativa é no Days Inn, marca que completa 50 anos em 2020 e está em mais de 1.800 hotéis, a maioria nos Estados Unidos. No Brasil, há um Days Inn no Rio de Janeiro, na Lapa, Centro da cidade, e outro em Days Inn em Linhares, no Espírito Santo. O novo design chama-se Dawn, ou amanhecer. A paleta de cores é mais suave e iluminada, com tons inspirados no sol nascente do logotipo da bandeira econômica.

Como é o Selina Rio, na Lapa carioca

Outras duas marcas econômicas, Super 8 e Howard Johnson (esta última uma das mais fortes da empresa, lançada em 1954), também passaram por modificações recentes no desenho de seus projetos, assim como a midscale Wyndham Garden, em três unidades no estado de São Paulo.

O redesenho altera também o nome dos produtos. Todas as 20 marcas da rede agora estão associadas a Wyndham, em uma das maiores operações mundiais de mudança de nome. Ramada, por exemplo, marca midscale forte em todo o mundo e presente em oito cidades brasileiras, incluindo São Paulo e Rio de Janeiro, agora é Ramada by Wyndham. Tryp, de lifestyle, com duas unidades em São Paulo e uma em Belo Horizonte, é Tryp by Wyndham.

Além do novo design, outra novidade importante para o hóspede anunciada durante a conferência é o Wyndham Wi-Fi. Partindo do princípio básico de que, para o viajante de hoje, internet rápida é tão importante quanto água quente no chuveiro do hotel, a Wyndham lançou um novo serviço para os hoteleiros, com soluções rápidas de internet. Como no caso do design, há um tempo, não anunciado, para que todos os franqueados assinem o serviço. Em meados de 2020, a Wyndham deve lançar ainda um aplicativo de reservas para celular redesenhado, no momento em fase de testes, que funcionará também como chave nos novos hotéis.

A Wyndham é a líder de franquias na Grande China, área que engloba Hong Kong e Taiwan. Espere ver mais 500 novas franquias na região nos próximos três anos. A China se tornou o principal mercado para a Wyndham além dos Estados Unidos, com a maior rede Ramada fora dos EUA. No total, a área deve chegar a dois mil hotéis em 2022. A Wyndham também está se expandindo rapidamente no Sudeste asiático e na região do Pacífico Sul, hoje com 150 hotéis. Ainda este ano, serão abertos três hotéis na Tailândia, hoje com 11 propriedades. A Coreia do Sul ultrapassou recentemente os 40 hotéis, com três novos Ramada. Austrália e Nova Zelândia têm hoje 40 hotéis, e há outros 40 em desenvolvimento.

Na América Latina e no Caribe, a Wyndham deve fechar o ano com 250 hotéis. Para 2020, a perspectiva de crescimento é de 20%. No Brasil, onde a Wyndham está em 28 endereços de 17 cidades, um hotel se destacou durante a convenção mundial. O Wyndham Gramado Termas Resort & Spa ganhou o prêmio de melhor projeto do ano na categoria upscale. Você pode ler sobre a premiação do Wyndham Gramado clicando aqui.

Hotel Inspectors está também no Instagram @HotelInspectors, no facebook @HotelInspectorsBlog e no Twitter @InspectorsHotel

Published by

Carla Lencastre

Carla Lencastre é jornalista especializada em viagens, hotelaria, estilo de vida, comidas, bebidas e artes. Anda pelo mundo desde sempre a passeio e a trabalho. Gosta de visitar novos lugares, de revisitar velhos conhecidos e de contar uma boa história. E hotéis são lugares repletos de histórias... Ex-editora de turismo do jornal O Globo, onde trabalhou por mais de 20 anos, hoje escreve para diversos jornais, revistas e site brasileiros. No Instagram @CarlaLencastre estão suas viagens e seu dia dia no Rio de Janeiro, onde mora.

2 thoughts on “O que esperar dos hotéis econômicos da rede de franquias Wyndham

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *